Arrow 1×02 — Honor Thy Father

Seja a pessoa que você quer que ela veja.” — Laurel para Oliver

E essa semana fomos apresentados a mais um episódio de uma das novas apostas da CW. Se eu me surpreendi com o piloto da série, posso dizer que esse segundo episódio me surpreendeu ainda mais. Enquanto o piloto teve toda aquela introdução da volta de Oliver Queen, todo o sentimentalismo e bla bla bla, esse episódio já começou com momentos de ação. Outro ponto que vale ressalvar é que o episódio mostrou mais a identidade de Arrow, pois são poucas as semelhanças com outras séries já mencionadas na review anterior, e a série vai ganhando sua personalidade própria e trilhando seu próprio caminho.

Oliver está aos poucos se readaptando, ele já está se inteirando tanto do mundo o qual ele ficou afastado por cinco anos, que nos primeiros minutos de série ele já sacou uma piada sarcástica ao ver que o vilão do episódio, o corrupto Martin Somers está aparecendo tanto na TV quanto os Kardashian. Passado o momento de descontração em família e com o mala sem alça do Tommy, Oliver comparece a uma audiência para comprovar que está mais vivo que nunca, e assim então trazer sua identidade de volta do mundo dos mortos e durante o seu relato, o rapaz recorda de seus primeiros instantes ao chegar a ilha.

Passada a tal audiência, Oliver se depara com a nossa querida Laurel, e pra variar ele se humilha perante a advogada, causando uma situação bastante desconfortável. Na moral, cadê a atitude homem? Saiba se valorizar e ter amor próprio, fica a dica. No meio a rápida DR do conturbado casal, somos apresentados a Emily Nocenti, e então é mostrado que seu pai foi morto por Somers e que Laurel a está ajudando para colocar o vilão atrás das grades a todo o custo. O que ela não imagina é que o nosso justiceiro de plantão quer que o mau caráter também pague porém ele utiliza seus famosos métodos um tanto torturantes.

Depois das trolladas que Oliver deu em Digg, o segurança levou uma “comida de rabo” da mamãe megera Queen, questionado sobre seus serviços e consequentemente nos leva a uma cena fantástica entre os dois. Se antes eu tinha alguma dúvida sobre o papel de Digg na história, agora tenho certeza ainda maior que será o braço direito de nosso arqueiro. A química entre ele e Oliver está mais evidente nesse episódio, e já deu a entender que o segurança já está suspeitando de algo em relação ao rapaz.

Apesar de mais dinamismo e agilidade que esse episódio ganhou em relação ao primeiro, não quer dizer que não teve os seus momentos Casos de Família. A mamãe megera leva Oliver até a empresa da família, e no momento que anuncia que quer o filho em um cargo de liderança, para a sua surpresa a reação dele é de negação e no meio das argumentações joga na cara o fato do Walter ser o novo macho da Sra. Queen. Aproveitando a carona no assunta a família Lance (o que restou dela) também teve um momento parecido onde Laurel jogou com gosto na cara do pai que é crescida e independente e que ele devia ter se importando mais com ela e a irmã antigamente, é aí que deu para ter um pingo de pena do delegado só nesse instante, pois deu para ver o quanto ele ficou vulnerável após a perda de Sarah e o quão a filha sobrevivente ainda lhe é importante para viver.

As cenas da ilha continuam sendo essenciais para o desenrolar da história, e espero que não façam nenhuma cagada de tirá-las sem prévio aviso pois serão nelas que muitas respostas serão respondidas. A parte que ele chega na ilha e enterra o pai foi uma cena digna, apesar dos efeitos não ajudar o suficiente. A desolada Thea foi outro nome grande nesse episódio, a caçula dos Queen que se mostrou muito carente de amor da mãe no primeiro episódio, agora mostrou grandes indícios que a personagem tem tudo para crescer no decorrer da temporada, e que ela será o grande ponto de equilíbrio de Oliver, a cena que ela o leva nos túmulos feitos para ele e o pai foi um dos momentos mais emocionantes e bacanas desse episódio.

Voltando ao vilão Somers, ele desiste de dar um fim na jovem Emily para acabar com a nossa heroína já que ela o quer atrás das grades a qualquer custo, rendendo uma sequência de acontecimentos espetacular, a ponto de estragar o momento so cute entre Oliver e Laurel. Após o ocorrido, é a hora do acerto de contas entre o Arqueiro Verde e Somers, o vilão que para mandar matar e roubar impõe poder, mas na hora do vamos ver direto com ele, age feito uma moça indefesa, e logo entra em cena a vilã China White, uma mistura de Lady Gaga com Elke Maravilha e Nikita, que merecia uma participação de maior destaque.

Com a chegada da polícia, Oliver é quase pego pelo pai de Laurel, mas ele consegue ser tão esperto que consegue fugir do rabugento delegado, e ainda o ajuda a colocar Somers atrás das grades. Apesar do discurso dado por ele depois fazendo apologia de que o Arqueiro Verde é um anarquista, creio que com o tempo Quentim poderá mudar sua ideia à respeito do herói encapuzado, mas isso não será tão cedo e muito menos nessa temporada.

Definitivamente Arrow foi o grande acerto da CW desde The Vampire Diaries, e a série tem tudo para melhorar com o passar dos episódios, gostei de verdade desse episódio. Não pode esquecer de mencionar a incrível atuação de Stephen Amell, Katie Cassidy e Willa Holland, que na minha opinião são os nomes da série.

O melhor de tudo são os cliffhangers no final, que mais uma vez ficou nas mãos da mamãe megera, e nos mostra que ela pode ser a grande vilã da história. E quem é a pessoa que ela fala no carro? E o misterioso arqueiro que acerta Oliver na ilha? Uma coisa está ligada a outra? Isso só o tempo para dizer.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER