13 novas séries que marcaram 2014

2014 se foi e para começar a primeira semana completa de 2015 preparamos esta lista com as 13 novas séries que marcaram o ano passado. Você encontrará suspenses e comédias relevantes, e até séries do canal The CW, que finalmente começa a despontar com seus novos produtos. Será que você vai concordar com a lista?

true detective 1x04

True Detective (HBO)

Umas das melhores — senão a — estreias de 2014. Após consagrar-se definitivamente no cinema com Clube de Compras Dallas e O Lobo de Wall Street, Matthew McConaughey se juntou a Woody Harrelson nesta antologia produzida pela HBO. O thriller de investigação apostou na profundidade dos personagens e ganhou. A segunda temporada já é esperadíssima e terá Colin Farrell e Vince Vaughn como dupla protagonista. Outros grandes nomes estão confirmados. Confira as críticas aos episódios da primeira temporada.

Penny Dreadful (Showtime)

Alguns diriam que Penny Dreadful vem na onda das séries de terror, como American Horror Story e The Walking Dead. Isso não seria inteiramente mentira, mas é fato que a estreante da Showtime se destacou com um enredo plausível. Uma espécie de Once Upon a Time assustadora e com muito mais qualidade, inclusive visual. A trama mistura vampiros com lobisomens e Frankstein. Quem se destaca é Eva Green que tacou o terror em cenas de exorcismo. Confira as críticas aos episódios da primeira temporada.

The Knick (Cinemax)

Nunca o grotesco chamou tanta tenção na TV como em The Knick. O gore de The Walking Dead e o trash de True Blood abriram caminho para esta série que não poupa o telespectador com suas cenas minuciosas dos primeiros experimentos cirúrgicos. Ela se passa na Nova York decadente, que se erguia no começo do século 20. O conhecido diretor Steven Soderbergh (Franquia Onze Homens de Um Segredo, Traffic: Ninguém Sai Limpo) soube aproveitar ao máximo toda capacidade artística de Clive Owen (Closer: Perto Demais), que literalmente ownou na série.

The Affair (Showtime)

Chama muito a atenção pela estrutura diferente do roteiro, o formato de dois pontos de vista para uma mesma história. O elenco primoroso também se destaca com a dupla Dominic West e Ruth Wilson. Maura Tierney e Joshua Jackson são os coadjuvantes que qualquer astro gostaria de ter. Além de tudo isso, há um suspense que se desenrola episódio por episódio, envolvendo sexo, poder e drogas. Tudo isso em uma pacata cidade de veraneio. Confira as críticas.

The Flash (The CW)

O ano dos super-heróis teve The Flash como a série mais promissora. Se destacou entre as inúmeras do tema, que está em alta. Tem um protagonista carismático e diverte os fãs com humor e easter eggs espalhados pelos episódios. Animou os hard-readers de quadrinhos e ainda fez um crossover com Arrow, o que garante diversas possibilidades para o show.

dupla identidade, bruno gagliasso, rede globo

Dupla Identidade (Globo)

Nesta série brasileira o ator Bruno Gagliasso mostra o poder de seu trabalho, até então razoavelmente explorado em telenovelas. O suspense assinado por Glória Perez é baseado em suas pesquisas com psiquiatras e especialistas em perfis forenses. A segunda temporada já foi confirmada pela autora, que anunciou sua participação apenas como consultora. Morena Bacarin (Homeland) foi considerada para o papel de Vera. Mas compromissos de agenda nos Estados Unidos inviabilizaram sua participação.

Transparent (Amazon)

Já indicada ao Globo de Ouro nas categorias Melhor Série de Comédia e Melhor Ator, esta série já figura como uma das mais encantadoras e criativas estreantes de 2014. Como o título indica, ela conta a vida do pai que se assume transexual, Maura Pfefferman, vivida por Jeffrey Tambor (Arrested Development). A família nada convencional tem seu passado e futuro revelados após uma decisão importante de Maura. A partir disso, nenhum segredo será poupado.

Amores Roubados (Globo)

Desejo, ciúmes e vingança são os ingredientes principais desta trama livremente inspirada no livro A Emparedada da Rua Nova, de Carneiro Vilela. Nela Cauã Reymond é Leandro, um jovem nascido no sertão, criado em São Paulo pela mãe prostituta (Cássia Kis Magro). Já adulto, ele retorna à cidade natal e se envolve com três mulheres: Celeste (Dira Paes), Isabel (Patrícia Pillar) e Antônia (Ísis Valverde). Com ótimos números de audiência, se tornou um dos maiores sucessos da Globo no horário, desde A Casa das Sete Mulheres, de 2003.

Faking It (MTV)

No início do ano esta produção apresentou seis episódios decentes, recheados de referência ao universo pop e muita possibilidade de evolução, considerando o público jovem. Logo chegou a segunda temporada, provando que a MTV acredita na série e poderia estar preparando-a para suceder Awkward. Neste história acompanhamos Amy e Karma, ambas com carisma suficiente para fazer o público da série rir e sofrer junto com elas.

Red Band Society (Fox)

Mais uma série teen que chamou atenção em 2014. Chefiada por Steven Spielberg e inspirada em uma série catalã, RBS tem um dos melhores pilotos da categoria. Com trilha sonora bem pop, ela se passa em um hospital e é narrada por um personagem em coma. Todos os outros adolescentes que protagonizam a série têm sérios problemas de saúde.

Fargo (FX)

Baseada no filme homônimo, Fargo traz uma grave mudança na vida do covarde e acomodado Lester Nygaard (Martin Freeman, O Hobbit). No gelado estado de Minesota, Nygaard se torna o principal suspeito de uma série de crimes após Lorne Malvo destruir sua reputação e assassinar pessoas próximas a ele. Isso é o bastante para colocar a deputada Molly Solverson (Allison Tolman) e o policial Gus Grimly (Colin Hanks) na cola dos dois.

How to Get Away with Murder

How to Get Away with Murder (ABC)

Mais uma série da grife Shonda Rhymes, que dessa vez se permitiu matar quantas pessoas quiser tendo um título propício! A primeira temporada começa com Annalise Keating (Viola Davis) apresentando a seus alunos sua especialidade: direito criminal. Após formar um grupo seleto de alunos empenhados, eles tentarão livrar os clientes de Annalise da prisão, episódio após episódio. Uma trama principal de assassinato permeia toda a temporada com flashbacks envolvendo membros do grupo a uma morte chocante e misteriosa. Confira as críticas aos episódios.

Jane the Virgin

Jane The Virgin (The CW)

A primeira série do canal a ser indicada a uma premiação relevante, o Globo de Ouro. E logo de cara recebe duas indicações: Melhor Série de Comédia e Melhor Atriz, pelo trabalho excepcionalmente carismático de Gina Rodriguez. Jane ainda traz a participação hilária do astro de telenovelas mexicanas Jaime Camil. Aclamada pela crítica antes mesmo de sua estreia, conta a história de Jane, uma jovem virgem que acaba ferilizada após um erro médico.

Faltou alguma? Descorda ou concorda com nossa lista? Então comente.

Colaboraram nesta lista: Caio Fochetto, Fabrício Horta, Pierre Menezes, Thiago Carvalho Rego e Uanderson Lima.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER