8 coisas para saber antes de assistir Marvel’s Luke Cage

Marvel’s Luke Cage chegou na Netflix e aqui estão algumas coisas que você precisa saber antes de começar a sua maratona.

Acabou a espera e finalmente Marvel’s Luke Cage estreou na nossa amada Netflix. Mas antes de iniciar a sua maratona, o site americano Rotten Tomatoes separou algumas coisas que você precisa saber sobre a nova produção dos estúdios Marvel em parceria com o site de streaming.

Eles conversaram com o showrunner e também com alguns integrantes do elenco. O resultado disso você pode conferir na Lista de hoje, confira:

1 — A linguagem é dura, mas real.

A Netflix é praticamente uma terra livre de censuras, ou seja, eles podem falar o que bem entendem em suas produções e ninguém pode reclamar disso. O mesmo pode acontecer nos quadrinhos, que possuem algumas edições específicas para o público adulto, de acordo com a sua linguagem.

A questão aqui é levantada devido à uma palavra “proibida”, dita como forma de ofensa às pessoas negras e utilizada logo de cara, no primeiro episódio. Nos Estados Unidos a palavra é um tabu e dificilmente será ouvida em produções da televisão aberta. E o showrunner da série, Cheo Hodari Coker, explicou o porquê de utilizar um vocabulário tão chocante para o público.

“Bem, foi uma conversa, mas eu disse ‘Olha, eu vou fazer isso’. Não com a intenção de causar problemas para ninguém. Eu só senti que não usar essas palavras dentro dessas situações deixaria tudo mais leve. Então, por exemplo, quando o Boca de Algodão usa essa palavra no Harlem’s Paradise, Mariah reage imediatamente à isso. Ela não gosta do uso dessa palavra. Mas então outra pessoa de sua organização criminosa usa a mesma palavra em seguida. Eu quero que as pessoas lutem artisticamente contra isso. Que elas reconheçam que essa palavra existe”

2 — Luke está diferente, mas reconhecível.

O Luke de Marvel’s Luke Cage é o mesmo de Jessica Jones, mas ainda assim diferente. O próprio Mike Colter falou um pouco a respeito:

“(…) Eu tenho amigos diferentes, e às vezes eu ajo diferente perto de pessoas diferentes. Às vezes você tem um tipo de humor diferente, com pessoas diferentes. Então, é o que eu acho de Luke Cage nessa história — nós falamos sobre ele ir para o Harlem. é como se ele fosse o mesmo cara que ele era em Jessica. Ele apenas está perto de pessoas diferentes”.

3 — Luke e Misty

Misty Knight é interpretada pela atriz Simone Missick. A detetive gosta de realizar o seu trabalho de acordo com as leis e à principio tem dificuldades em aceitar a ajuda de Luke, mas depois percebe que tem que formar uma parceiria com o super-herói.

“Durante um bom tempo, conforme os episódios progridem, é difícil para ela saber se Luke á parte do problema ou se da solução. Ele é bem discreto sobre suas habilidades e suas intenções. Ele não quer realmente ajudá-la por que ele não quer se envolver. Então isso cria esse choque entre os dois, que é essencialmente o pronto crucial de seu relacionamento durante boa parte da temporada. E isso piora bastante antes dela eventualmente dizer ‘Ok, eu não posso fazer isso sozinha” disse a atriz.

4 — Os vilões.

Além de do Boca de Algodão (Mahershala Ali), teremos também sua prima e vereadora da cidade, Mariah Dillard (Alfre Woodard) e Shades Alvarez (Theo Rossi) que foi comparado ao Mindinho — sim, o de Game of Thrones.

“Cheo disse que Shades é o Mindinho, para os fãs de Game of Thrones do mundo. (…) Ele é um personagem extremamente cerebral, como eu nunca interpretei antes. Eu acho que isso é o que é tão interessante.” contou o interprete do personagem.

5 — Luke Cage ainda pode ser morto.

Que o personagem é a prova de balas todos sabemos, mas alguns personagens podem ter descoberto outras maneiras de atingir o Poderoso.

“Quando você chega ao sexto episódio, Mariah tem vários cenários”, contou Coker. “Quando você começa a ver os lados mais obscuros de Mariah, ela tem vários cenários envolvendo asfixias e como você pode possivelmente escapar dela,”

Ou seja, Luke é à prova de balas, mas ainda precisa respirar.

6 — O showrunner da série quer que você leia mais.

Sim, e não os quadrinhos do Luke. A série está cheia de referencias literárias Ralph Ellison (O Homem Invisível), Richard Price, Donald Goines, e Walter Mosley.

“A boa e a má noticia sobre maratonar Luke Cage é que uma vez que você chega ao episódio 13 é isso. (…) Então, se as pessoas amarem a série, e assistirem tudo novamente, e quando elas ficarem entediadas de assistirem tudo de novo e de novo, elas vão dizer ‘Espera um minuto, que livros são esses de que eles tanto falam? Vai levar um ano até que a segunda temporada estreie. Porque eu não tento ler algumas dessas coisas?” Coker disse.

Talvez você termine de ver a série e corra até uma livraria.

7 — E escute mais músicas

Como um dos personagens da série é dono de um clube noturno, números musicais podem ser bem frequentes nos episódios. Artistas como Raphael Saadiq, Faith Evans, e Charles Bradley darão as caras no Harlem’s Paradise. E outros aparecerão na trilha sonora da série.

“Pessoas que são fãs do hip-hop vão amar a música [da série], mas pessoas que não são fãs de hip-hop também vão amar a músicas, por que ela não é somente hip-hop,” explicou o showrunner. “É também Mahalia Jackson. É também Nina Simone. É também Donald Byrd. É também John Lee Hooker — o espectro inteiro da black music.

8 — Mike Colter quase disse “não”.

Sim, Colter quase disse não ao que pode ser considerado o papel da vida dele. Sim, o ator estava esperando um filho na época em que recebeu a oferta para viver o personagem e quase declinou o convite dado as dificuldades entre passar tempo com sua família e os compromisso das gravações.

A nossa sorte foi que o ator assistiu os primeiros episódios de Jessica Jones, viu Demolidor, leu os roteiro e decidiu embarcar no projeto.

“No final do dia você quer o melhor projeto, e você quer o melhor roteirista. Você quer trabalhar com as melhores pessoas. então você não pode só dizer ‘Eu não vou fazer isso por causa desse “se”. Eu não posso viver a minha vida desse jeito. Então, eu tenho que seguir os meus instintos, e é bem difícil ignorar isso. Esse é papel grande. Eu queria ter a chance de interpretá-lo”.

Sorte a nossa, não?

Você pode conferir a lista completa no site do Rotten Tomatoes (é preciso arranhar um pouco de inglês). Os 13 episódios de Marvel’s Luke Cage estão disponíveis na Netflix e você pode contar nos comentários o que achou da série.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!