Arrow 1×08 — Vendetta

É Oliver e Laurel. Sempre foi e isso não vai mudar.” — Tommy para Laurel

Depois do espetacular Muse of Fire, nada como dar continuidade a saga de Helena Bertinelli. Vendetta foi o segundo episódio que Oliver não é o centro das atenções, só que dessa ve,z ao invés de Laurel, quem comandou tudo foi a anti-heroína da vez.

O episódio começa com Oliver e Helena após terem ido para cama, algo um tanto previsível de ter acontecido, uma vez que o cara ficou cinco anos na ilha e ela três anos de luto após a morte do noivo, ou seja, a seca exalando ao extremo. Como estamos falando de Arrow, nada pode ser perfeito, e ela continuou dando sequência ao seu plano de vingança contra o pai, mas como a coitadinha está sendo nada discreta, Oliver entra em cena, numa tentativa de torná-la a Emily Thorne da CW.

Helena mexeu com Oliver, e muito, e quem não está gostando dessa aproximação dos dois é Dig Diggle. O braço direito do nosso vigilante o orientou em relação a moça com sede de vingança, mas como sempre o bilionário não deu bola, é claro. Na tentativa de se aproximar ainda mais da moça, Oliver a leva para o túmulo de Sarah e mostra todo o seu lado vulnerável a moça, que fica toda tocada com a história ouvida, e decide aceitar que Oliver a mostre a diferença entre justiça e vingança.

Oliver está tão empolgado em fazer de Helena uma verdadeira justiceira, que a ensina a usar arco e flecha, e até cria um uniforme (sexy por sinal) a ela. Numa pausa do treinamento, Oliver mostra a lista de seu pai para ela, que encontra o nome de um dos mafiosos que trabalha para o seu pai. Aproveitando da coincidência, nosso arqueiro decide usar da situação para mostrar a ela o que é justiça. A química entre o vigilante e a caçadora é inevitável, e pela primeira vez ela não precisou matar ninguém e viu a diferença entre uma coisa e outra.

Com a volta de Walter, Moira continua com seu lado Aracy da Top Therm em evidência, nada mudou e o seu lado mamãe megera por enquanto está adormecido. O empresário entretanto, mesmo tendo voltado para casa ele ainda está cismado com suas descobertas, inclusive quando Felicity aparece com informações relevantes de suas investigações. A princípio, Walter se fez de bom marido, e até deu uma baita repreendida sem necessidade de nossa nerd predileta.

Outra trama que está crescendo bastante é o relacionamento entre Tommy e Laurel, volto a dizer que estou gostando dos dois juntos, mas no momento que o casal decidem jantar no mesmo lugar que Oliver e Helena, é evidente aquela tensão entre o antigo casal. A parte do jantar na minha opinião, foi bastante triunfal para Laurel que estava bem afiada, começando já se convidando para se juntar ao outro casal para jantar, até o momento de pedir a Oliver um emprego para Tommy.

O que era para ser um encontro duplo, se torno um jantar conturbado, e Tommy se tornou durante um instante a namorada histérica e cheia de ciúmes, enquanto Laurel se tornou o homem da relação. Já as coisas entre Oliver e Helena ficou mais tensa, pois ela não esperava lincar Laurel a Sarah e se sentiu traída pelo bilionário. Possuída pelo ritmo ragatanga, a jovem nos fez enxergar uma coisa: a Emily Thorne de Arrow é o Oliver e não ela. Helena então se tornou uma junção de toda a família Greyson numa pessoa. Espera aí, essa é uma review de Arrow ou Revenge? Enfim, em seu momento #chatiada, ela tem uma atitude precipitada e mata um dos homens da gangue chinesa, o qual tem a vilã China White com uma das principais cabeças da facção.

O resultado desse ataque? GUERRA. A gang chinesa vai atrás de Bertinelli, que surpreendentemente é salvo pelo vigilante, que o ajuda a se livrar de China White e companhia. Quando a gente achava que Helena não podia ser mais previsível, eis que ela finalmente fica frente a frente com o pai e revela seus planos de vingança contra ele, e quando está decidida a matá-lo, o nosso arqueiro chega e começa a lutar com vingadora. Bertinelli quase mata a filha numa tentativa de parar a luta e finalmente vai preso com provas suficientes para incriminá-lo.

Walter aproveita das informações adquiridas por Felicity e encontra um caderno com o símbolo encontrado pela nerd, porém sem nada escrito. Arrependido de seu ato contra a nerd, ele aciona os serviços dela novamente e a pede para conseguir o máximo de informações do tal caderno. Com um óculos ao estilo Ciclope, descobrimos junto com Walter que existe um outro caderno com uma lista de vários nomes? Alguém tem alguma dúvida que esse caderno é ligado ao mistério que Moira carrega junto com o pai de Thommy?

Para encerrar, nem tudo terminou da forma como deveria. Enquanto Thommy e Laurel se acertaram após o episódio do jantar, e o rapaz deixa o orgulho de lado e vai atrás do amigo, contando sobre as dificuldades que esteve passando. As coisas para Oliver e Helena complicaram cada vez mais, e a moça mostrou que ela não quer ser a mocinha da história, e sim a bad girl. Mesmo com o pai preso, a jovem desiste de fazer justiça e continua com os seus planos de vingança. Você tem algum dúvida de que a caçadora voltará em breve?

PS: Produtores, ter feito a Thea quase que uma figurante nesse episódio foi desnecessário, seria melhor se ela nem tivesse aparecido então, ela é muito mais que isso. #Chatiado

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER