A inesquecível Joan Rivers

Joan Rivers

Nome inteiro: Joan Alexandra Molinsky

Idade: 81 anos

Signo: Virgem

Número de plásticas: mais de 700 (!)

Apareceu nas séries: Nip Tuck e The Muppets

Trabalhou: como guia turística no Rockefeller Center, em Nova Iorque

O motivo desse Perfil infelizmente não é nenhuma premiação, nenhum teaser revelador ou uma confirmação de elenco. Será uma humilde homenagem a diva Joan Rivers, aquela que mudou meus conceitos sobre humor e sobre moda, principalmente no Tapete Vermelho.

Não importava a festa e nem o prêmio, sempre existia algum comentário ácido a ser feito. Inclusive, o duplo Fashion Police sobre VMA e EMMY duas semanas atrás foi memorável, nada nem ninguém estava a salvo de suas observações indelicadas (Amber Rose que o diga). Sabe aquilo tudo que nós mortais pensávamos sobre os looks e não tínhamos coragem de dizer em voz alta? Joan falava. Não importava se era Versace, Dior ou Oscar de la Renta, a mulher não tinha filtro.

Eu aprendi a não ter nenhum arrependimento sobre as piada que já fiz.”

A filha de imigrantes russos, Joan Alexandra Molinsky nasceu em 1933, no Brooklyn, Nova York. Era a mais nova de duas filhas, e seu pai era um médico conhecido pelo grande senso de humor. Tava no sangue, não é mesmo?

Divas: Joan e Miss Piggy!

Joan estudou na Barnard College, onde começou a se interessar por atuação. Já nos primeiros anos, apareceu em várias produções do campus. Após a formatura, no entanto, Rivers abandonou seus sonhos de ser um artista para seguir uma carreira mais “prática”. Ela passou a trabalhar em uma famosa cadeia de lojas e, eventualmente, se apaixonou pelo filho do proprietário.

Tudo bem que a relação não durou e seis meses depois do casamento eles terminaram, mas essa paixão repentina deu as forças ou motivos para que Rivers voltasse aos palcos! Determinada a ter sucesso, fez diversos testes e chegou a fazer algumas pontas em peças pequenas, aonde chegou a contracenar com a, até então desconhecida, Barbra Streisand!

Eu já fiz tantas cirurgias plásticas, que quando eu morrer meu corpo será doado para Tupperware.”

Algum tempinho depois, quando se tornou evidente que a atuação não era o seu forte, Rivers mudou seu foco para a comédia e passou os sete anos seguintes fazendo pequenas apresentações de clubes de humor de Nova York.

Não foi um inicio muito glamuroso, mas foi extremamente importante profissionalmente! Seus anos como um performer nos cafés e bares de Greenwich Village deram a Rivers a experiência que ela precisava. Depois de alguns anos, em 1965, sua grande oportunidade finalmente surgiu: uma apresentação no The Tonight Show Starring Johnny Carson! Era o empurrão que faltava para lançar sua carreira nacionalmente!

Joan & Carson: um caso de amor e ódio

Dali em diante, a moça só cresceu. No final da década de 1960, Rivers já tinha o seu próprio programa chamado That Show, que contou com convidados como Florence Henderson, Soupy Sales e Jerry Lewis. Ela também continuou a aparecer no programa de Carson, bem como The Ed Sullivan Show. Em pouco tempo, Rivers tornou-se um nome familiar nos Estados Unidos!

Aproveitando a boa fase, Rivers explorou um pouco de tudo em Hollywood. Fez mais um tentativa no cinema com uma ponta no filme O Nadador, e nos bastidores, Joan co-escreveu um filme para televisão chamado The Girl Most Likely To e depois dirigiu seu primeiro longa, Rabbit Test (1978), estrelado por Billy Crystal. Nada mal pra quem estava estreando né?

Em 1983, Rivers era a atração principal de Las Vegas, tinha uma indicação ao Grammy e dois livros best-sellers. Como se não fosse o suficiente, nesse mesmo ano, Joan se tornou convidada permanente no The Tonight Show Starring Johnny Carson. Tudo estava uma maravilha, até que a FOX ofereceu a Joan o seu o seu próprio talk-show!

Eu aprendi com o meu querido Johnny Carson que não importa o tipo de amizade que você mantém com seus colegas de trabalho, na hora que as coisas vão mal, tudo é apenas uma questão de negócio.”

E é claro que a moça aceitou, tornando-se concorrente direta do seu amiguinho Carson. De acordo com Rivers, ele ficou tão furioso com sua decisão de deixar o seu show sem consultá-lo, que ele nunca mais falou com ela novamente! E acho que a fúria de Carson não ficou apenas no âmbito pessoal, a série de Joan, intitulada The Late Show Starring Joan Rivers, foi cancelada após uma única temporada: Joan ficou sem contrato e sem propostas para se apresentar em cadeia nacional. E como miséria pouca é bobagem, no mesmo ano Joan perdeu seu marido e produtor, Edgar Rosenberg, depois de 22 anos juntos.

Fashion Police: muito amor!

Depois de um merecido descanso, Joan voltou mais determinada do que nunca para Nova York, onde começou a reconstruir sua vida e carreira. Em 1989, ela produziu e lançou seu próprio talk-show. De volta televisão, Joan logo ganhou seu primeiro Emmy e uma estrela na Calçada da Fama (1990)! Mais tarde, em 1994, ela co-escreveu e estrelou a peça Sally Marr…and Her Escorts, que lhe rendeu uma indicação ao prêmio Tony de melhor atriz.

Além de apresentadora, comediante, roteirista e atriz, Rivers também se consagrou como comentarista de entretenimento, participando o programa Live from the Red Carpet, do E!, por 8 anos seguidos. Sua personalidade forte e seus comentários politicamente incorretos rendem ainda a criação de seu próprio reality show, Joan & Melissa: Joan Knows Best?, e do maravilhoso Fashion Police, o qual apresentava desde 2010.

Tentando não me alongar mais e terminar o texto de maneira digna, cito a comediante Kathy Griffin: “Joan Rivers foiuma lenda, uma mentora, um ícone, e selvagemente engraçado. Única”

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER