A espiã letal de La Femme Nikita

Muita gente não sabe, mas a assassina Nikita do canal The CW não foi a primeira, e sim um remake. Chocados? Aposto que não tanto, pois a original, La Femme Nikita, não tem tanto tempo assim — tá, só uns 15 anos… — e foi um grande sucesso mundial, inclusive no Brasil.

Canadense, La Femme Nikita foi produzida pelo canal CTV e teve co-produção da americana Warner. A série foi exibida entre 1997 e 2001 e teve um total de cinco temporadas, com 96 episódios. Baseada no filme francês Nikita, de 1990, do diretor Luc Besson, a história girava em torno de uma Nikita loira (Peta Wilson, a Mina Harker do filme A Liga Extraordinária), uma jovem moradora de rua que injustamente é acusada, julgada e condenada à prisão perpétua pela morte de um policial.

Diferentemente do filme original, em que a moça é culpada de verdade, na série ela é inocente. Mas, uma organização secreta de combate ao crime chamada Seção Um acredita na culpa de Nikita e então a recruta para torná-la uma agente assassina. A jovem, então, é forçada a matar à sangue frio e a obedecer a Seção Um, sob ameaça de ser ela mesma morta (ou ‘cancelada’). O principal conflito da personagem nasce aí: ser uma espiã letal e ao mesmo tempo manter sua integridade moral.

Paralelamente à nova vida, Nikita se envolve amorosamente com seu mentor, o ambicioso e frio Michael Samuelle (Roy Dupuis). Muitas vezes Michael parece desprovido de emoções, mas tudo é fruto do ressentimento pela morta da esposa, Simone, que também era agente da Seção Um.

A relação entre Nikita e Michael não é bem vista na organização, principalmente para a líder Madeline (Alberta Watson, de volta no remake de 2010 como a senadora Madeline Pierce), que chega a fazer uma lavagem cerebral na agente para que ela esqueça suas emoções. Desse nível.

Também faziam parte da Seção Um os agentes Operations (Eugene Robert Glazer), que desconfia de Nikita o tempo todo e inclusive tenta matá-la; Seymour Birkoff (Matthew Ferguson, Odd Job Jack), o nerd da organização e apaixonado por Nikita; e Walter (Don Francks), o mais velho da Seção Um, se torna amigo e confidente da jovem espiã e a ajuda a esconder de todos o relacionamento com Michael.

La Femme Nikita foi criada por Joel Surnow, também um dos criadores de 24 Horas. Foi um grande sucesso mundial e sua trama de espionagem foi exibida em diversos países, inclusive no Brasil — nos canais pagos Warner Channel e A&E e nas madrugadas da Rede Globo.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER