A trilogia clássica De Volta Para o Futuro

Você deveria dar uma chance à trilogia De Volta Para o Futuro e não é só porque ela é considerado um clássico.

Espera um minuto, Doc. Eh… Você está me dizendo que construiu uma máquina do tempo em um DeLorean?” — MCFLY, Marty.

É como eu vejo, se você vai construir uma máquina do tempo em um carro, porque não fazer isso com um pouco de estilo?” — BROWN, Doc.

Durante a década de oitenta Hollywood estava numa pegada bem diferente dos enlatados-mais-do-mesmo que estamos vivendo agora em momentos de crise. (Se fossemos contabilizar o tanto de filmes considerados clássicos que foram lançados nessa época, já teríamos a prova sem muito esforço). A palavra de ordem era inovação, e nada melhor do que explorar isso num filme de duas horas, sobre viagem no tempo e que deixa um gancho daqueles que mata qualquer um de curiosidade (e que garantiram à história uma continuação dupla, que foram lançadas praticamente seguidas no fim da década — em dezembro de 1989 e julho de 1990 — com o mesmo elenco).

Mesmo que você não esteja disposto a encarar três filmes seguidos com a timeline dos mesmos personagens, você deve dar a chance ao primeiro. Lançado em 1985, ele deu o pontapé na história de Marty McFly. McFly é um garoto que tenta ser descolado, mas seu histórico familiar não ajuda. Seu pai é o estereótipo do perdedor dos filmes americanos, e mesmo já sendo adulto ainda se amedronta com o valentão da época de escola.

Parece mais um filme tipicamente americano, certo? Mas nem tudo que parece é. E você vai ver que De Volta Para o Futuro pode ter muito de clichê, mas você não vai se arrepender. Não é à toa que a trilogia é considerada um clássico.

De Volta para o futuro

Marty é amigo de um cientista, o Dr Emmet Brown, apelidado de Doc. E é esse cientista que constrói a máquina do tempo que leva Marty, por conta de uma série de incidentes, de volta à adolescência dos pais, em 1955. Como nada nunca é assim tão fácil, Marty não tinha combustível suficiente para voltar para 1985 e na busca pelo Doc de 55, e acaba interferindo a linha temporal que uniu seus pais.

Unindo humor leve e ficção cientifica, o primeiro filme te prende sem perceber. E quando chega ao final, com o gancho para a continuação, a primeira coisa que você pensa é: eu preciso da sequência agora! A minha sorte foi que eu tinha a sequência. Fico pensando naquela galera da década de 1980 que teve que esperar quatro anos para assistir à De Volta Para o Futuro 2.

O segundo capítulo da trilogia traz Marty para o futuro. Exatamente para 21 de outubro de 2015. E uma das melhores coisas de se assistir o 2015 criado pelos roteiristas é ver quais foram as previsões acertadas e as que não se tornaram realidade (bem que eu queria um Nike que se calçasse sozinho ou roupas que se adequam ao corpo com um aperto de botão, mas infelizmente isso não se tornou real. Ainda.).

O motivo da segunda viagem de Marty ao futuro é para salvar seu filho de ser preso. Mas como nada é fácil para os McFly, uma série de outros incidentes que podem mudar o curso de toda a história começam a acontecer e embarcamos em mais uma aventura com muitas implicações e dificuldades. Típicas.

Não vou mentir que mesmo com um gancho bem legal para o terceiro filme, eu senti um desgaste da fórmula. Eles pararam no filme certo, quando a história ainda estava no auge e com uma boa história para finalizar. Até porque, quais filmes de ficção cientifica te levam para o velho oeste? Acho que só De Volta Para o Futuro mesmo. (Se tiver algum outro me digam nos comentários.)

De Volta Para o Futuro não é mais um blockbuster americano. Ele vai marcar a sua vida de alguma forma. Principalmente ao te fazer repensar a sua história de vida e te mostrar que você vive através de uma sequência de fatos que ocorreram nas vidas de outras pessoas. E é por isso que você deveria dar uma chance à essa trilogia. Talvez você não considere a melhor trilogia do mundo ou tudo isso que eu disse durante o texto. Mas vai ser um tempo bem utilizado.

Até porque de tempo De volta Para o Futuro, Marty McFly e o Doc entendem.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER