10 séries que são boas para a crítica

Hoje o tema da coluna vai causar. Entre aqueles mais desatentos, claro. Se prepare para ver algumas séries que podem até ter muitos fãs, mas eles não são suficientes para fazer delas um sucesso de público.

É claro que alguns vão comentar que adoram uma ou outra série dessa lista e me xingar dizendo que eu sou um blogueiro careca. Mas a verdade é que as séries deste post realmente não têm a melhor audiência do mundo. Só sobrevivem pois são as queridinhas da crítica, ou dos chefões da emissora que as exibem.

Quer saber quais são? Então vem:

Fringe

Ficção científica tem espaço na TV aberta? Elas exigem muito do público? São difíceis de se acompanhar por conta das teorias e bla-bla-blás? Fringe não seria a primeira série do tipo a pendengar neste sentido. Mas daí pensamos em sucessos como Arquivo X e nos perguntamos onde foi que ela errou. Onde foi, gente?

30 Rock

Olha, a comédia de Tina Fey patinou feio em seus primeiros anos. Não fosse o bom desempenho no Emmy e o networking da atriz trazendo ótimas participações especiais, não sei onde 30 Rock estaria hoje. Aliás, sei sim! Na DirecTV. rs

The Good Wife

É o tipo de série ótima, com audiência péssima, que nos faz remoer a pergunta: “americanos, qual o problema de vocês???”. Vida longa à The Good Wife. Muitos prêmios para Julianna Margulies! Porque, olha… Só assim.

Community

Talvez o maior problema de Community seja a falta de uma história sequencial. Isso se pararmos para pensar na audiência, afinal é a exata anarquia de roteiro desta série que faz dela tão fantástica. Na verdade, o maior problema de Community é a NBC!

Friday Night Lights

Não gosto, mas nem por isso desmereço. Há que se reconhecer o cuidado do elenco, dos produtores e dos roteiristas desta série, que sofria na audiência, mas não tanto quanto sofria quem acompanhava sua história. Enquanto fã e telespectador.

Damages

A audiência era tão baixa, e o orçamento tão desproporcional, que Damages não durou nem no canal FX, que da TV paga. Nesses canais já se espera uma audiência menor. Mas parece que Damages ficava bem abaixo da expectativa, neste sentido.

United States Of Tara

É melhor pensar que algumas séries acabam no auge. E este é um caso do tipo. Se tem uma comédia da qual sinto saudades, é esta. Mas devo ser apenas um da meia dúzia de gente que assistia.

Roma

A série mais cara do mundo teve apenas duas temporadas. Reformulando: teve duas sensacionais temporadas! De pensar que os produtores ainda queriam contar sobre a decadência de Roma, a soberania do Egito e o nascimento de Jesus Cristo… Que raiva dessa baixa audiência.

Studio 60 on the Sunset Strip

Aaron Sorkin, Matthew Perry, Amanda Peet e Bradley Whitford são a fórmula do sucesso, tanto quanto dois mais dois dá quatro. Ainda estou tentando descobrir a variável oculta desta fórmula matemática que, de alguma maneira enigmática, não deu certo. Por que, meu Deus… Por quê?

Treme

Assumo que não gosto. Aliás, me dou ao direito de dizer que é a coisa mais chata que eu já vi. Mas para a crítica era sensacional. Este é o caso raro em que a gente fica do lado da pouca audiência…

A lista é longa e ainda poderia ter títulos como Firefly, Arrested Development e tantas outras… Se lembra de alguma? Deixe seu comentário!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER