6 finais gloriosos e 6 finais decepcionantes

Terminar uma série é uma responsabilidade e tanto. Não à toa, os criadores e roteiristas tem duas possibilidades de entrar para história com o encerramento de seus contos: ou com um final péssimo e decepcionante, ou com um final ótimo e glorioso.

Quando acontece a segunda opção, é só orgulho e alegria. Mas e no primeiro caso? Depois de anos cancelando compromissos, maratonando, chorando e sorrindo — o final resolve ser a maçã podre do cesto. Difícil, não é?

Por isso, baseado num estudo do Challenge Response a partir de dados do IMDB, a nossa Lista de hoje vai relembrar 6 series finales bem avaliados e 6 mal avaliados a partir de um cálculo simples, que compara a média das notas dos críticos para todos os episódios com a nota média para o último episódio.

Não necessariamente são os melhores e piores de todos os tempos, mas os que mais surpreenderam considerando o histórico de críticas da série, mostrando uma curva muito ascendente ou muito decadente rumo ao último episódio. Deu pra entender, não é? Então se liga aí:

Glee x Dexter

Apesar de uma primeira temporada historicamente reconhecida como um dos melhores feitos da TV em anos, Glee não conseguiu manter o fôlego por muito tempo e aos poucos foi decaindo no gosto da crítica e dos fãs. Surpreendentemente, a série terminou no seu sexto ano com um final redentor, que botou a série no topo da lista de finais incríveis do estudo, com a maior disparidade entre a nota do restante dos episódios. Sempre é tempo de melhorar, não é?

Outra série que balançou o coreto quando começou foi Dexter, que nos contou a história de um serial killer apaixonante, mas depois de um tempo balançou mesmo foi na corda bamba, com muita gente até desistindo de ver a trama até o final. Não deu para marcar o gol de honra no último episódio, e a produção do Showtime amargou o último lugar na tabela, com o final mais decepcionante de todos.

Sex and the City x Dragon Ball Z

Hoje em dia, ver mulheres falarem de sexo em programas de TV pode não ser mais tão raro assim, mas tudo isso se deve ao pioneirismo da HBO, que na década de 90 botou no ar quatro amigas para discutirem o assunto nos mínimos detalhes, e tudo isso num endereço luxuosíssimo: Nova York. Sex and the City teve uma brilhante sexta temporada que culminou num último episódio fabuloso (aliás, “fabulous” foi a última palavra dita na série — coincidência?). Também foi para o topo da tabela de finais gloriosos!

Saindo das madrugadas da TV a cabo direto para as manhãs infantis da saudosa TV Globinho, a adaptação dos mangás da série Dragon Ball Z encerrou sua saga de sucesso em 1996, deixando sua marca como o anime mais conhecido de todos os tempos. Apesar do sucesso, o estudo com os dados do IMDB colocou o desfecho da série lá no fim da lista, com uma grande disparidade entre a crítica média da série e do final. Uma pena.

Smallville x True Blood

Se você acordava cedinho no domingo para curtir Smallville nas manhãs do SBT, assim como eu, você teve uma infância maravilhosa. Apesar de nunca ter sido bem recebida pela crítica, a série se tornou um mega sucesso que permaneceu no ar por quase 10 anos, conquistando milhões de fãs. No final, a redenção veio com um encerramento que todo fã ávido de séries merece, agradando inclusive a crítica, que nunca olhou com bons olhos para a história do herói.

Já o final de decepcionante da rodada fica para um sucesso de crítica, prêmios e público, que arrebatou elogios unânimes em suas 2 primeiras temporadas, que foram se desmanchando com o passar das tramas, mesmo entre os mais devotos admiradores do seriado. Infelizmente, True Blood não teve um final digno de encabeçar a lista do estudo e ficou bem lá no finalzinho. Uma pena para Sookie e toda a galera de Bon Temps!

The OC x How I Met Your Mother

Os riquinhos do Condado de Orange alegraram muita gente fins de tarde de sábado, no SBT, com seus dramas adolescentes, problemas amorosos e tudo mais. Mas boa parte do público ficou bem magoada com a morte de um personagem central e os criadores se desdobraram em busca de um desfecho bom para o seriado. E conseguiram, o que foi um feito grande considerando que a série nunca foi queridinha da crítica.

Outra que nunca foi queridinha da crítica mesmo sendo amada pelo público foi How I Met Your Mother, que coleciona múltiplos Emmys de direção, fotografia e edição — mas nunca teve sua história, roteiro ou atores aclamados pela grande imprensa. Apesar disso, a série foi um sucesso de dimensão estratosférica, e foi deixando muita gente desapontada nas últimas temporadas, especialmente com o último episódio, massacrado pela crítica mesmo emocionando muita gente.

Desperate Housewives x Two and a Half Man

Não vou chover no molhado e dizer que Desperate Housewives foi uma grande série, porque todo mundo sabe. As donas de casa quarentonas e suburbanas ganharam dezenas de versões ao redor do mundo, faturaram todos os prêmios e ainda ameaçaram mudar a categoria de Melhor Atriz do Emmy para Melhor Atriz de Desperate Housewives, já que as protagonistas costumavam ocupar quase todas as vagas de indicação sozinhas.

Merecidamente, os fãs acompanharam o desenrolar da série até um grande final, com direito a matar saudades de todos os personagens mortos na história, num passeio de carro inesquecível com Susan. Mas os fãs de Two and half Man (Dois homens e meio, aqui no Brasil) assistiram o definhar da série duma forma extremamente desagradável.

A saída do solar Charlie Sheen trouxe para a série Ashton Kutcher, que não foi lá muito recebido pelo público. Aí a série que era sucesso acabou caindo no esquecimento da crítica e dos prêmios, incluindo o final dantesco. A parte boa da saída do Charlie foi a participação de Kathy Bates, interpretando o fantasma de Charlie! Vale a pena conferir.

ER x The Sopranos

Mesmo sem a repercussão de seus primeiros anos, ER — Plantão Médico passou 15 temporadas no ar com altos índices de audiência e ainda conseguiu fazer uma reunião de elenco na última temporada, deixando o carimbo da série na lista de séries mais bombadas que já existiriam, contando com o final inesperado e muito bem escrito. Atualmente, você pode rever esse clássico na Warner e matar a saudade da sala de emergência mais agitada de Chicago.

Já Tony e suas duas famílias aparecem em todas as listas de melhores séries de todos os tempos, e com razão, né? The Sopranos é uma obra de arte tão milimetricamente perfeita que qualquer deslize no final está perdoado — a série venceu centenas de prêmios, inspirou outras dezenas de obras (como Avenida Brasil) e deixou milhões de órfãos após 6 temporadas emocionantes. Eu nem imaginaria que a produção mais significativa da HBO estaria no final da lista, incluída como final decepcionante. Pra mim foi ok! E pra vocês?

E você? Concorda ou discorda do estudo? Acha que os críticos acertaram nas escolhas ou não? Comenta aqui comigo, tô louco pra saber! A gente volta na próxima segunda, mas desde já te desejo uma ótima semana!

Obrigadão pela visita e até a próxima! Beijão, Boxers!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER