A Regra do Jogo — Semana 2×7–12

A Regra do Jogo, em sua segunda semana, mostra bom ritmo e ótimas sequências.

Matar? Matar qualquer peão mata! Eu trabalho com inteligência, minha ficha é limpa, tenho moral, tenho moral na cidade! Eu chego no banco, no meio do assalto e a policia me ajuda a entrar no banco, tá? O jornalista, eu chego lá e o cara abre a porta pra mim!” RÔMULO, Romero

Nomes dos capítulos: O Peso de uma Dúvida, Infiltrado, Queima de Arquivo, Muito Prazer, Lobo no Galinheiro, Saudade é Pros Fracos.

A segunda semana pode ser vista ainda como uma grande introdução preocupada em prender o telespectador, ainda apresentando personagens e começando a engrenar na história tivemos capítulos bem agitados e com ótimos acontecimentos.

Começamos com Romero plantando a dúvida em Tóia sobre a inocência de Zé Maria. Essa dúvida desencadeou sérios desentendimentos com Djanira e Juliano, principalmente com Juliano, que está tão obcecado com a ideia de justiça contra a facção e não aceita a ideia de sair do Morro da Macaca com Tóia, mesmo que todos o aconselhem a fazer isso. Romero comemora o desentendimento dos dois, até por que isso faz parte do plano de se vingar da ‘família perfeita’, como ele se refere a eles.

Com extremo rancor e mágoa de Djanira, Romero usa da sua doença para se reaproximar dela, mas o que ele realmente almeja é se vingar dela, de Juliano, de Tóia e de Zé Maria. Mas por quê? Isso ainda é algo confuso na trama, mas acredito que essa vingança parte do ciúmes que Romero sente. Romero tem inveja e ciúmes do amor que sua mãe deu aos três, mas que parece que se negou a dar ele.

E por isso Romero tem esses sentimentos conflituosos por sua mãe, que ficam evidentes em cada cena que os dois estão juntos. Alexandre Nero soube montar um Romero perfeito, com todas as nuances necessárias para a personagem, que nos faz odiá-lo e ao mesmo tempo, ter dó torce por ele. Quando entra em cena com Cássia Kiss, que soube também montar uma Djanira apaixonante temos uma explosão de talentos que brilha os olhos de quem vê.

A Regra do Jogo - 2x7-12

Como foi dito no começo do texto, essas duas semanas de novela foram uma grande introdução, que teve seu fim com Atena e Romero se conhecendo. Aliás, Atena, que não é Atena, é Francineide, faz jus ao nome falso. Assim como a deusa grega, Atena é espertíssima e saiu por cima após Sumara descobrir toda a verdade e sair atirando contra a nossa vilã.

Mas lógico que a vida de Atena não foi ceifada por Sumara. Atena conseguiu golpear Sumara, chantagear a coitada com o vídeo que ela fez da milionária transando com Victor, seu parceiro, e se livrar de Victor, que tentou se livrar dela primeiro, por ressentimentos do passado, o denunciando para a polícia e fazendo-o ser extraditado para o Uruguai, seu país de origem. Assim, Atena ficou com todo o dinheiro dado por Sumara e por obra do destino acaba conhecendo Romero, logo após Paty, namorada dele, descobrir quem seu namorado realmente era e criar o maior barraco após Romero terminar com ela. Leticia Collin estava muito bem em cena, espero que a personagem não se resuma a isso. Quero mais da Paty.

Logo após se conhecerem, Romero e Atena, passam a noite juntos e protagonizam uma ótima cena que escancara a cara de pau dos dois: logo após dizerem que não gostam de mentira, os dois mentem sobre suas vidas. Giovanna Antonelli e Alexandre Nero já haviam provado que tinham química juntos, e com Atena e Romero não foi diferente. Os dois formam um casal capaz de levantar torcidas no Twitter e tirar boas risadas. Mas, óbvio, que se tratando desses dois, nem tudo são flores. Romero realmente acredita que Atena é uma milionária e já planeja se aproveitar disso. Atena já percebeu o quanto Romero é 171 e não caiu na história de o apartamento ser de um amigo dele, tanto que já fez uma cópia da chave da cobertura e já colocou Romero em sua mira, ele é a sua próxima vítima.

Juliano e Tóia formam um ótimo casal. Cauã e Vanessa realmente tem química e fazem o amor de Tóia e Juliano transparecer em cada briga e reconciliação que o casal tem. Os dois realmente deram certos e é difícil não torcer pelos dois. Falando no Juliano, essa semana o mocinho se mostrou um herói ao salvar Merlô, Alisson e Dênis do incêndio causado pela facção, fazendo assim a facção voltar a olhar para ele.

E falando na facção também, vimos o modus operandi dela com quem a trai ou a tenta expor, não que tenha sido algo diferente do que esperamos de uma facção, mas foi uma sequência interessante que nos mostrou que Romero, apesar de fazer parte dela, não é totalmente igual a quem está lá. Incapaz de matar o jornalista para ganhar a sua promoção, nosso protagonista mostrou que tem coragem de entregar o animal para o abate, mas a coragem lhe falta para abater. A covardia de Romero, provavelmente, lhe tirou sua promoção, que ele exigiu ao dar a localização do jornalista e de Dênis. Localização conseguida através de Dante, seu filho policial, que tem verdadeira adoração pelo pai adotivo e a quem confia qualquer coisa.

Zé Maria nos apareceu essa semana, causou brigas entre Tóia, Juliano e Djanira e depois fugiu do morro com a ajuda de Adisabeba. Muito bem defendido por Tony Ramos, Zé Maria mostra o amor que tem pelo filho e pela esposa, Djanira, e sempre deixa claro o quanto é inocente. Zé tem carisma e pode conquistar o público e vender sua história de inocente, mas não vamos esquecer-nos da Flora, de A Favorita, que tinha o mesmo papo né?

A Regra do Jogo - 2x7-12 (2)

O núcleo cômico, parte pobre da família Stewart, continua chato e sem o mais importante: a graça. A história é chata e clichê, sem muitas inovações. E como já foi dito aqui: parece uma nova versão de Até Que A Sorte Nos Separe sem graça. Mas ainda há chances do núcleo deslanchar: em breve teremos a chegada de Úrsula, filha caçula de Feliciano e desafeto dos irmãos, que é lésbica e terá embates com sua irmã Dalila, que não aceita sua orientação sexual. Enquanto esse núcleo não deslancha, nos divertimos com Adisabeba, Merlô, Alisson e Ninfa. É difícil não rir quando os quatros estão juntos. Todos estão muito bem em seus papéis, principalmente nossa Susaninha com sua Adisabeba de coração grande.

A Regra do Jogo provou que tem tudo para ser um novelão e que tem uma ótima história para nos contar. Como João Emanuel Carneiro, Amora Mautner e um elenco afiadíssimo, esperamos ansioso os segredos que essa trama nos reserva.

PS.: Orlando se aproximou mais ainda dos Stewart, mas ainda não consegui decifrar se suas intenções com Nelita são puras mesmo.

E você? O que achou desses capítulos? Dê sua nota no quadro abaixo e comente. Até a próxima!

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER