15 clássicos do cinema que vão ganhar reboots

A lista de reinicializações no cinema aumenta a cada ano que passa, e têm títulos interessantes que devem ganhar novas versões em breves.

Os anos 2010 abriram uma nova janela para o cinema e a cultura pop em geral, e por ela os grandes estúdios trouxeram consigo grandes títulos de outras eras, com novas roupagem, personagens, tecnologia e enredos. A onda ganhou força, e todo ano a lista só aumenta. Alguns são verdadeiros sucessos, como Jumanji, que é a maior bilheteria da Sony, e outros que se tornam fiascos, a exemplo da nova versão de A Múmia, da Universal.

É um mar de nostalgia rever tantos personagens e histórias que vimos quando éramos pequenos, conquistando novas audiências, mas sempre há o receio de manchar o legado de títulos que criaram valor e se tornaram ícones da cultura pop. Mesmo com os resultados nem sempre bons na bilheteria, a onda de remakes e reboots já se estabeleceu, e cresce a cada ano que passa.

Aqui, reunimos alguns títulos que já estão em desenvolvimento, ou que já estão em produção. Tem filme para todos os gostos: de musical ao terror, da comédia romântica ao sobrenatural, da fantasia ao thriller. Qual, na sua opinião, vale a pena ver de novo?

Nasce Uma Estrela

Este reboot é, na verdade, a terceira versão do clássico originalmente lançado em 1937, e já teve Judy Garland e Barbra Streissand no papel principal. O projeto original foi lançado ainda em 2012 por Clint Eastwood, e já tinha negociado com Beyoncé, Leonardo DiCaprio, Christian Bale e Hugh Jackman, mas depois de alguns adiamentos, Lady Gaga e Bradley Cooper foram escolhidos para estrelar o musical, sendo esta a estreia de Cooper como diretor. Nesta adaptação, Jackson Maine (Cooper) é um cantor country, que conhece a jovem Ally (Gaga) e decide apostar na sua carreira, enquanto se apaixonam. Por conta dos problemas com alcoolismo, a carreira de Maine começa a declinar, enquanto a de Ally ascende, e isso cria dificuldades no relacionamento deles. A aposta é alta para o filme: Lady Gaga gravou todos os vocais ao vivo, Elton John deu uma mãozinha na trilha sonora, e as canções foram escritas pela própria – sem falar no histórico do título, que foi indicado e venceu diversos prêmios em suas três adaptações anteriores. Por chances no Oscar, a Warner colocou a estreia para o dia 5 de outubro.

Scarface

Uma chance do cinema discutir a imigração nos Estados Unidos de Trump, um dos grandes lançamentos esperados pela Universal é a nova versão de Scarface, que será estrelada por Diego Luna (Star Wars), como um mexicano ilegal que faz carreira como criminoso em Los Angeles. O projeto teve alguns problemas de produção, com a saída de Antoine Fuqua da direção e de Terence Winter do roteiro, mas voltou à ativa com o mexicano Gareth Dunnet-Alcocer. A data de lançamento ainda está para ser definida, e a audiência torce para que mais nenhuma grande mudança seja feita.

O Corvo

Desde do buzz gerado por Game of Thrones, Jason Momoa tem sido cada vez mais requisitado. Se pela DC Comics ele vive o herói Arthur Curry / Aquaman, em O Corvo ele será o anti-herói Eric Draven, que no dia do aniversário de sua morte, volta à Terra como o Corvo em busca de vingança. O projeto foi desenvolvido pela Sony ainda em 2010, com base na versão de 1994 (que virou um ícone cult depois da morte de Brandon Lee no set de gravação), e só ganhou forma mesmo no ano passado, com o diretor Corin Hardy. Os produtores prometem um filme mais fiel à história de James O’Barr. Embora o diretor original, Alex Proyas, seja totalmente contra a nova versão, o estúdio já tem uma data de lançamento: 11 de outubro de 2019.

O Exterminador do Futuro

O próximo lançamento da franquia Exterminador do Futuro vai parecer bastante diferente do original, mas terá ligações diretas com O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final. Com Linda Hamilton e Arnold Schwarzenegger, o filme conta com diversos novos nomes (Nathalia Reyes, Diego Boneta e Mackenzie Davis), e será protagonizado pelo ator Gabriel Luna. Sem muitos detalhes ainda revelados, a equipe do filme impressiona: Tim Miller é o diretor, James Cameron é o produtor, e o roteiro é de David Goyer. Se tudo der certo, é bem possível que o filme se expanda e se torne uma trilogia.

Os Gremlins

Um clássico da cultura pop, Os Gremlins vão retornar ao cinema e Chris Columbus promete uma versão mais sombria e densa que a original. Confirmado recentemente pelo diretor, diferente do que havia sido anunciado, o longa se trata de um reboot, e não da continuação da franquia original de 1984. Detalhes de elenco e diretor ainda não foram revelados, mas Columbus já garantiu que está perto do filme sair do papel. Vamos ver no que isso vai dar.

A História Sem Fim

Na era em que os filmes de fantasia contam com uma produção de ponta, títulos como A História Sem Fim geram curiosidade por uma nova versão. Com produção de Leonardo DiCaprio, a adaptação terá ninguém menos que Peter Jackson (O Senhor dos Anéis) na equipe, o que pode tornar a viagem à Fantasia ainda mais interessante. Um clássico da Sessão da Tarde aqui no Brasil, o original conta a história de Bastian Bux, um garoto sonhador que busca nos livros uma fuga da sua realidade, e acaba na terra de Fantasia, governada por uma imperatriz criança e habitada por diversos seres mágicos, como o dragão da sorte Falkor.

Highlander 

Depois de dez anos no limbo, o remake do guerreiro imortal Highlander já ganha forma nas mãos de Ryan Condal (Rampage: Destruição Total). Chad Stahelski (John Wick) é o diretor do filme, e já contou que ainda há muito material para ser trabalhado, por isso o longa ainda não foi rodado – mas está certo de acontecer, e de uma forma bem maior: como uma trilogia. Diferente de outros títulos que vão receber um novo tratamento, Stahelski não pretende mudar muito da essência do título, mantendo principalmente a trilha sonora da banda Queens.

A Pequena Loja de Horrores

A Pequena Loja de Horrores

Um dos musicais mais amados do cinema, A Pequena Loja de Horrores voltará ao cinema em sua terceira versão, sob responsabilidade do super-produtor Greg Berlanti (Arrow, Supergirl, The Flash e Legends of Tomorrow). A história narra a vida de Seymour, um floriculturista que descobre uma planta exótica, que logo se torna sensação e ajuda a alavancar as vendas da floricultura Mushnik. O que ele não sabia é que a planta, chamada de Aubrey II, se alimentava das pessoas que iam vê-la, e logo se tornou uma ameaça. O elenco ainda não foi anunciado, mas o nome de Joseph Gordon-Levitt é esperado para o papel principal.

O Guarda-Costa

Mesmo imortalizado por Whitney Houston, o clássico de 1992 é um dos títulos que a Warner Bros. quer lançar mais uma vez no cinema, e já até procurou Rihanna para substituir Houston – o que não deu certo. Kevin Costner já aprovou o projeto, que está sendo desenvolvido por Jeremiah Friedman e Nick Palmer. O ator, inclusive, já disse que toparia participar da nova versão novamente como o segurança Frank Farmer, e aposta em Janelle Monaé (com quem contracenou em Estrelas Além do Tempo) para o papel de Rachel Marron. O fato é que é preciso uma cantora de calibre para regravar o ícone da música I Will Always Love You. Fato curioso: o longa quase ganhou uma sequência, ainda na década em 90, com a Princesa Diana no papel principal, e o roteiro foi entregue ao estúdio exatamente no dia que a monarca morreu.

Splash: Uma Sereia em Minha Vida

A Disney está por trás da nova versão do clássico de 1984, em parceria com os produtores originais, Brian Glazer e Ron Howard, só que dessa vez os papéis serão invertidos: Channing Tatum será o sereio, e Jillian Bell a humana que se envolve com o ser marítimo. As filmagens ainda não começaram, e ainda não há previsão de lançamento, mas o que já sabe é que, embora seja um novo material, alguns detalhes vão ser muito similares ao original, estrelado por Tom Hanks e Daryl Hannah, que foi indicado ao Oscar de melhor roteiro original.

Spawn

Na era dos heróis em alta no cinema, Todd McFarlane promete que a nova versão do anti-herói Spawn será ainda mais pesada que Logan e Deadpool. E não é para menos: a história conta a vida de um militar, que ao morrer vai ao inferno e faz um pacto com o diabo para reencontrar sua esposa, voltando à Terra como o soldado do inferno em busca de vingança. O protagonista da vez seria o detetive Twitch Williams, papel escrito especialmente para Leonardo DiCaprio, embora não haja confirmação de que o ator oscarizado estrele o longa. O que pode deixar o público receoso é o baixo orçamento, que para um filme sobrenatural – que exige um grande quantidade de CGI – possa ser prejudicial.

As Panteras

Depois de Homem-Aranha e agora com Jumanji, a Sony está arriscando sem medo nos reboots, As Panteras é a próxima franquia a ser relançada. As filmagens acontecem ainda esse ano, com lançamento marcado para 7 de junho de 2019. Elizabeth Banks (A Escolha Perfeita) está na direção, e o elenco ainda não foi anunciado, mas há rumores de que Lupita Ny’ongo e Kristen Stewart assumam os papéis que já foram de Lucy Liu, Drew Barrymore e Cameron Diaz.

He-Man e os Mestres do Universo

Na onda de dar mais profundidade para ícones da cultura pop no cinema, outra aposta da Sony é o remake de He-Man e os Mestres do Universo, que foi um verdadeiro fiasco em sua exibição original no cinema (estrelado por Dolph Lundgren, Frank Langella e Courtney Cox). David S. Goyer estaria no comando do longa, que deverá ser mais sombrio que o primeiro, e as gravações estão para começar esse ano. A produtora Omega Underground planejava lançar em dezembro de 2019, mas a data deverá ser postergada, já que é bem arriscado enfrentar o episódio final da atual trilogia de Star Wars. Quem será o novo Príncipe Adrian?

Mudança de Hábito

Depois do sucesso na Broadway, a Disney tem planejado o retorno de Deloris Van Cartier para o hábito, com uma produção cheia de nomes femininos. O filme conta com Kirsten “Kiwi” Smith e Karen McCullah, as mesmas roteiristas de Legalmente Loira e 10 Coisas Que Odeio em Você, o que garante uma boa dose de comédia. E se isso não basta, o projeto tem a produção de Namely Allison Shearmur, de Cinderella, sem falar que a maioria do elenco é feminina (por ser passar num convento, é claro). Uma nova trilha sonora está sendo montada para o filme, e deve contar com diversos números a capella.

Zorro

Esse vai te deixar com a pulga atrás da orelha: com roteiro e direção de Jonas Cúaron, a nova versão do justiceiro mascarado terá um enredo pós-apocalíptico. Intitulado apenas como Z, o novo longa terá Gael García Bernal no papel principal, ao lado de Kiersey Clemmons (Dope). O Zorro como conhecemos, com capa e espada, será mantido, mas ao invés de cavalos, ele deverá ser cercado de robôs e tecnologia, em combate à tirania e a opressão.

Sobre o Autor

Leo Sousa

Séries de TV, filmes, realities shows, livros, música e mais. Editor no boxpop.com.br.

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!