A invasão dos Monstros

A Família Addams

Não faz pouco tempo que eles começaram a invadir as telas de TV, como alguns podem até imaginar. Lá pelas décadas de 50 e 60 Os Monstros vieram acompanhados d’A Família Addams. Mas, de boa, aqueles franksteins, vampiros, lobsomens e bruxos eram tão assustadores quanto um filme tosco de Zumbi — aliás, essa é a comparação perfeita afinal é impossível assistir a um filme desses e não rir tanto quanto vendo estas séries.

E mesmo com estes exemplos das antigas, talvez você só se lembro dos monstros que vieram com Buffy, Angel e talvez Arquivo X. Não quero desdenhar estas séries, mas esses eram monstros bizarros. Eram apenas monstros da semana. O marco da retomada mesmo (ainda que miado) é Moonlight (2007), cujo protagonista é um vampiro — nada demais, apenas o necessário para arrebatar um base de fãs sólidas que protestou pra cacete quando a série foi cancelada. Vai ver série de monstro? Então pula essa…

Mas vale saber que é mais fácil matar um vampiro do que cancelar uma série sobre eles sem fazer barulho. Lembro até hoje do inferno na Terra quando cancelaram essazinha. Uma drama… Mas olha, mais drama do que ver Crepúsculo três vezes no mesmo dia. Vampiro combina com drama, né?

Em 2008 sai da Inglaterra Dead Set, série de terror que traça um paralelo entre assistir Big Brother e ser um Zumbi, afinal é tudo a mesma coisa. Mas a série foi genial justamente por colocar os personagens dentro de uma edição do Big Brother Britânico! E a tensão se estabeleceu quando os guerreiros enclausarados mais espiados da ilha receberam a visita ensaguentada de uma produtora sobrevivente que gritava as novas e chocantes notícias. Seria verdade?

No mesmo ano, um pouco mais cedo e do outro lado do oceano, nascia o que vinha sido especulada como a nova promessa de Alan Ball (criador de Six Feet Under), a série True Blood, baseada na saga de livros vampirescos de Charlaine Harris. Sua protagonista, uma telepata caipira que se apaixona por um vampiro e acaba se tornando a principal vítima de um serial-killer vampirofilofóbico — e aí está o toque de mestre afinal tanto Harris quanto Ball conseguiram transpor a essência monstruosa que está presente em todo ser humano, o preconceito.

No final, é disso que True Blood fala, muito mais até do que sobre vampiros. E assim, tô falando de vampiros de verdade, não essa coisa teen mirrada que é Vampire Diaries, que de uma hora para a outra virou a nova série do momento — gente, hello! Season finale não garante temporada. Quero só ver a palhaçada que vai ser o segundo ano desta série.

E se você achava que a cota de monstros na TV já estava esgotada, senta lá Claudia! 2010 é o ano em que eles invadirão as telas com ainda mais sede de sangue. Esqueça os vampiros família dos anos 50/60 — monstro que é Monstro não tem família, tem bando!

Deixe de lado o cenário do Big Brother Britânico, afinal uma infestação de zumbis numa ilha pode ser controlado até com certa facilidade. Imagine isso em proporções continentais!É o que The Walking Dead promete nos entregar. Baseada nos quadrinhos de 2003 (EUA) lançados pela Image Comics em preto e branco, esta contará basicamente o que Robert Kirkman e o desenhista Tony Moore (substituído por Charlie Adlard a partir do número 7) mostraram na HQ: a história de um grupo de pessoas tentando sobreviver em um mundo onde a maioria se tornou Zumbis.

Tudo bem que pelo que escrevi, zumbi nem é novidade nesta última década da TV. Mas Dead Set deixou uma vontadinha que essa tal de Walking Dead pode com certeza suprir. Aliás, essa já é a série que eu mais quero ver no mundo!

Ah! E esqueça também qualquer guri de 9 anos que tenha orelhas pontudas, dentes pontiagudos e mais pelos do que seus amiguinhos de escola. As crianças andam tão precoces que isso pode até ser puberdade antecipada provocada por ondas elétromagnéticas geradas por roteadores wifi — ou você achou que eu iria usar uma desculpa esfarrapada de fonte mágica luminosa para explicar um fenômeno tão inexplicável?

Uma criança peluda não será monstruosidade perto dos lobsomens que veremos na temporada 3 de True Blood. Ou não, né? Afinal não há monstros mais bonitos do que os dessa série. Não basta ser lobsomem, tem que ser gostoso. Pensando no elenco da série tem gente que pode até achar gostoso ser ‘comido’ por um monstro. huahuahauhau

Voltando ao foco, pode fazer seu check list! Existe ainda um monstro que você não viu nas telas da TV? Só em Lost tivemos duas múmias… Ok, falta um monstro do lago, mas tirando ele… Done! Se existe outro, é porque este monstro é que não existe. Portanto, para de inventar moda e faça como eu: conte nos dedos quantos dias faltam para todo terror invadir a sua casa. A Fall Season mais medonha está para chegar — e nem tô falando da programação do CW!

O pior é que você vai gostar!!!

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!