A neurótica Julia Louis-Dreyfus

Ficha Corrida

Nome completo: Julia Elizabeth Scarlett Louis-Dreyfus

Apelido: Little Yum-Yum

Idade: 49 anos

Signo: Capricórnio

Altura: 1,59m

Estado Civil: Casada

Fluente em: Inglês e francês

Curiosidade: Na TV, interpretou três personangens com nomes parecidos — Ellie, Elaine e Eileen

Esta é a sua vida

Julia Louis-Dreyfus nasceu no dia 13 de janeiro de 1961 em Nova Iorque, filha de Gerard Louis-Dreyfus, um bilionário francês, e Judith, escritora. Além de rica, a família de Julia também faz parte da história, já que seu avô, Pierre, foi membro da Resistência Francesa durante a Segunda Gerra Mundial.

Os pais de Julia se separaram apenas um ano depois de seu nascimento e quando ela tinha 8 anos, sua mãe se casou com L Thompson Bowles, reitor da George Washington University Medical School.

Por conta do envolvimento de seu padrasto no Projeto HOPE, Julia passou sua infância em várias cidades e países, tão diferentes quanto Sri Lanka, Colombia e Tunísia. Ela se formou no colégio em 1979 no estado de Maryland e, mais tarde, foi para Northwestern University em Illinois para estudar teatro.

Lá, ela conheceu seu marido, o também ator e escritor Brad Hall, com quem se casou em 1987 e teve dois filhos, Henry e Charles. Depois de três anos estudando, ela resolveu largar o curso para seguir sua carreira de atriz. Em 2007, porém, ela recebeu um diploma honorário de Doutora em Artes.

Em 1982, Julia e Brad entraram juntos para o cast do Saturday Night Live, programa famoso por ser o berço de inúmeros comediantes. Julia tem dois “títulos” interessantes no programa: ela e seu então namorado foram o único casal a fazer parte do elenco de SNL e ela foi a primeira mulher a retornar ao programa como host. Também foi lá que Julia conheceu Larry David, que mais tarde, seria o co-criador de uma famosa sitcom que tornaria Julia conhecida no mundo todo. Ela saiu do programa em 1985.

Julia começou sua carreira no cinema um ano depois com um pequeno papel em Troll, novamente atuando ao lado do marido, e logo depois apareceu em Annie Hall de Woody Allen. Desde então, fez vários filmes, mas nenhum de grande repercussão ou bilheteria.

Eu não sou alguém que realmente acredita em maldições, mas amaldiçoe isto, baby!

(ao receber seu Emmy por Old Christine)

Depois de algumas participações especiais em séries e ter um papel recorrente na sitcom da NBC Day by Day, chegou o grande momento de sua carreira. Em 1990, seu amigo Larry David e Jerry Seinfeld a convidaram para viver Elaine Benes em Seinfeld. Na verdade, seu papel não existia, tanto que ela não aparece no piloto, motivo que a fez nunca assistir ao episódio por mera superstição. Porém, a dupla achou que precisavam de um toque feminino no elenco e foi assim que Julia se tornou uma celebridade da noite para o dia e ganhou inúmeros prêmios, como o Globo de Ouro em 1994 e o Emmy em 1996.

Depois de 9 anos de sucesso em Seinfeld, Julia começou uma nova sitcom na NBC chamada Watching Ellie, que durou apenas 2 temporadas. Foi aí que começou a tal “Maldição de Seinfeld”, um termo aplicado aos atores da série que pareciam incapazes de encontrar sucesso em outros papéis.

Mas como Julia disse ela não acredita em maldições, e depois de participações especiais em Arrested Development, ela foi escolhida como a estrela de The New Adventures of Old Christine, em 2006, série que obteve sucesso de público e rendeu a Julia seu segundo Emmy, exatamente 10 anos depois de sua primeira vitória.

Em 2009, ela se reuniu ao elenco de Seinfeld para um episódio especial de Curb Your Enthusiasm, a nova série de Larry David. O episódio foi altamente aguardado por todos os fãs da antiga sitcom e ganhou até as capas de revistas especializadas. E o episódio não desapontou, trazendo um tipo de series finale alternativo para Seinfeld, já que o primeiro não agradou muito.

Em maio deste ano, Julia ganhou sua estrela na Calçada da Fama e compareceu a cerimônia de inauguração com o amigo Jason Alexander, o George de Seinfeld. O nome da atriz, porém, foi escrito errado — Julia Luis Dreyfus — mas isso já foi prontamente corrigido.

Depois que Old Christine foi surpreendentemente cancelada — o que rendeu aqui no Box o prêmio de “Pior Cancelamento — A gente queria mais, emissora” no Lisa Rinna Awards — ela juntou-se ao elenco da web series Web Therapy, estrelada Lisa Kudrow, como a medíocre terapeuta que dá consultas online. Julia interpreta Shevaun, a irmã do personagem de Kudrow, Fiona, que também é terapeuta. Web Therapy irá ao ar no canal Showtime em 2011, mas ainda não sabemos se Dreyfus vai continuar a estrelar a série, uma vez que novos episódio forem produzidos para TV.

A gente espera que sim, afinal Julia na TV é garantia de diversão!

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!