Aliens na Televisão

Os fãs de Falling Skies, uma das melhores séries de ficção científica atualmente na TV, estão felizes da vida! A segunda temporada estreou domingo e, ao contrário de muitas outras séries do mesmo tema que nunca passaram da primeira temporada, está aqui poderá continuar a alegrar seus fãs com mais alguns episódios sobre o mundo devastado por uma invasão alienígena.

Mas é claro que esta não é a primeira série a falar sobre alienígenas vivendo entre nós, humanos, nos tempos de hoje, apesar as mais clássicas, como Star Trek, se passarem em tempos distantes. Alguns programas trouxeram temas mais cômicos sobre a relação humanos/aliens, outras se prenderam a temas obscuros e conspirações governamentais.Hoje vamos apresentar aqui algumas das principais séries que mostraram a luta para a convivência entre homens e ETs, desde as mais ridículas até as mais sérias. Vamos lá!

V

Na minisérie original V, terráqueos ficaram chocados com a chegada de dezenas de naves espaciais trazendo alienígenas chamados Visitantes. Esses Visitantes começaram dizendo que queriam paz, e oferecendo a troca de sua tecnologia avançada pelos recursos naturais da Terra. Só que esses visitantes aparentemente bonzinhos eram, na verdade, uma raça carnívora de seres meio lagartos dispostos a dominar toda a humanidade. Enquanto tomavam controle do planeta, a série mantinha o foco em um pequeno grupo de resistência, que perdiam lentamente a batalha contra os invasores. O conceito básico foi revivido recentemente, em 2009, em um remake da série.

Em uma visão subjetiva, os Visitantes serviam como uma alegoria para o surgimento da Alemanha nazista e os perigos de permitir que governantes fascistas tomassem o controle da sociedade.

Alien Nation

A dinâmica normal entre humanos e aliens foi virada de cabeça para baixo em Alien Nation, que era baseada, de longe, no filme de mesmo nome. Neste seriado, uma raça alienígena chamada Newcomers chegou na Terra como imigrantes amigáveis. Seu traço visual mais aparente era a cabeça marrom, grande e bem detalhada. Com uma boa peruca, eles podiam muito bem se passar por humanos.

Longe da alegoria nazista de V, os Newcomers era mais um comentário em relação ao racismo e à discriminação na sociedade moderna. Como uma minoria recém-descoberta, os personagens Newcomers frequentemente sofriam hostilidades vindas de seus vizinhos humanos no desenrolar da série e dos filmes para TV. Mesmo assim, comparada ao filme homônimo, Alien Nation tinha um tom muito mais light e cômico.

3rd Rock From the Sun

Os terráquios em 3rd Rock From the Sun eram sortudos por seus visitantes alienígenas serem tão benígnos e amigáveis, já que eles praticamente não ficaram sabendo da presença dos quatro ETs infiltrados no subúrbio de Ohio.

O quarteto chegou na Terra para estudar a humanidade e seu comportamento estranho. Todos os quatro se disfarçaram como humanos normais e observaram aqueles que estavam ao seu redor em seu dia-a-dia. A maior parte do humor da série era derivado da inocência dos próprios aliens, que não compreendiam nossos costumes e cultura. Em particular, os personagens lutavam para lidar com o conceito de sexo e relações de gênero, que aparentemente não existia no planeta de onde vinham.

O público nunca soube muito sobre o mundo original dos quatro Solomons, ou mesmo como eles eram sem seus disfarces de humanos. Devido à estranha mania de confundir criaturas humanas e alguns objetos com alienígenas, podemos concluir que os próprios Solomons também não sabiam lá muita coisa assim.

ALF

É muito difícil imaginar um invasor alienígena mais amável e inofensivo que ALF (sigla para Alien Life Form, em português Forma de Vida Alienígena). O nome real de ALF é Gordon Shumway e ele era um jardineiro em Melmac, antes do planeta ser destruído em uma guerra nuclear. Depois de cair na Terra, ele se enturma com a família Tanner, que o esconde tanto da Força Tarefa Alien quanto dos seus vizinhos intrometidos.

ALF passa 100 episódios, mais ou menos, alternando entre lamentar por seu planeta perdido, aprender a cultura da Terra, e devorar todo lanche que chegasse perto de suas mãos peludas. Sua lista de comidas preferidas incluía gatos e o famoso “Pudim no Sapato”, uma iguaria de Melmac.

Apesar de ser uma sitcom bem leve, ALF terminou com um grande suspense, quando ele foi finalmente preso pela Força Tarefa Alien e levado embora. Ainda bem que essa história foi devidamente concluida em um filme para TV chamado Project ALF (que incluiu o próprio Martin Sheen!), e concluiu a história com o querido Gordon Shumway sendo declarado Embaixador na Terra.

Doctor Who

A franquia Doctor Who já tem mais de 50 anos. Além das centenas de episódios para TV produzidos durante suas dezenas de temporadas, o programa também inclui diversos spinoffs, sendo Torchwood um dos mais famosos.

Naturalmente, uma franquia de ficção científica tão grande acaba sendo o lar de diversas espécias elienígenas. O próprio Doutor é um Senhor do Tempo, uma raça de seres que percebe o tempo de uma maneira não-linear. O Doutor parece humano, apesar de sua aparência e até sua personalidade muitas vezes mudar enquanto o seu corpo passa por um processo de regeneração. A única coisa que se mantém consistente é que o Doutor é uma figura heróica que defende o tempo e o espaço com a ajuda da TARDIS (sua cabine telefônica viajante) e seus companheiros.

Opostos ao Doutor estão os Daleks, uma antiga raça de alienígenas mutantes (?) que querem exterminar todas as formas de vida inferiores, mas não são os únicos alienígenas hostis que o Doutor encontra em suas viagens.

Torchwood

Se Doctor Who é uma série leve e animada, Torchwood oferece uma visão muito mais cruel da relação humanos/alienígenas neste universo. Os personagens principais são membros do Instituto Torchwood, uma agencia que tem como objetivo eliminar ameaças alienígenas e, sempre que possível, apreender tecnologias de outros mundos. Suas missões normalmente levam a caminhos mais sombrios que as de Doctor Who, e seus personagens tem muito mais chance de morrerem em combate.

Starman

O filme Starman, de 1984, era sobre um ET curioso que veio para a Terra depois de ver o convite da sonda espacial Voyager 2. Infelismente, a hostilidade militar terráquea fez com que sua viagem fosse muito curta. Aqui o homem é que era o agressor precisando de umas lições de tolerância.

O seriado Starman funcionou como uma sequência do filme, continuando 15 depois daquele. O alienígena voltou para a Terra a fim de conhecer melhor o filho que ele teve lá no filme. Só que pai e filho ainda enfrentam muita violência da parte de agentes do governo, e acabam passando toda a série viajando de cidade para cidade, resolvendo problemas e mantendo sempre um pé à frente da lei.

O homem das estrelas é pouco mais que um pequeno globo de luz azul, em sua forma verdadeira, mas na maior parte do tempo, tanto no filme como na série, ele ocupava o corpo de um humano morto.

Mork & Mindy

Happy Days (seriado das décadas de 1970 e 80) deu origem a mais ou menos 284 spinoffs diferentes. Um deles foi essa sitcom estrelando um alienígena hiperativo, vindo do planeta Ork, e sua melhor amiga e colega de quarto, humana. E como que todo mundo já acha que Robin Williams é um alienígena mesmo, ele encaixou perfeitamente no papel de Mork. A série se tornou um dos melhores exemplos do humor impovisado e maníaco de Williams.

Mork apareceu pela primeira vez ainda em Happy Days, como parte de um episódio sonho, mas a série só foi surgir no final da década de 1970. Mork foi banido do seu planeta natal por praticar a arte ilegal do humor (sim, foi isso mesmo que você leu). Assim como seriados como 3rd Rock e ALF, a luta de Mork era mais sobre se adaptar à sua nova vizinhança, apesar de que, na maior parte das vezes, a Mindy e seus colegas humanos é que tinham mais trabalho em se adaptar aos costumes estranhos de Mork.

The Event

Humanos são mais uma vez os agressores nesse drama da NBC de vida muito curta. A conspiração alienígena começa quando um grupo de extraterrestes cai no Alasca no final da Segunda Guerra Mundial. Esses alienígenas são quase idênticos aos humanos na parte física e genética, tirando o fato de que eles envelhecem de maneira muito mais lenta. Apesar de não serem lá uma grande ameaça à humanidade, 97 aliens são presos em uma base governamental, enquanto um pequeno grupo deles, os Sleepers, escapa e acaba se escondendo pelo mundo.

No presente, esses Sleepers encontram aliados e inimigos entre os humanos. A conspiração cresce e fica ainda mais complicada quando o Presidente sobrevive por pouco a uma tentativa de assasinato, graças à intervenção de criaturas de outro mundo.

O programa foi cancelado ao final da primeira temporada, e apesar de termso tido muitas respostas sobre os mistérios da série no desenrolar dos episódios, a história ficou mesmo sem final.

Roswell

Você já deve ter ouvido falar de Rosswell, no Novo México (EUA), e sabe que o pessoal de lá gosta de comentar aquele suposto acontecimento décadas atrás, envolvendo alienígenas, e consegue alguns dólares dos turistas fanáticos. Seguindo essa premissa, os personagens principais dessa série de ficção científica — cujo time de roteiristas incluía o showrunner de Battlestar Galactica, Ron Moore, e o de Friday Night Lights, Jason Katims — veem toda essa história com alguma graça, até que nós ficamos sabendo que muitos deles são na verdade ETs, disfarçados de estudantes do Ensino Médio.

No começo, o seriado foca principalmente no drama dos relacionamentos dos casais formados por humanos e aliens. Só que as últimas duas temporadas destacam mais a mitologia alienígena. O público descobre que eles são na verdade híbridos (metade humanos, metade alienígenas), clonados a partir de membros da família real alien e destinaos a, um dia, reconquistarem o trono no seu antigo planeta, Antar. A segunda temporada apresenta também uma raça alienígena hostil chamada Skins, que são forçados a usar corpos para poder se misturar entre os humanos.

No final, a série ficou mesmo preso à Terra, apesar de toda essa revelação de família real etc., e teve um final bastante aberto a possibilidades, com seus personagens se dividindo e deixando Roswell para sempre.

Invasion

Uma das muitas séries conspiratórias que surgiu após Lost, Invasion começou com um furacão assustador atingindo a Flórida. Entretanto, esse fucarão acaba sendo um disfarce para a invasão alienígena, com vários seres estranhos aparecendo no meio daquilo tudo. Enquanto isso, muitos moradores começam a agir de maneira estranha após beberem água das redondezas.

Tudo isso se amarra com uma conspiração governamental (claro, por que não?), e Invasion acaba como mais um programa explorando a ideia de híbridos de humanos e aliens coexistindo com os nativos terrestes. A ideia principal, na verdade, focava na dinâmica de uma família diferente, problemática, mas amável. Infelizmente, ela também acabou na primeira temporada e deixou o público com grandes suspenses que nunca serão concluídos.

Smallville

Esta é, com certeza, uma das séries mais bem sucedidas em adaptar um super-herói para a TV, durando 10 temporadas e recebendo uma continuação em quadrinhos. A série foi um olhar detalhado nos importantes anos da adolescência e juventude de Clark Kent, em sua jornada para se tornar o Superhomem.

Clark é obviamente o alienígena protagonista da série e a maior parte da sua luta envolvia esconder sua descendencia alien e seus poderes fantásticos. Seu relacionamento com Lex Luthor também é bastante problemárico. Assim como nos quadrinhos, Lex acaba vendo o Superhomem como uma ameaça ao progresso da humanidade. A novidade na fórmula foi apresentar as consequências da chegada de Clark na Terra, com a chuva de meteóros, a morte dos pais de Lana Lang e os fragmentos de kriptonita, que muitas vezes fez com que moradores de Smallville se transformassem em vilões da série.

Clark encontra vários amigos e inimigos durante a série, incluindo alguns heróis da Liga da Justiça, e até Amanda Waller e a organização clandestina Checkmate. O programa também expandiu a história de outros personagens, tanto aliados (Caçador de Marte, Supergirl) como inimigos (General Zod, Brainiac). Mas, apesar da existência do Super Homem ter sido aos poucos reparada pela população, ninguém realmente percebeu a presença de alienígenas na Terra.

Arquivo X

Arquivo X prometeu que “a verdade está lá fora”, e durante suas 9 temporadas, os agentes do FBI Mulder e Scully, além de seus aliados, desvendaram lentamente os antigos segredos de conspirações entre o governo americano e uma raça alienígena.

Os aliens não são muito amigáveis nessa série. Mulder inclusive descobre que esses seres habitaram a terra lá no início da evolução humana, e que eles escolheram alguns agentes governamentais para começar o processo de recolonização do planeta. A maior parte da conspiração girava em torno de cientístas humanos e alienígenas lutando para criar uma raça híbrida entre homens e ETs que seria utilizada para trabalho escravo pelos colonos depois que a raça humana fosse eliminada. Além dos novos colonos (que são os típicos ETs cabeçudos, de pele cinza e olhos grandes), Mulder e Scully muitas vezes esbarraram com outro grupo, de caçadores de recompensa, que conseguiam mudar de forma e se disfarçavam de humanos.

A série acabou meio que em baixa, com os agentes do FBI descobrindo que 2012 era o ponto de partida para a recolonização. Fãs esperaram ansiosamente por um terceiro filme que fecharia as principais pontas soltas da série, mas parece que isso não vai acontecer no momento.

Falling Skies

Grande parte dos seriados de TV com temas alienígenas são focados ou em comédia sobre as culturas aliens/humanas, ou em ETs como uma ameaça disfarçada por conspirações governamentais. Mas Falling Skies não é assim. Essa nova adição à lista começa seis meses depois que a invasão alienígena destruiu tudo ao redor do globo. Eles se dividem em três grupos — os que parecem insetos, Skitters, os drones robôs, e os mais tradicionais, os líderes de pele cinza.

A relação entre humanos e ETs não é apenas hostil em Falling Skies: eles estão em guerra total. Os protagonistas são um grupo de milícia, muitos que viraram lutadores à força, na chamada Segunda Massachusetts. O personagem principal, Tom Mason (Noah Wyle), está em um estado ainda pior de luta, já que ele precisa descobrir por que seu filho e muitas outras crianças foram sequestradas e passaram por alguma lavagem cerebral na mão dos invasores.

Fonte: IGN

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER