8 curiosidades históricas de The Tudors

Lançada pela Showtime em 1º de abril de 2007, The Tudors conquistou centenas de fãs pelo mundo em seus quatro anos de exibição, até o fim de sua quarta temporada, em 20 de junho de 2010. Vamos lembrar algumas Curiosidades sobre a trama de amor e poder do Rei Henrique VIII?

# A série foi produzida pela Peace Arch Entertainment para a Showtime, em associação com a Reveille Eire, da Irlanda, a britânica Working Title Films e a Canadian Broadcasting Corporation. Filmada na Irlanda, The Tudors teve seus dois primeiros episódios transmitidos pela DirecTV, Time Warner, Netflix, Verizon FiOS, além do Internet Movie Database, que disponibilizou os episódios no website oficial da série antes de sua estreia na Showtime. Mas isso não impediu a boa audiência, pelo contrário: foram os maiores índices de um piloto no canal em três anos. O sucesso do formato histórico de intrigas, sexo e poder influenciou muito na criação de The Borgias, sucessora de The Tudors na Showtime.

# Apesar das datas bem demarcadas durante a trama, o tempo é fundido de forma diferente na série. Temos a impressão de que as coisas aconteceram sucessivamente e que, na maioria dos eventos, o Rei Henrique VIII já estava com 30 anos. interpretado por Jonathan Rhys Meyers (hoje com 34 anos), o rei foi caracterizado de forma bem distinta de como o conhecemos pela história (jovem, sedutor e boa pinta, ao invés do gordo velho das pinturas). A justificativa da produção foi que, em sua juventude, Henrique VIII era considerado belo “para os padrões da época”.

# Na primeira temporada, Gabrielle Anwar deu vida à chamada Princessa Margaret, irmã do rei. A personagem, na verdade, foi uma junção das suas duas irmãs: Maria e Margarida Tudor (para evitar a confusão com a filha de Henrique VIII, Maria I da Inglaterra). Historicamente, a Princesa Maria foi casada com o rei Luís XII da França. Foi ela quem, posteriormente, se casou com Charles Brandon (Henry Cavill). Em The Tudors, Margaret se casa com um rei português, que vive apenas alguns dias até que ela o assassina durante o sono. Isso nunca aconteceu, e foi talvez a maior “licença artística” da série para fugir da história oficial.

# O manipulador Cardeal Wolsey (Sam Neill) nunca foi preso, e nem cometeu suicídio. Depois de ser acusado de traição, ele veio a morrer em 1530, três anos antes da morte da irmã de Henrique, Maria, e na série os dois eventos são justapostos. Além disso, só depois do ano 1630 é que os cardeais da Igreja Católica tiveram o tratamento de “Eminência”, como é conferido ao Cardeal Wolsey na série. Esse preciosismo linguístico também encontra crítica em The Borgias: todos os cardeais do Papa Alexandre VI, inclusive Cesare Borgia, são tratados por “Eminência”. Outra licença artística…

# Em seus quatro anos de exibição, The Tudors faturou muitos prêmios. O figurinista Joan Bergin venceu dois Emmys, em 2007 e 2008, por seu trabalho de reconstituição de época. Ao todo, o Irish Film and Television Awards premiou a série 14 vezes. A direção de arte e a trilha sonora memorável de Trevor Morris também foram lembrados pelos críticos.

# As duas primeiras temporadas da série já foram lançadas em bluray nos EUA e na Europa, mas ainda não chegaram no Brasil. Por enquanto, só é possível conferir as quatro temporadas em DVD.

# The Tudors primou pela beleza das seis esposas de Henrique VIII. A irlandesa Maria Doyle Kennedy (Rainha Catharina de Aragão) participou de Dexter e da minissérie Titanic. A bela Natalie Dormer (Ana Bolena) pode ser vista em alguns filmes e em Game of Thrones, como Margaery Tyrell. Annabelle Wallace (Jane Seymour) já deu as caras em Jericho e Pan Am. A cantora inglesa de soul Joss Stone foi Ana de Cleves, e também participou do filme Eragon. Tamzin Merchant (Catarina Howard) também foi escalada para Game of Thrones, mas por um motivo não revelado, ficou de fora da primeira temporada da série. Por fim, Joely Richardson (Catherine Parr) foi destaque em Nip/Tuck.

# Henrique VIII morreu louco em 1547, episódio retratado na última temporada da série. Curiosamente, todos seus três herdeiros passaram pelo trono inglês em pouco mais de dez anos, e os três não deixaram descendentes: Eduardo VI (filho de Jane Seymour), Maria I (filha de Catharina de Aragão, conhecida como Bloody Mary) e a famosa Elizabeth I, filha de Ana Bolena, que governou o país por 45 anos.

Lembra de mais Curiosidades de The Tudors? Deixe seu comentário, e sugestão para as próximas semanas. Até lá!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER