Ally McBeal: Piloto

How much time… do you think?

É questão de tempo… Será? Quanto tempo você demora para se apaixonar por uma série? O que é paixão, na verdade? Acho que definindo uma resposta para as duas perguntas a gente pode entrar numa discussão interessante. Acabei de ver o piloto de Ally McBeal e estou com medo de ser paixão a primeira vista.

Como você pode ter percebido, o box está passando por algumas alterações e com elas vieram novidades. Uma delas é o espaço dedicado às séries que já acabaram. — se chama Box Fechado! Alguma familiaridade? rs — Portanto resolvi me dedicar a escrever sobre Ally McBeal. Vi o piloto e me encantei. Viciei em mais uma?!

Isso me assusta, a possível paixão a primeira vista. Já me encantei com várias séries vendo apenas o piloto — interessante é que a série q mais amo só me ganhou no quinto episódio. Ally está entre estas séries. O piloto é redondo. Dá as premissas, apresenta as personagens, faz com que você se simpatize por elas e ainda traz linguagem própria, com piadas longe de serem clichê.

É série mulherzinha, mas é série muito boa. Não é um Lipstick Jungle da vida que coloca as mulheres numa posição de poder imbatível, mas ao mesmo tempo dá a elas dramas tão vazios que até os dramas de certas donas de casa desesperadas podem ser mais interessantes.

Ally é uma mulher apaixonada que construiu as bases de sua vida sobre o amor por um homem. homem que conhece desde pequena, com quem deu seu primeiro beijo, depois seu primeiro beijo de língua, com quem teve sua primeira vez e com quem fez a faculdade… Até o cara receber uma proposta e se mudar para bem longe, deixando-a apenas com uma carreira em curso e a incerteza do que estava fazendo… Era isso mesmo que ela queria?

Parece que sim. Assim como o cara escolheu o direito, Ally também escolheu. A diferença é que eles escolhem estados separados. Anos depois ela está estabelecida em uma firma de advocacia, mas acaba sendo mandada embora pq um cara apalpa sua bunda. Isso mesmo! O cara apalpa a bunda dela e ela ainda é mandada embora, afinal estamos falando sobre direito aqui e isso é mais controverso do que física quântica as vezes.

Ao sair da firma, esbarra em um colega de faculdade e logo é re-contratada. O problema? Mal sabia ela que seu ex-namorado (a.k.a. amor de sua vida), aquele mesmo que a trocou por um emprego em outro estado, estava trabalhando na mesma empresa. Fala se esta já não é uma premissa capaz de arrebatar qualquer fã de série mulherzinha?

A partir daí vemos Ally tendo o caso do apalpamento de bunda sendo defendido por seu ex, o que a obriga a ter uma relação ainda mais próxima a ele — o ex, não o apalpador. Assim, acaba sendo apresentada a sua atual esposa (!). É, tudo isso já no episódio piloto. Outra linha de drama se desenvolve.

O caso do apalpador acaba sendo resolvido e as coisas parecem se estabilizar. Ally aceita ficar na nova firma e admite ao ex o quanto ainda o ama, mas que quer aprender a lidar com o fato. Sobre as coisas que mais gostei, ressalto as cenas onde vemos o que Ally pensa ou sente, sua melhor amiga, e sua secretária cuja cabeça infla enquanto vai falando (e ela não cala a boca nunca).

Melhor frase ou diálogo:
_ Eu realmente te odeio e estou sendo sincera!
_ Eu te odeio também! Eu juro!

Melhor cena: O ex de Ally a chama para tomar um café e ela se vê junto com ele, romanticamente pelados, tomando banho dentro de uma caneca de café enorme! Ou então a cena em que ela encolhe na cadeira…

Download: Ally McBeal — Piloto — S01E01 (RMVB legendado)

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER