A carnavalesca Meu Pedacinho de Chão

Desde que eu consegui um senso crítico e passei a observar com mais atenção algumas telenovelas e o texto narrativo delas, desenvolvi certa birra com alguns autores. E não foi bem uma implicância gratuita. É um pé atrás baseado em fatos. Benedito Ruy Barbosa é um deles.

Benedito Ruy Barbosa

Vejam bem! Sempre curti muito o estilo dele. Pantanal e Renascer são obras incontestáveis e que me fizeram idolatrar o trabalho do autor. Aconteceu que a repetição de alguns temas me levou a evitá-lo. A gota d’água foi Esperança. E não foi só para mim. Acostumado a escrever sozinho (tal qual Glória Perez) e não aguentando mais a pressão global, Benedito arregou. Alegando estresse, foi afastado da novela e passou o comando para Walcyr Carrasco, que tratou logo de sacramentar a desgraça.

Mas não foi só isso. No meio tempo, Benedito cometeu Mad Maria, uma minissérie pra lá de enfadonha sobre a história da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. Ou seja, tem como continuar gostando do cara?

Benedito Ruy Barbosa2

Nem ele mesmo se aturava mais quando passou o bastão para suas filhotas. As moças (to usando moça pra ser simpático, já que são duas simpáticas senhoras) adaptaram quatrocentos milhões de novelas do pai para o horário das seis e mantiveram viva a memória ruybarbosiana. Até que surgiu Meu pedacinho de chão.

Benedito Ruy Barbosa e filhas

Quando começaram as chamadas da novela, eu fui um dos primeiros a descer o pau. Poxa vida! O visual tinha tudo pra ser um tremendo fracasso. Aquele colorido exagerado, o cenário lúdico, Luiz Fernando Carvalho (conhecido por seus atrasos) geraram uma desconfiança nesse que vos fala, que tomei como medida a minha máxima: assistir pra falar mal.

E eu estava realmente pronto pra descer a lenha em Meu Pedacinho de Chão até que… eu gostei. E GOSTEI MUITO! Pensei que poderia estar com algum problema, óbvio. Mas não. Meu antigo amor por Benedito Ruy Barbosa havia voltado. E voltado com tudo. Tanto que abri os portões de casa e berrei eu te amo e vou gritar pra todo mundo ouvir. Ok, eu não fiz isso, mas poderia ter feito de tanto que amei tudo.

Roupa Sonho de Valsa

Se os figurinos inicialmente me causaram um terrível estranhamento, depois de uma semana eu já estava juntando papeizinhos de Sonho de Valsa para customizar minhas próprias roupas e confeccionar meu figurino exclusivo de Meu pedacinho de chão. Pensei, inclusive, em deixar meu cabelo crescer a la Zelão, mas não deu muito certo devido à crespidão do mesmo.

E por falar em Zelão, o que foi Irandhir dos Santos, minha gente?!? Os trejeitos, a expressão corporal mimetizando os movimentos de um cavalo. Por favor, coloquem esse homem no casting fixo da emissora porque ele merece. Desde a hermética A pedra do Reino que to fascinado por ele. Confesso que é um tipo bem exótico, bem interessante. Mas confessem: quem nunca?

Irandhir dos Santos

A trama de amor vencendo as barreiras pode até ter sido um tanto quanto pueril e simplória, mas serviu muito bem ao objetivo. Benedito voltou às pazes com as boas tramas e entregou o que pode ser considerado o futuro da novela brasileira: trama ágil e curta (apenas quatro meses), mas com qualidade (diferente de Em Família). Pena que o público não ajudou muito a audiência da novela. Mas desde quando o público serve como termômetro de qualidade? The Vampire Diaries e The Walking Dead tão aí pra provar que qualquer porcaria com cara de normalidade e sem ousadia consegue público em detrimento da qualidade.

Mas querem saber? Pouco importa. Meu pedacinho de chão é a prova inconteste de que ainda há salvação para quem quer se renovar, investir em algo diferente. Espero que o senhor Aguinaldo Silva aprenda a lição e pare de nos obrigar a engolir esse festival de clichês e de reciclagens de plot que se tornou a novela Império.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER