A excêntrica Hart of Dixie

Há quem renegue determinadas séries por considerá-las inferiores, já que, segundo essas mesmas pessoas, elas não apresentam diversas nuances complexas em cada pedaço da trama. São pessoas que se acham a última bolacha do pacote porque assistem aquelas produções que a grande massa não vê. Não há problema nenhum em assistir esse tipo de série, mas tem hora que precisamos deixar os rótulos — e preconceitos — de lado, para simplesmente assistir algo que fará o dia mais feliz. E é sobre uma série assim que falaremos aqui.

Hart of Dixie, apresentada pela CW, conta a história da Zoe Hart (Rachel Bilson), recém-formada em medicina e que, ao não conseguir bolsa de residência para ser cirurgiã cardíaca, vai trabalhar em uma pequena clínica em Bluebell, Alabama. E um dos grandes destaques da série é justamente toda a situação cômica gerada pela mudança de Zoe, já que ela está acostumada à grande metrópole que é Nova Iorque.

A verdade é que é impossível não se apaixonar por Bluebell e suas peculiaridades. Apesar de pequena, essa é uma cidade recheada de eventos — uns bem estranhos, é verdade -, e que sempre tem alguma coisa nova a apresentar. E é através do olhar, muitas vezes de estranheza, de Zoe Hart, que vamos nos adaptando a esse lugar tão diferente. E, semanalmente, o bar e restaurante Rammer Jammer torna-se o nosso ponto de encontro com essas pessoas tão interessantes.

hart of dixie

Mais do que isso, fica claro como essa experiência vai mudando Zoe não só como pessoa, mas como profissional também. Ao trabalhar em uma cidade em que todos se conhecem pelo nome, ela adquire a capacidade de ser uma médica mais humana e mais preocupada com a pessoa que está ali, que é cheia de histórias e sentimentos. Acostumada a lidar friamente com os casos que atende, Bluebell dá a Zoe a sensibilidade e o verdadeiro cuidado com o outro. Nesse aspecto o roteiro consegue ser bem-sucedido em mostrar essas mudanças nas mínimas atitudes, e sem perder a leveza e o humor característicos.

Outro ponto positivo da série é a química entre os atores principais, o que ajuda a tornar a história ainda mais envolvente. Conhecemos, assim, George Tucker (Scott Porter), advogado e garoto de ouro da cidade, que é a primeira pessoa que Zoe conhece ao chegar em Bluebell. Temos também Wade Kinsella (Wilson Bethel), barman do Rammer Jammer, que tem as melhores tiradas de humor da série, e Lavon Hayes (Cress Williams), ex-jogador de futebol americano e prefeito de Bluebell. Para completar, conhecemos Lemon Breeland (Jaime King), a figura mais excêntrica da cidade, uma verdadeira socialite do interior, e seu pai, Brick Breeland (Tim Matheson), que é médico e trabalha na única clínica da cidade, para onde Zoe foi (nem precisa dizer quantos conflitos acontecem por causa disso, né?).

Conforme o tempo vai passando, fica claro que por mais estressante possa ser estar num lugar diferente, onde todo mundo faz questão de te mostrar que você não faz parte dali, Zoe vai percebendo que tem muito mais em comum com essas pessoas do que imaginava. Para os telespectadores, fica claro que muita história interessante pode sair de uma série que tem um elenco tão afiado. Conforme vamos acompanhando a história, cresce a vontade de conhecer de perto cada parte da vida dessas pessoas, missão que o roteiro também cumpre muito bem.

E há muitos aspectos da história que podemos relacionar com nossa vida. Hart of Dixie fala de adaptação a situações, lugares e pessoas diferentes. Ela fala sobre sair da nossa zona de conforto e dar uma chance ao novo — seja um cidade, novos amores ou outras amizades. Mas ela nos lembra, principalmente, que precisamos levar a vida de forma menos dura, pois de situação aparentemente negativa pode vir muita coisa boa. E, assim como Zoe, podemos também nos apaixonar e nos adaptar ao que, inevitavelmente, mudou.

Hart of Dixie é uma série leve, engraçada e bem dinâmica. Para quem gosta de comédia, mas com aquela pitada de drama e romance, ela é ideal. E para aqueles que torcem o nariz e se julgam superiores porque assistem séries super cabeça, uma dica: desça do salto e permita-se um momento de alegria.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER