A TV nas redes sociais

TVs estão descobrindo como é legal interagir

É um pouco incrível dizer isso, em pleno 2015, mas as TVs estão descobrindo que dá pra interagir com o público. A internet sempre teve as ferramentas sociais, mas, vá lá, com o Orkut que a coisa ficou fácil. Isso era em 2005. Dez anos para descobrirem as redes sociais e ainda não sabem como usar.

Tudo bem, as coisas já estão melhorando. Lá fora, na terra do tio Sam, a coisa funciona bem. A Nielsen faz a apuração do que a galera fala no Twitter sobre as séries, checa quantos usuários estão falando, cruza dados e tal. As quatro séries mais “defendidas” são Scandal, Walking Dead, Empire e How to get away with murder. Ou seja, Shonda sabe o que faz.

Sylar Heroes

Lembram lá em 2006, quando Heroes estava começando e era bom? Cheio de ações pela rede, com uma campanha transmídia bem estruturada? Ninguém desaprendeu lá na NBC. Com Heroes Reborn, eles fizeram as campanhas renascerem também. Lançaram na semana passada um app que permite assistir os episódios antigos, ver perfis dos personagens, trailers dos novos e outras informações divididas por temporada e personagens. Pena que é só para os USA.

OHipnotizador

Ontem a HBO liberou sua recém-estreada “O Hipnotizador” no facebook, livre, para todos assistirem. Em poucas horas, já são mais de 15 mil visualizações. Nos comentários, pedidos para fazer o mesmo com Game of Thrones até receberam respostas de que é possível. A ação é semelhante ao que o canal AMC fez quando lançou Halt and Catch Fire pelo Tumblr.

Agora, parece que a bola da vez é o Periscope. Já falamos um pouquinho sobre o app na semana passada, que vem crescendo e a todo instante alguém aparece fazendo transmissões. Os canais esportivos já descobriram a ferramenta, alguns artistas também. E nessa semana convidei o @blogcitario para dar um depoimento sobre o Periscope. Ele tem feito transmissões diárias e observando bem o crescimento do app.

O Periscope só tem quatro meses de vida, mas já possui mais de dez milhões de usuários, sendo dois mihões ativos diariamente, gerando diariamente cerca de quarenta anos diários de conteúdo. Com uma ferramenta atraindo tanta atenção em tão pouco tempo, seria natural marcas e emissoras de TV comecem a usar o aplicativo.

A produção da Xuxa, por exemplo, convidou tuiteiros de grande relevância que, além dos tweets para estimular o uso da hashtag do programa, fizeram lives simultâneas nos bastidores. Além disso, a própria Xuxa “dialogou” com o Twitter em vários momentos, como na cena de desculpas para a “Claudia”. Imagine como a dupla Twitter e Periscope ajudaram a loura a alcançar a vice liderança do horário, com a ajuda de um público que, certamente, não lembraria de sintonizar na Record.

É questão de tempo que a HBO, Netflix e outras marcas de conteúdo que possuem milhões de fãs se dediquem a produzir conteúdo personalizado para o Periscope, onde a interação é o ponto chave para as transmissões. Acredito que muitos aguardam ansiosos pela oportunidade de mandar perguntas para os atores de suas séries favoritas. Só falta saber se falta muito tempo para isto acontecer.

É lindo ver que, mesmo não usando de forma “oficial”, a Record já soube usar a ferramenta para interagir mais. O canal já havia sido indicado para os “Shorty Awards”, por melhor uso de memes na divulgação de Breaking Bad pelo Twitter.

masterchef 2

A Band vem fazendo uma promoção muito “correta”, como diria o Fogaça, para o MasterChef, que é evidentemente voltado para o pessoal do Twitter, com todos os contadores, a exibição de comentários, votações e “desbloqueio de conteúdo” vinculado ao número de comentários.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!