A nada mole vida em My So-Called Life

Em 25 de agosto de 1994 estreava nos Estados Unidos My So-Called Life, série que viria a ser um fracasso de audiência, mas que marcaria a TV por revolucionar o formato teen até então predominante nos seriados americanos. E por isso, ela está aqui essa semana no Box Fechado!

My So-Called Life teve apenas uma temporada, totalizando 19 episódios — muito bem produzidos, por sinal. A série da ABC foi inovadora por tratar de temas como álcool, drogas e sexo na adolescência com inteligência. Considerando que estamos falando dos anos 90, era raro uma série voltada para adolescentes abordar essas questões polêmicas e os dramas relacionados à elas de forma realista.

A história gira em torno de Angela Chase (Claire Daines, Romeu & Julieta), uma garota de 15 anos que não vê muito sentido no mundo e na vida, e é confusa como a maioria dos adolescentes. Por isso mesmo, na tradução, o título da série é Minha Vida de Cão.

Não há uma trama específica, a série é basicamente sobre Angela, seus amigos e sua família. Os coadjuvantes, aliás, são sensacionais. Seus pais Patty (Bess Armstrong, a Lydia James de One Tree Hill) e Graham Chase (Tom Irwin, Saving Grace), assim como a irmã mais nova Danielle (Lisa Wilhoit), eram presenças constantes nos episódios. O que se diferencia muito das séries que vemos atualmente, nas quais a família aparece em um episódio ou outro.

Os amigos de Angela eram Rayanne Graff (A.J. Langer, Eyes), Rickie Vasquez (Wilson Cruz) e Sharon Cherski (Devon Odessa). Rayanne era problemática e sempre se sentia melhor quando estava na casa de Angela. Já Rickie era assumidamente gay e precisava lidar com o preconceito. Angela tinha uma paixão adolescente também. Ele era Jordan Catalano, interpretado por Jared Leto (vocalista da banda 30 Seconds to Mars), que fez muitas garotas suspirarem na época.

Não podemos deixar de dizer que Rickie foi o primeiro personagem homossexual assumido de série adolescente, o que causou muita polêmica na época e, com certeza, uma das características que torna My So-Called Life tão importante.

A série foi cancelada em janeiro de 1995 devido à baixa audiência, mas dizem por aí que a culpa mesmo é de Claire Daines, que após iniciar carreira no cinema, desistiu da TV. Com sua desistência, My So-Called Life não teve um final.

Como a série se tornou um objeto cult anos depois de encerrada, nada melhor do que terminar a coluna com uma cena do episódio 15, So-Called Angels, um dos mais tocantes. É um episódio natalino e dá para ver todas as partes no Youtube.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!