A instigante trilha sonora de True Detective

Olá, pessoal!

Neste fim de semana nos despedimos da segunda temporada de True Detective, e mesmo que muita gente não vá sentir falta da cidade de Vinci e de seus policiais, a trilha sonora foi um dos elementos que marcou este ano.

Com colaboração ativa da cantora e compositora Lera Lynn, a soundtrack manteve a qualidade do ano de estreia, e conseguiu acompanhar bem a tonalidade que a série teve com seu novo cenários e com os novos personagens.

Para fechar com chave de ouro, a Trilha Sonora desta semana elencou algumas das canções que certamente ficarão na memória de quem assistiu ao segundo ano de True Detective — e se você é fã de novidades, vem com a gente que hoje nossa playlist está repleta delas.

Nevermind (Leonard Cohen)

Aberturas tem que nos marcar de alguma forma, e a segunda temporada conseguiu fazer isso com Nevermind. Da letra à melodia, tudo remete ao tom mais sombrio que True Detective tem.

My Least Favorite Life (Lera Lynn)

A maioria das cenas de Frank e Ray eram bem envolventes por conta das músicas que tocavam ao fundo, como My Least Favorite Life, cantada por Lera Lynn quando os dois conversam no bar no episódio The Western Book of the Dead.

All The Gold In California (Nick Cave)

Muita coisa pode ter mudado na segunda temporada, mas uma permaneceu quase intacta: a qualidade das músicas de encerramento. Esse foi o caso de All The Gold In California, na voz de Nick Cave, que finaliza a season premiere, e dá aquele gostinho de quero mais.

I Pity the Fool (Bobby Bland)

Num clima de suspense, I Pity the Fool embala a cena em que Ray é alvejado enquanto investiga o chalé de Ben Caspere, no episódio Night Finds You. Um toque bem sutil para a dúvida macabra se Velcoro tinha sobrevivido ao ataque.

A Church In Ruins (Lera Lynn)

A Church In Ruins foi tão importante para a trama que, além de emprestar o nome para um dos episódios, aparece em três momentos diferentes, entre elas no season finale.

It Only Takes One Shot (Lera Lynn)

Um dos momentos de maior adrenalina no segundo ano de True Detective veio com o quarto episódio, Down Will Come. O tiroteio dos policiais contra a gangue de Ledo Amarilla foi finalizado ao som de It Only Takes One Shot.

Human Being (New York Dolls)

Para terminar, Human Being conseguiu traduzir quem era Ray Velcoro. No episódio Church in Ruins, a música toca na cena em que o policial está numa espécie de processo de autodestruição, se drogando e bebendo enlouquecidamente.

Curtiu outras músicas que não entraram na seleção? Compartilha aí com a gente nos comentários. Não deixe de acompanhar nossas reviews, clicando aqui.

Até semana que vem!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

A Fazenda voltou e o que esperamos? Memes! Mas será que os novos memes superam estes??? Clique e assista agora.

Será que você sobreviveria em American Horror Story 1984? Assista ao vídeo e prepare-se para a nova temporada.

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER