A deslumbrante Gillian Anderson

Ficha Corrida

Nome completo: Gillian Leigh Anderson

Idade: 44 anos

Altura: 1,60m

Signo: Leão

Estado civil: Divorciada

Tem… alergia a gatos

Já usou… piercing no nariz

A primeira musa dos nerds

Bastou sair a notícia de que Arquivo X ganharia uma 10ª temporada em formato de HQ para que os fãs de todo mundo ficassem em polvorosa com a possibilidade de rever Gillian no papel que a tornou uma estrela e que ,até hoje, quase 11 anos depois do series finale, ainda povoa os sonhos de muita gente. Mas não basta ser fã da personagem, tem que conhecer a atriz e para isso que estou aqui hoje.

Ao contrário do que muitos possam pensar, Gilliam é americana — ela nasceu no dia 9 de agosto de 1968, em Chicago — filha de Rosemary, uma analista de sistemas, e Edward, dono de uma empresa de pós-produção de filmes, que logo depois de terem a filha, se mudaram para Porto Rico e depois para Londres, onde a menina morou dos 2 aos 11 anos.

Quando voltou aos Estados Unidos, a família foi morar no estado do Michigan. Nesta época, Gillian sonhava em ser arqueóloga ou bióloga marinha, mas, sem perceber, ela foi contaminada pelo “bichinho” da atuação tão logo resolveu fazer teste para uma peça do colégio.

Lembrança de sua fase rebelde.

Mas a menina não caiu de cabeça na atuação logo de cara. Antes disso, ela teve uma fase roqueira e deixou seu pai furioso quando apareceu com um piercing no nariz. Para coroar a rebeldia, na noite da formatura, ela foi presa por invadir a escola.

As coisas ficaram mais calmas quando Gillian foi estudar teatro no prestigioso Goodman Theater da Universidade DePaul. Ao sair dali com um diploma em Belas Artes, em 1990, ela foi direto para Nova Iorque atrás de sua carreira de atriz e começou atuando na peça Absent Friends, pela qual recebeu o prêmio de revelação.

Depois de atuar em mais um espetáculo, dessa vez em New Haven, e estrear no cinema com o filme The Turning, Anderson se mudou para Los Angeles, em 1992, para tentar a sorte no cinema. Mas depois de um ano sem conseguir emprego, ela deixou o preconceito com a telinha de lado e fez uma participação em Class of ’96, na recém-inaugurada Fox.

Como resultado de sua boa performance na série, Gillian foi chamada para fazer teste para Arquivo X, mas ela só levou o papel de Dana Scully por insistência do criador Chris Carter. Os executivos da Fox achavam que Gillian era muito jovem e, por consequência, não tinha o sex appeal que eles gostariam de ver na personagem. Mas Chris ficou ao lado dela até o fim e, mais tarde, disse que se sentia orgulhoso de sua decisão todo dia.

Há muitas coisas que eu faria diferente, mas a Scully não é uma delas.”

The X Files virou um sucesso mundial e uma referência no gênero de ficção científica, catapultou seus protagonistas — Gillian e David Duchovny — ao estrelato e, durante suas nove temporadas, rendeu a ela um Globo de Ouro e um Emmy, além de diversas indicações.

Ah, o trabalho na série também lhe rendeu um marido, o assistente de direção de arte Clyde Klotz, com quem ela se casou em 1994 e teve uma filha, Piper Maru, afilhada de Chris Carter, que batizou um dos episódios de Arquivo X com seu nome (3×15). O casamento, porém, acabou em 1997.

Mesmo com as exaustivas horas de gravação, Gillian conseguia dar as caras no cinema de vez em quando, e eu não estou falando da adaptação de Arquivo X para o cinema. Entre 1993 e 2002, ela fez Sempre Amigos com Sharon Stone, Corações Apaixonados com Sean Connery, além de ter participado de Os Simpsons Frasier.

Passeando com a filha mais velha.

Com o fim da série em 2002, Gillian resolveu mudar de ares e voltou para Londres, onde ficou em cartaz no teatro de novembro a fevereiro do ano seguinte com o espetáculo What Night is For. Durante os anos seguintes, ela participou de várias peças e se envolveu com algumas causas beneficentes, retornando a TV apenas em 2005, com a minissérie Bleak House, pela qual ela foi indicada aos prêmios BAFTA, Globo de Ouro e Emmy.

Enquanto isso, em sua vida pessoal, Gillian discretamente se casou novamente, dessa vez com o jornalista e documentarista Julian Ozanne em dezembro de 2004. Em abril de 2006, os dois anunciaram a separação e, sete meses depois, ela dava a luz a Oscar, filho do novo namorado, o empresário Mark Griffiths. Os dois tiveram mais um filho, Felix, em outubro de 2008 e, ano passado, anunciaram a separação depois de seis anos juntos.

Entre os destaques de sua carreira pós-Bleak House, podemos listar os filmes O Último Rei da Escócia, Arquivo X: Eu Quero Acreditar, Um Louco Apaixonado e O Retorno de Johnny English; as séries Any Human Heart, Moby Dick, Great Expectations e The Fall e o espetáculo A Doll’s House.

E enquanto todos aguardam ansiosos para saber se a HQ de Arquivo X vai sair do papel e ganhar as telinhas ou as telonas, Gillian tem mais três filmes no forno: a ficção científica I’ll Follow You Down, a dramédia Mr Morgan’s Last Love e a comédia The Curse of the Buxom Strumpet, além de uma participação na aguardada série da NBC, Hannibal. Uma overdose para deleite dos fãs.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!