American Horror Story: Como será o crossover de Murder House e Coven?

O oitavo ano de AHS promete um grande crossover e nós reunimos alguns fatos que ligam os fantasmas de Murder House com as bruxas de Coven.

Desde que foi anunciada por Ryan Murphy, o crossover de Murder House e Coven na franquia American Horror Story levantou todo o tipo de sentimento: de curiosidade a espanto. Acontece que esse encontro de temporadas será realizado ainda esse ano, e não esperamos para ver o que vai sair disso.

Como todo ano, detalhes sobre a história e descrição dos personagens ainda é guardada em segredo, e enquanto a produção da série já está em andamento, vasculhamos a internet atrás de pistas do que esperar do – agora tão aguardado – oitavo ano de American Horror Story.

Afinal, qual seria a ligação de Murder House e Coven?

À primeira vista, é difícil entender como uma história de fantasmas e outra de bruxas fariam sentidos juntas, mas de todas as temporadas de AHS, essas duas têm laços interessantes –  envolvendo Madison, a personagem de Emma Roberts (o que faz total sentido tê-la de volta). A ex-atriz e aluna da Academia Robichaux tem parentesco com Charles Montgomery, o cirurgião das estrelas, que morou na Casa Assassina com sua esposa, Nora.

Charles tornou-se viciado em éter e começou a perder o controle de sua sanidade, especialmente depois que o filho do casal, Thaddeus, foi sequestrado e desmembrado. Quando o médico recebeu as partes do corpo de seu bebê em uma caixa de evidências, costurou o menino e o trouxe de volta à vida. Por fim, Nora, horrorizada com o que seu filho havia se tornado, atirou em Charles e depois em si mesma. Além de compartilhar um sobrenome e raízes em Los Angeles com o casal, Madison fez o mesmo com Kyle Spencer, personagem de Evan Peters em Coven, mas com ajuda dos seus livros de magia.

AHS: Radioactive?

O subtítulo das temporadas mais recentes têm sido guardados à sete chaves, e embora Radioactive chame atenção, ainda não há confirmação se esse é mesmo o tema deste ano. O que é verdade é que a emissora registrou este como título de produção, e isso já tinha acontecido em anos anteriores.

Elenco conhecido

Além de, é claro, Evan Peters e Sarah Paulson (com uma grande mudança no visual) – que estão na franquia desde a primeira temporada – o elenco do oitavo ano já tem confirmado uma dezena de atores que são conhecidos dos fãs de American Horror Story: Billie Lourd, Cheyenne Jackson, Billy Eichner, Adina Porter e Leslie Grossman.

Kathy Bates está de volta (sua última aparição foi em Hotel), e Emma Roberts também deve reprisar seu papel como Maddison Montgomery. Além delas, Murphy revelou que todas as bruxas da Academia da Madame Robichaux foram convidadas para aparecerem nos novos episódios – logo, Maddison não deverá ser a única a retornar (e Queenie já até deu as caras em Hotel, provando que ainda está por ai no universo de AHS).

Joan Collins, famosa por interpretar Alexis Carrington na clássica Dynasty, é a única atriz nova na franquia, e irá interpretar a avó do personagem de Evan Peters. Anjelica Houston também está em negociação para aparecer em alguns episódios – e agora que sabemos que Coven está envolvido, faz total sentido essa escalação.

Linha do tempo

American Horror Story já transitou em diversos tempos históricos, e embora Coven e Murder House tenham sido ambientadas em tempo presente, a história dessa vez vai se passar no futuro… mas calma, num futuro próximo. Segundo algumas pistas deixadas por Ryan Murphy, a série deverá se passar em 2019, e acredita-se que um evento nuclear vai desencadear a trama da temporada (isso explica o possível subtítulo).

Pontas soltas? Temos muitas!

A maior ponta solta que as duas temporadas compartilham são as mortes – em Coven, boa parte do elenco se foi, e em Murder House quase ninguém sobrou vivo. Mas dado a capacidade de ressurreição das bruxas, e até personagem que viveu por séculos viva numa caixa e ficou sem cabeça numa parte da temporada, tudo é possível nesse universo.

Algumas possibilidade para resolver pontas soltas de ambas temporadas é trazer alguns nomes que quase ficaram esquecidos pelo público de tão ignorados que foram pela trama. Tudo pode começar com Charles Montgomery (Matt Ross) para explicar o filho que Vivien deu à luz em Murder House, supostamente o Anticristo. Para isso, Constance Langdon também deveria voltar, e assim também a Condessa de Hotel.

Ah, e vale lembrar que Scáthach, personagem de Gaga em Roanoke é a suprema original, e desde que esse detalhe foi revelado, ficamos bem curiosos para entender ainda mais como que esse poder é transferido de geração a geração (até cair das mãos de Cordelia Foxx).

Se nada disso der certo, pelo menos temos direito a mais um momento musical com Stevie Nicks!

Violência e luxúria

As teorias que ligam as tramas de American Horror Story são diversas, e algumas bem interessantes. Uma delas liga cada temporada com os nove círculos do inferno (aqueles de Divina Comédia, de Dante Alighieri). Murder House representou o limbo, Asylum era a fraude, Coven é traição, Freak Show é ganância, Hotel seria a gula, Roanoke a raiva e Cult a heresia. Sobraria, então, violência e luxúria, e com mais uma temporada confirmada, essa teoria faz total sentido.

Uma nova revolução?

Tio Ryan sempre esconde pistas em cada temporada sobre o tema da sua sucessora, e em Cult, alguns espectadores perceberam referências a “revolução” e “coroa” / “reinado”. Junto a isso, a abertura mostrava uma estátua de George Washington, o que levou alguns a crerem que o oitavo ano trataria de uma nova revolução americana, que levaria o país a uma distopia.

 

Seja na Escola de Magia e Bruxaria da Madame Robichaux, seja na Casa Assassina, a oitava temporada de American Horror Story promete nos surpreender – esperamos que positivamente. Qual seu palpite? Deixei ai nos comentários.

 

 

Sobre o Autor

Leo Sousa

Séries de TV, filmes, realities shows, livros, música e mais. Editor no boxpop.com.br.

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!