Arrow 1×21 — The Undertaking

Já tenho mentiras demais na minha vida.” — Queen, Oliver

Apesar de algumas falhas cronológicas de gravação, não tem como negar que esse foi o melhor episódio da série até agora. Arrow entrou em contagem regressiva para a sua tão aguardada season finale. Os acontecimentos em The Undertaking serviu para nos mostrar que os três últimos episódios da primeira e bem sucedida temporada não estão para brincadeira.

O que me surpreendeu foram os flashbacks apresentados, pois pela primeira vez a parte da tentativa de sobrevivência do Oliver não foi mostrada, e sim como era a vida de todos antes da tragédia em alto mar. Em muitos momentos eu achei que já estivesse assistindo a season finale, pois essas recordações trouxeram à tona muitas respostas de teorias que haviam sendo reformuladas no decorrer dessa temporada.

Já era de se esperar que Oliver e Dig Diggle estariam ainda rompidos quando o episódio começou. Quando Felicity descobre informações cruciais sobre o paradeiro de Walter, o rapaz, sem alternativas, acaba recrutando nossa loira para colocar em prática o seu plano. Realmente de algo bom foi esse rompimento entre Queen e Diggle, pois serve para mostrar que Felicity não é apenas necessária nos bastidores do esquadrão, ponto positivo.

Definitivamente, a vingança e justiça trabalham lado a lado em Arrow. Com os flashbacks apresentados, deu para perceber que tudo desde o começo girou em torno não da família Queen, mas sim dos Merlyn. Deu para perceber tamanha crueldade e amargura por trás de Malcolm, a culpa que ele carrega pela morte da esposa e isso ser o fator principal dele destruir Glades. Quando eu sempre digo que a série é a versão da CW para Revenge agora percebo que estou enganado. Emily Thorne jamais mandaria destruir um lugar para vingar a morte do pai dela.

Episode 121

Depois da notícia da suposta morte de Walter, Moira pecou em agir pela emoção e tirar satisfações com Malcolm, por pouco que ela levou o plano que ela tem em mente. Falando na matriarca da família Queen, definitivamente os flashbacks apresentados mostram que ela não é uma vilã, e sim quer fazer justiça ao melhor estilo Dormindo Com o Inimigo, adquirindo os mínimos detalhes possíveis sobre o plano dele. Sobre o seu verdadeiro intuito de impedir o vilão só serão revelados nos próximos dois episódios, mas que ela tem uma carta na manga e de mestre, isso é fato.

O legal das cenas apresentadas em The Undertaking foi mostrar um outro lado de Oliver que só ouvíamos falar. Definitivamente ele melhorou como pessoa uns 500%, e se ele não tivesse sido um babaca com Laurel, na época uma jovem dedicada e apaixonada pelo namorado, os dois ainda estariam juntos.

Eu não acreditei quando foi dito que Walter havia morrido, eu esperava que o empresário só aparecesse na season finale, sendo usado como isca para Oliver chegar até Malcolm, me enganei. Dig Diggle ter rejeitado ajudar Felicity em tentar saber notícias do rapaz foi a melhor coisa que aconteceu, pois isso era algo que somente ela e Oliver poderiam solucionar juntos, e foi o que aconteceu. É incrível a sintonia entre os dois, aliás os três, eles têm uma química sensacional, mas o vigilante e a nerd juntos é outro nível.

Antes de chegar ao final dessa review, claro que é bom mencionar o triângulo amoroso Oliver/Laurel/Tommy. A advogada foi atrás do namorado querendo saber o motivo dele tê-la dispensado, e me surpreendeu já a pose fria dele. Como Laurel disse, ele está muito igual ao pai dele, e digo mais, se Malcolm morrer na season finale, ele tem tudo para ser um vilão mil vezes mais dissimulado, e sinceramente estou louco para ver isso. Só achei uma covardia da parte dele ter usado Oliver como pretexto de colocar um ponto final no namoro de Laurel, por mais que a verdade tenha sido dita a ela de ambas as partes. Alguém tem alguma dúvida que possa acontecer alguma recaída entre os dois ainda nessa temporada e um relacionamento de idas e vindas no próximo ano?

A reconciliação entre Oliver e Diggle é uma coisa mais do que óbvia, mas achei que isso aconteceria somente no episódio final. O legal é que a vingança do segurança para deter Deadshot ficou no ar como uma das principais tramas para a próxima temporada, pois abordar essa história agora faltando dois episódios para o desfecho do primeiro ano, seria burrice.

Sem dúvidas, esse foi o melhor episódio de Arrow até agora e os dois próximos têm tudo para superá-lo. Oliver pode finalmente perceber que sua mãe não é aliada a Merlyn em acabar com Glades, após ter gravado a conversa dos dois, e ele vai fazer de tudo para tentar impedí-la de deter o vilão . E com certeza Tommy terá sua primeira atitude de Judas, revelando a verdade ao seu pai sobre a identidade do vigilante. Além disso, o motivo de Malcolm ter sabotado o navio de Robert, tudo isso são elementos importantes para então nos levar a uma épica season finale. Haja coração!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Analisamos o feed de Instagram da dona do pop.

A poc de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!