Agents of SHIELD 1×10 — The Bridge

Você tem que decidir por que está aqui!” May, Melinda

Olha May, não é só Skye, mas toda a série precisa decidir o que está fazendo, com urgência. O problema aqui é foco e eu vou explicar o porquê.

Nesse episódio tivemos finalmente o que todo mundo queria, um superpoderoso integrando a equipe! Mike Peterson retornou depois da sua aparição no piloto da série, exibindo sua superforça ao empurrar uma escavadeira. Conhecemos o que aconteceu com ele depois do incidente na Grand Station: estava treinando como operativo da S.H.I.E.L.D. e a arma que Simmons-Fitz criaram que o atingiu no primeiro capítulo estabilizou , de alguma forma estranha/conveniente/despropositada, o soro dentro dele. Ele agora não corre o risco de explodir e perder o controle de seus poderes.

Sabe quanto tempo durou isso? Um episódio. Ele já morreu (ou pelo menos foi o que pareceu, por ele inclusive não aparecer na promo do próximo episódio e o filho dele ser “dado” para a Skye). Ele morreu porque os operativos da S.H.I.E.L.D. acharam uma boa ideia treinar um ex-inimigo superpoderoso para integrar a organização deixando sem qualquer vigilância o filho dele, que era a única coisa que os inimigos dessa organização poderiam usar contra ele, assim que descobrissem que ele virou folha. E sabe o que os inimigos da S.H.I.E.L.D. usam quando descobrem que Mike Peterson virou folha? Exatamente, o filho dele.

shild 1x10

É tão falha a premissa, tão rasa e indigna da organização, que foi mostrada nos filmes e é tão bem retratada nos quadrinhos que soa como uma ofensa.

Outra coisa que está ficando óbvia a cada minuto e a relação entre Skye e May. Elas são filha e mãe? Parece muito. Se isso se revelar verdade quatro dados são importantes de serem apontados: (1) Coulson é um sádico em colocar ambas na mesma equipe — torturando May que sabe a verdade,(2) a genética agiu de maneira estranha visto questões raciais e estéticas entre ambas que simplesmente não se parecem, (3)personagem de May envelheceria bastante virando mãe de alguém da idade de Skye e (4)seria bem Laços de família, mãe e filha disputando o amor do Ward.

O episódio todo se baseia em Coulson e sua equipe atacando a organização criminosa que agora conta com três “supersoldados” baseados na tecnologia Extremis. Quando encurralam os vilões, os agentes tomam uma surra (como era de se esperar visto que eles tem três super seres, os agentes têm um), mas por motivo nenhum, os vilões fogem.

Esse encontro é o suficiente para Mike ser reconhecido, ter seu filho sequestrado e se ver obrigado a trair Coulson, levando-0 para uma ponte onde eles trocam o filho de Mike pelo agente. Os vilões então sequestram Coulson e assim termina o episódio. Na saída ainda dão uns tiros no agente Ward (mas ele está vivo, não se preocupem, não teríamos tanta sorte).

O que salva o episódio é Simmons toda empolgadinha medindo “manualmente” Mike, enquanto Fitz todo ciumento faz ceninha. A coreografia das cenas de luta que melhorou bastante desde a estreia do show, Ward mandando May parar de se achar e duas promessas: a de que teríamos um super poderoso na equipe (que não foi cumprida) e a de que, na volta do hiato, teremos explicações sobre o “Haiti ser um lugar mágico”. Será?

The Bridge tem problemas, mas não se enganem: é superior a quase todos os episódios apresentados até aqui, por ter humor e cenas menos gratuitas ou previsíveis, mas posiciona o show a quilometros de onde ele poderia estar. E a audiência americana notou isso e cravou a pior audiência desde a estreia para a série. Para um episódio que precede um hiato, é um sinal vermelho preocupante.

Vamos ver se os agentes, agora sem a presença de Coulson, conseguem dar mais dinamismo ao show, no promo abaixo. O show só volta em 7 de janeiro!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER