10 pais exemplares

Ontem foi o Dia dos Pais, mas eles bem que mereciam ganhar presente todo dia, né? Especialmente esses das séries. Assim como na vida real, na TV eles trabalham duro, ajudam em casa, orientam no dever da escola das crianças, comparecem com as esposas, tomam uma com uns amigos e ainda arranjam tempo para dormir e começar tudo de novo. Como o dicionário ainda não tem uma palavra melhor para defini-los, por hora os classificaremos como homens ‘exemplares’. Se liga na nossa Lista:

Tony Soprano, de The Sopranos

Chefiar a máfia mais temida de Nova Jersey foi moleza. Difícil mesmo foi ser o patriarca dos italianos mais esquentados e desequilibrados que a TV já viu. Durão nas ruas mas um amorzinho dentro de casa, Tony passou por muitos problemas sérios com os tios, a mãe, a irmã e os sobrinhos — e sempre com o apoio da esposa Carmela e dos filhos Meadow e Anthony Jr. Eles brigavam e faziam as pazes num piscar de olhos! Família é isso, não é? Haja terapia pra aguentar…

Philip Banks, de Um Maluco no Pedaço

Ser aquele paizão camarada para os filhos é natural, instintivo, orgânico. Mas e com os agregados? O Tio Phil pegava no pé do Will, vigiava, castigava, brigava, ameaçava expulsar de casa… e o Will bem que merecia! Mas amor é amor e sempre aceita as pessoas do jeito que elas são. Com o passar do tempo, mais do que um favor para a cunhada Vy, Philip aprendeu a conviver com o Will e sempre se esforçou para fazê-lo sentir parte da família. Claro que nada disso seria possível sem o empurrãozinho da tia Vivian e dos primos Carlton, Ashley e Hillary.

Ray Barone, de Everybody Loves Raymond

Parece que os italianos são mesmo a referência quando o assunto é paternidade! A aclamada saga da família Barone não seria a mesma se não fosse a presença de Ray, que além de pai de seus 3 filhos, ainda era pai do próprio pai, da mãe e do irmão. E às vezes até da esposa, heim? Mesmo com toda a árvore genealógica enlouquecendo o jornalista mais querido de Long Island, ele nunca deixou a bola cair e durante 9 temporadas arrancou boas risadas de milhões de fãs.

Sandy Cohen, de The OC

Assim como o Tio Phil, Sandy é um caso raro de alma bondosa da Califórnia. Ele poderia estar satisfeito em ser o pai só do desajustado Seth, mas sua sensibilidade de defensor público o levou a oferecer abrigo para Ryan, um criminoso leve mas de rebeldia acima do normal. Passo a passo, Sandy se comprometeu com a reinserção do novo morador de Newport Beach, enfrentou resistência da esposa, julgamento dos vizinhos e foi o pai que o Ryan nunca teve. Inspirador!

Homer Simpson, de Os Simpsons

Pai do ano? Pouco. Pai da década? Ainda pouco. Há mais de 25 anos, Homer invade nossas casas diariamente para apresentar um verdadeiro manual de como lidar com as dificuldades da vida em família, numa sátira apimentada do american way of life. Junto com Marge, eles formam a dupla infalível que serve de exemplo para o trio Bart, Lisa e Maggie. Entre muitos donuts e cervejas, Homer é o pai clássico que a gente encontra em muitos sofás mundo afora, não é? Um ícone universal.

Michael Kyle, de Eu, a Patroa e as Crianças

Até hoje ninguém entendeu porque a série dos irmãos Wayans acabou. Super sucesso, a produção nos deu de presente um dos personagens mais famosos da nossa geração, que arrebatou milhões de telespectadores com seus bordões e jeitos não-ortodoxos de educar os filhos, com joguinhos e lições de moral absurdos, porém hilários. Apesar do caráter parental duvidoso, Michael Kyle era um verdadeiro apaixonado por sua família. Fico imaginando o que ele faria se tivesse noção do sucesso que é no Brasil…

julius rock

Julius Rock, de Todo Mundo Odeia o Chris

Não é todo filho que pode se orgulhar do fato de seu pai ter 2 empregos. Eu sou um deles. E Chris Rock também! Muito além do trabalho duro, Julius sempre incentivou os filhos a terem orgulho das pessoas quem são, além de lições duras sobre honestidade, caráter, educação e dignidade. A infância de Chris Rock poderia ser um enredo e tanto para um dramalhão, não é? Felizmente, ele transformou suas dores em risos e seu pai, um poupador compulsivo, foi uma ajuda e tanto para isso.

Tom Scavo, de Desperate Housewives

Dava pra fazer uma lista de pais de Desperate Housewives, mas o Tom provavelmente é o que melhor representa o espírito da série. Parker, Preston, Porter, Penny, Polly e Kayla. Ufa! Trabalhou mais que dono de creche! Largou o emprego para ficar em casa cuidando do sexteto enquanto a esposa ia batalhar para botar o pão na mesa, abriu pizzaria, voltou para a faculdade e ainda tinha tempo de ser garanhão para a esposa Lynette, que, convenhamos, não era das pessoais mais fáceis de lidar. Um fofo!

Danny Tanner, de Três é Demais (Full House)

Falando em fofura, foi uma delícia acompanhar essa galera nas tardes do SBT, né? Ver um pai solteiro se desdobrar para criar 3 filhas danadas foi um marco da televisão. Para a sorte de Danny e das meninas, a família acabou contando com 3 pais, já que os amigos tio Joey e tio Jesse não largaram o parceiro depois que as crianças chegaram, resultando numa aventura que durou 8 temporadas. Ano que vem, quase 30 depois do fim da série, o Netflix irá lançar uma sequência, que está fazendo muita gente contar os segundos.

Phil Dunphy, de Modern Family

Esse último pai todo mundo queria ter, certo? Também californiano, o nosso querido idiota bobão de Modern Family batalha para sobreviver naquela confusão que é o clã Dunphy-Delgado-Pritchett, especialmente porque seus filhos são tudo, menos pessoas calmas, quietas e tranquilas. Além disso, ter uma esposa como a Claire é uma tarefa para poucos e viver para agradar o sogrão é o desafio de uma encarnação. Mesmo assim, o corretor enfrenta tudo com muito bom humor e inúmeras piadas. Bom pra gente!

E aí? Curtiu a nossa seleção? Qual o seu favorito? Acha que algum deles lembra o seu papai? Conta pra gente aqui nos comentários, o Box de Séries quer saber. Muito obrigado por ler, viu? Uma ótima semana pra você e a gente te espera na próxima segunda. Um abraço forte e até lá!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!