Aprendiz 09×07 — Peugeot

Prefiro que não tenha do que ter errado — JUSTUS, Roberto

Outra prova criada para consagrar os grupos. A Peugeot queria algo muito simples para a prova: que os grupos criassem uma experiência encantadora com o carro, levando o maior número possível de pessoas a fazer um test drive. O próprio carro deveria encantar as pessoas, segundo o apresentador. Tudo muito fácil.

E seria mesmo fácil, se os grupos tivessem feito um melhor planejamento e, principalmente, melhor execução. A montadora ainda entregou dois carros para cada grupo. Nesse sentido eles acertaram ao usar um para expor e outro para o test drive. Fora que ainda tinha outro grande facilitador. A marca já tem o licenciamento e eles podiam usar livremente os personagens da Corrida Maluca.

Mantendo o ritmo do início até agora, o grupo Sinergia foi bem melhor, apesar das brigas internas e das dificuldades no início. Mas depois se acertaram, conseguiram um terceiro carro na concessionária e melhoraram muito a qualidade da ação, que aconteceu em um shopping, lugar perfeito para esse tipo de ação. Sem contar os atores fantasiados como Dick Vigarista e Penélope Charmosa.

aprendiz

O grupo Flecha, quase mostrando que fez uma prova atípica na semana passada, fez tudo errado. Achou que o diferencial da outra semana foi o caminhão de LED e repetiu o uso, na porta de um restaurante. Aliás, lugar péssimo para isso, tirando as pessoas da fila para fazer o test drive. Receberam a arte errada, que dizia “teste drive” e usaram! Planejaram 120 testes em um dia. Tudo errado.

Engraçado que na hora de escolher a equipe vencedora, os conselheiros todos apontam uma equipe sendo melhor em um critério e a outra melhor em outro. Mas chega na reunião e mostram que a equipe perdedora fez tudo errado. É difícil entender essa falsidade, considerando o tanto que são grosseiros dentro da reunião.

O Sinergia foi mal liderado pelo Evandro durante a prova, mas na reunião, se portou muito bem. Assumiu todos os seus erros e ainda protegeu os liderados. Dividiu a culpa por alguns erros e não apontou o dedo para ninguém. Só ficou feio quando citou Aristóteles, porque, convenhamos, é ridículo. E o Justus disse que não seria sócio do maior filósofo da história.

Na reunião final foi interessante o clima emocional que se criou. Os participantes falando de si na terceira pessoa, muito emocionados, pensando nas coisas que abriram mão para participar do programa, com a iminência de serem eliminados…

Por enquanto a lição final é de que todos precisam melhorar muito ainda para merecer o super emprego oferecido pelo programa.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER