6 mortes extremamente inesperadas

A maioria das mortes são mesmo inesperadas e deixam os humanos perdidos. Nas séries não poderia ser diferente. Não é fácil acompanhar um personagem por anos e de repente lidar com o fato de que você não o verá mais. Mortes inesperadas acontecem toda hora, na vida real e nas séries, mas algumas acabam sendo mais chocantes que as outras e com isso ninguém nunca se acostuma. Para ilustrar esse sentimento dolorido, essa semana listamos 6 mortes que fizeram a gente perder o chão. Se liga:

Rita Morgan, em Dexter

Não a toa, a quarta temporada de Dexter é considerada por muitos a melhor da série. O vilão John “Trinity Killer” Lithgow entrou numa batalha épica com o protagonista da série, abordando temas muito obscuros a cada episódio. Um deleite para os fãs. Apesar disso, Dexter derrotou o inimigo mas pagando um preço alto por isso: quem não lembra daquela cena emocionante dele chegando em casa e encontrando a esposa morta na banheira? A partir daquele momento, a vida de Dexter mudou, assim como todo o clima da série — não necessariamente para melhor.

House of Cards

Zoe Barnes, em House of Cards

Numa atuação gloriosa, Kate Mara interpretou uma jornalista pragmática e insaciável, que encontrou em Frank Underwood a fonte perfeita para deslanchar sua carreira. Sempre empurrando a história pra frente, todo mundo começou a ver a segunda temporada de House of Cards no aguardo de um grande desenvolvimento na relação dos dois, tornando Zoe uma possível inimiga e a única capaz de derrubar o implacável político e sociopata interpretado por Kevin Spacey. Mas ele a derrubou primeiro. Na frente de um trem. Em movimento. Que morte horrível!

Game of Thrones

Oberyn Martell, em Game of Thrones

Há muitas mortes surpreendentes no sucesso da HBO. Muitas. Para evitar a chuva de spoilers, uma vai representar todas elas: Oberyn Martell. O agradável e carismático Príncipe de Dorne era gente boa demais para durar muito tempo, não é? E logo depois de ele ter alcançado o que para muitos teria sido uma vitória perfeita para o personagem, Gregor Clegane nos ofereceu uma morte violenta, cruel, desagradável e entristecedora. Basicamente o resumo do que é uma temporada de Game of Thrones. Mas não precisa ficar com saudade do maravilhoso Pedro Pascal: basta se ligar em Narcos, nova série do Netflix.

Arrow 3

Oliver Queen, em Arrow

Os heróis morrem o tempo todo só para ressuscitar depois. Até aí nada de novo nesse cliché da cultura pop. Mesmo assim, é chocante ver o protagonista dar adeus e ainda no meio de uma temporada, não é? Quando o Arqueiro Verde enfrenta o vilão árabe Ra’s Al Ghun, o confronto acabou com o herói levando uma espada afiada no peito, numa das melhores cenas de Arrow. Claro que a série não poderia continuar sem ele e logo no episódio seguinte ele já estava lá, de novo. Nesse caso, foi uma semi-morte.

The Wire

Omar Little, em The Wire

Sem dúvida e com muita razão, The Wire (ou A Escuta, aqui no Brasil) é considerada por 99% dos fãs e críticos de séries uma das melhores de todos os tempos. No meio de tanta sujeira, maldade, corrupção e desonestidade na série, Omar era quase um anti-herói, na medida em que dificultava a vida de uns e outros, mas sempre sendo aquele cara boa praça que nós adoramos assistir. Até que na última temporada foi assassinado por uma criança, ao sair de uma loja de conveniências. Foi um ponto final de respeito para série, causando uma reflexão bastante intrigante sobre os verdadeiros heróis (ou falta deles) nos dias de hoje.

Desperate Housewives 4

Edie Britt-Williams, em Desperate Housewives

Game of Thrones do subúrbio, Desperate Housewives foi também recheada de mortes pesadas ao longo de 8 temporadas. A Edie foi aquela típica personagem que ninguém sabe muito bem se gosta ou se não gosta, e durante um bom tempo continuou assim. Ela era aquela bitch legal, que todo mundo ria e queria mais. Mas acho que lá pela quinta temporada todo mundo já tinha se convencido que ela tinha um bom coração e estava apaixonado, certo? Pois foi aí mesmo que ela morreu, eletrocutada após um acidente de carro.

A morte da dona de casa interpretada pela Nicollette Sheridan rendeu um dos melhores episódios da série e ainda acarretou uma polêmica que dura até hoje: será que ela só morreu por causa da briga que a atriz teve com Marc Cherry, o criador da série?

Isso é tudo, pessoal! Curtiu a nossa Lista de hoje? Teve alguma morte nas séries que te deixou de queixo caído? Conta pra gente aí nos comentários, o Box de Séries quer saber. A gente volta na segunda que vem! Muito obrigado por ler. Uma boa semana pra você e até lá!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER