A durona Sarah Wayne Callies

Ficha Corrida

Nome completo: Sarah Anne Callies

Idade: 33 anos

Signo: Gêmeos

Altura: 1,75m

Estado civil: Casada

Adora… cozinhar

Passatempo: Jogar xadrez

Curiosidade: Tem uma borboleta azul tatuada na barriga, que pode ser vista de relance no 2º episódio de The Walking Dead

Esta é a sua vida

Sarah, que trocou o Anne pelo Wayne — o sobrenome de solteira de sua mãe, nasceu no dia 1º de junho de 1977 em La Grange, no estado americano do Illinois e se mudou para Honolulu, no Havaí, com sua família quando tinha apenas um ano de idade, por conta da morte de um familiar. Ela é filha de dois professores universitários, sendo seu pai professor de Direito e sua mãe professora de Inglês na Universidade do Havaí.

Desde criança, Callies expressava grande interesse em atuar, participando de várias peças escolares na Punahou School, como As You Like It, uma obra de Shakespeare. Porém, mesmo decidida a seguir a carreira de atriz, ela não deixou os estudos de lado e, ao terminar o colégio, mudou-se para Hanover, New Hampshire, para estudar na Faculdade Dartmouth. Em 1999, ela se formou em Estudos Feministas e Estudos Indígenas. E ela continuou estudando, dessa vez no Teatro Conservatório Nacional de Denver, onde obteve seu Mestrado em Belas Artes em 2002.

Antes de se jogar de cabeça em sua carreira, Sarah casou-se no dia 21 de junho de 2002 com Josh Winterhalt, que ela conheceu na faculdade. Os dois continuam juntos até hoje e são papais orgulhosos de Keala, uma menininha que nasceu em julho de 2007.

Logo depois do casório, os dois se mudaram para Nova Iorque, onde Callies conseguiu seu primeiro papel na série Queens Supreme, um drama de tribunal da CBS estrelado por Oliver Platt (The Big C). Infelizmente, a série não passou de seus 13 episódios iniciais (sendo os 3 primeiros exibidos ainda em 2003 e os 10 últimos só a partir de maio de 2007).

A seguir, depois de uma participação especial em Law & Order: SVU, Sarah já tinha emprego garantido novamente na série Tarzan, que estreou na fall season de 2003. Nela, a atriz interpretava a detetive do Departamento de Polícia de Nova Iorque Jane Porter, interesse romântico do personagem-título. Porém, a ideia de atualizar a clássica história do menino criado na selva foi um mega fracasso e a série acabou sendo cancelada depois de 8 episódios.

Não estava nada fácil para Sarah encontrar um veículo para mostrar seu talento. No período seguinte, ela fez apenas um filme para TV chamado The Secret Service e uma participação especial na série Numb3rs. Mas sua vida estava prestes a mudar…

Em 2005, Sarah foi contratada para viver Sara Tancredi, uma médica de uma penitenciária de segurança máxima em Prison Break. A série, que girava em torno do minucioso plano de fuga arquitetado por Michael Scofield para salvar seu irmão da pena de morte por um crime que ele não cometeu, logo transformou-se em um fenômeno de crítica e público. Para viver o papel, Sarah conversou com um médico que trabalhava em uma penitenciária e visitou uma prisão de segurança máxima, onde, em suas palavras, ela desenvolveu muita compaixão pelas pessoas que estão lá.

Se eu estivesse procurando por uma babá, Britney não seria a primeira pessoa para quem eu ligaria.

Para dar mais credibilidade a sua personagem, ela sugeriu aos roteiristas que lhe dessem um problema com álcool ou drogas. Assim, quando eles acataram sua ideia, ela conversou com profissionais e leu o livro Junkie como preparação. Ela também disse que viu o filme Réquiem para um Sonho. [Aviso: há spoilers de Prison Break a frente].

Entretanto, nem tudo foram flores para ela em Prison Break. Apesar da série ter colocado a atriz na lista A da TV americana, ao término da segunda temporada, ela foi demitida da produção. Há muitos rumores em torno do assunto, mas a maioria deles gira em torno de uma suposta renegociação salarial exigida por Sarah e não aceita pelos executivos da Fox. Para explicar sua ausência, sua personagem acaba sendo morta no começo da terceira temporada, tendo sua cabeça cortada, o que causou furor nos fãs que torciam para que ela e Michael ficassem juntos.

Só que em Hollywood nem a morte é definitiva e depois de todo alvoroço causado por sua saída, os produtores, vendo a audiência da série cair vertiginosamente, a chamaram de volta para quarta temporada, inventando que sua morte tinha sido uma armação da Companhia. Assim, ela completou a jornada com o restante do elenco e ainda participou do filme Prison Break: The Final Break, que fechou a série em 2009.

Por falar em filme, a carreira de Sarah no cinema é bastante tímida. Ela fez sua estreia na telona em 2006 com A Profecia Celestina, um drama de aventura baseado na obra de James Redfield. Em 2007, ela estrelou o suspense Reféns do Mal, ao lado de Josh Holloway (Lost) e, um ano depois, fez o drama Bittersweet.

Este ano, antes de estrear em mais uma série de sucesso, Sarah fez uma participação em House e o filme para TV Tangled. Atualmente, ela é uma das estrelas de The Walking Dead, uma das séries mais comentadas do momento, que mostra uma invasão zumbi que devastou os Estados Unidos.

Por ter crescido no Havaí, Sarah se considera um havaiana de coração e até fala um pouco da língua indígena do lugar. Ela também gosta de sua música, além do tango argentino. Quando não está trabalhando, ela passa a maior parte do seu tempo em casa com seu marido e paparicando sua filhinha.

E se por um lado The Walking Dead está chegando ao fim, em breve, Sarah poderá ser vista em três filmes: no drama Lullaby for Pi ao lado de Forest Whitaker (O Último Rei da Escócia), no thriller Faces in the Crowd, com Milla Jovovich (Resident Evil) e Julian McMahon (Nip/Tuck) e em Black Gold, drama estrelado por Billy Zane (Samantha Who?). Será que agora sua carreira no cinema deixa de ser tímida?

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!