Abaixo o MIMIMI

E você que está aí, adorando o circo pegando fogo e concordando com toda essa onda de protesto que o Brasil vive. Que foi dormir a uma da madrugada porque ficou acordado até mais tarde assistindo ao casamento vermelho de Game of Thrones, está chocado e ainda precisa acordar às quatro da manhã para pegar uma lotação, ficar se esfregando com desconhecidos (porque se esfregar com conhecidos é para os fracos) para chegar ao trabalho e não conseguir se concentrar por pensar naqueles gritos todos. Essa coluna é para você, que faz parte do coro dos descontentes. #VemPraRua #oGiganteAcordouMasEuContinuoComSono.

Vamos aproveitar essa onda de protestos e vamos trazer alguns assuntos para pauta da semana. Se a Shonda Rhimes mata um personagem, é ruim. Se ela deixa um personagem vivo… bem, aí não é tão ruim. Se os Starks morrem, é ruim. Se eles ficam vivos… bem, aí não é tão ruim.

Nós, aqui do Box, somos muito mais que um site com resenhas de séries feitas por todas as pessoas do mundo que assistem a todas as séries do mundo. NÓS PRODUZIMOS CONTEÚDO (em garrafal para ficar bem claro). Temos contatos com empresas no exterior e traduzimos muitas notícias que são publicadas lá fora. De acordo com a nossa vitaminada editora chefe Lady Dai (que não é a Princesa do País de Gales, mas é a Alteza do Mundo Box), o grande problema é que alguns internautas estão meio perdidos na tradução. Explico.

Tudo começou quando o Showtime divulgou que Dexter foi cancelada, ou seja, que a última temporada marcará o encerramento da trama. Meus amigos (sim, eu ainda acho que tenho alguns amigos que leem a #GONGSHOW), o que teve — no Box e nos outros sites especializados — de gente mimimizando dizendo que ela foi FINALIZADA e não CANCELADA, não tá escrito no gibi. #ReciclandoGíriasDosTemposDaVovó.

Eu to falando sério. Foram tantas reclamações, que se cada um pagasse para comentar dava para produzir uma nova temporada de Dexter. Daí, ao explicar que “finalizar”, “cancelar” ou “encerrar” indefere em inglês, é como convidar alguém pra sair e ela aceitar e você dizer para ela sair do ambiente e ela ficar chateada. É que gente tem mania de achar que cancelado é apenas quando não teve fim.

E aí você explica que, para os americanos, tendo fim, ou não, a série acabou sendo cancelada. E eles continuam o mimimi. Daí você mostra no dicionário que as palavras têm o mesmo sentido. E eles continuam o mimimi. E a nossa editora chefe consegue uma entrevista com os produtores da série confirmando o cancelamento. E eles continuam o mimimi. O que me leva a crer que o grande mal absoluto da humanidade maníaca por séries é o MIMIMI.

MIMIMI!!!

Não importa como, quando, onde, com quem, o que ou o porquê. Tem que mimimizar e dar aula sobre como traduzir um texto ou montar uma chamada. O que me traz à mente o case do Estadão e que você pode conferir aí embaixo.

Se você é jornalista (o que não é o meu caso), na faculdade deve ter aprendido quase uma receita de como montar uma notícia. Se você não é jornalista (que é o meu caso) e teve um bom professor de Língua Portuguesa (no meu caso, sou um ótimo professor) também deve ter visto alguma coisinha sobre montar uma notícia. São regras de informação e que devemos sempre escutar os nossos leitores. Bom, atualmente, o meu conselho é: escute os comentários, não os mimimi. ABAIXO O MIMIMI!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER