8 prostitutas da TV brasileira

Você está curtindo Verdades Secretas? Nós também! Mas antes de elas terem uma novela só para elas, as chamadas garotas de programa já marcaram, individualmente, outras produções da telinha. Afinal, uma das profissões mais antigas da humanidade não poderia deixar de ser representada na TV, não é? E olha que aqui no Brasil apareceu cada diva que caiu nas graças do povo: das mais econômicas (R$80/90) até as mais caras (R$300), dignidade foi o que não faltou para essas prostitutas que nós assistimos nas novelas e séries brasileiras. Se liga na Lista:

Ivete Sangalo

Maria Machadão

Comandar um cabaré de sucesso no interior da Bahia nos meados do século passado devia ser difícil, heim? Mas não para Maria Machadão, claro. A chefona das quengas do lendário Bataclan foi uma das melhores coisas da releitura de Gabriela, exibida em 2012. Mulher nordestina arretada, era umas das mais fortes e influentes personalidades de Ilhéus, sempre manjando dos conselhos e ensinamentos de vida, nos deliciando com uma belíssima história. A atuação de Ivete Sangalo arrebatou a crítica e deixou muitos fãs, até hoje, com vontade de vê-la em outra novela.

Camila Pitanga

Bebel

Favorita de 9 entre 10 brasileiros, Francisbel (Bebel é só para os íntimos) conquistou milhões de corações em 2007, na novela Paraíso Tropical. Com um equilíbrio perfeito entre o a comédia e o drama, a personagem passou por poucas e boas no calçadão — até ameaça de travesti sofreu, mas sempre pronta para continuar encarando a vida. Quem não torceu para Bebel e Olavo, né? O papel foi um presente para Camila Pitanga, que estudou muito para viver a prostituta com muita “catiguria”.

Nanda Costa

Morena

“Me responde, Morena: tu tá metida com droga? Fala a verdade, minha filha!”. Esse hino da internet jamais teria sido possível se tudo não tivesse dado errado na vida da Morena e a coitada não fosse parar na Turquia, num esquema internacional de tráfico de mulheres. A mãe batalhadora do Complexo do Alemão sofreu muito tentando fugir das garras da gangue que a enganou para só depois de muita luta voltar pra casa. Dava pena. Além disso, a escalação de Nanda Costa para o papel principal do horário nobre trouxe um ar fresco raro para o horário, que adora repetir os mesmos atores com espaços curtíssimos entre uma produção e outra.

Paola Oliveira

Danny Bond

Apesar de colecionar poucas grandes atuações na carreira, Paolla Oliveira de vez em quando recebe a chance de impressionar e a usa muito bem. Foi o que aconteceu esse ano, na ótima Felizes para sempre? de Fernando Meirelles. A prostituta de luxo Danny Bond teve altos e baixos na novela, mas sem nunca perder a pose de mulher classuda, culta e de valor. E muito valor! Apesar do show de Paolla no papel, a recordação do público se deteve a cena em que ela aparece com o bumbum de fora, que viralizou na internet — assim como o beijão que ela deu na personagem da também linda Maria Fernanda Cândido.

Betty Faria Tieta

Tieta

Revolucionária e muito a frente de seu tempo, assim como a novela de 1989, Tieta foi uma daquelas personagens que marcou a história da teledramaturgia porque, junto com o resto dos moradores de Santana do Agreste, desenhava um retrato perfeito da sociedade brasileira, ao mesmo tempo esperançoso e vergonhoso. Lutadora fiel de todos os preconceitos e hipocrisias, a mulher que Betty Faria viveu, há tantos anos atrás, faz falta no cenário real da sociedade brasileira.

Hilda Furação

Ah, esses olhos penetrantes. De vez em quando bate uma saudade da Ana Paula Arósio. Foi em 1998 que ela desabrochou para o povo brasileiro na pele da prostituta pernambucana Hilda Furacão, na minissérie homônima de autoria de Glória Perez. Um ícone da Belo Horizonte de alta efervescência sexual da década de 60, Hilda, a verdadeira, faleceu no final do ano passado, em um asilo na Argentina, aos 83 anos. Após o sucesso da série, o livro de Roberto Drummond vendeu mais de 200 mil exemplares.

Dona Beija Maite Proença

Dona Beija

Já essa aqui prefere ser chamada de “cortesã”, afinal o sucesso da extinta Manchete se passava em lá por 1800 e pouco. Em Dona Beija, Maitê Proença encantou o Brasil ao interpretar Ana Jacinta de São José, que casou-se com Manoel Fernando, grande fazendeiro de Araxá. Mas depois de ser raptada, acabou tendo que oferecer a sua “ “companhia” em troca de prata e ouro. A história toda foi baseada em fatos históricos. A novela é considerada umas das melhores de todos os tempos.

Malu Mader

Ester Delamare

Também representante dos tempos de outrora, a meretriz interpretada por Malu Mader não fez lá muito jus ao nome bíblico na hora de escolher o ganha pão, na novela Força de um desejo de 1999, exibida no horário das 18h. Toda a produção de Ester foi inspirada nos quadros da Imperatriz Sissi da Áustria, e a atriz Malu Mader teve aulas e workshops sobre o Brasil imperial, as fazendas de café e as senzalas e literatura, com foco no romantismo brasileira. Legal, não é? Com o tempo, a Ester virou uma baronesa finíssima após o romance com o personagem de Fábio Assunção.

E aí? Qual a sua favorita? Acha que esquecemos alguma? Conta pra gente aí nos comentários, o Box de Séries quer saber! Muito obrigado pela sua visita e a gente se vê na segunda que vem, certo? Até lá e uma ótima semana pra você.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER