Arrow 4×06 — Lost Souls

Lost Souls tem roteiro um tanto exagerado, mas ainda não perde a linha.

Nós vamos ficar bem […] Porque encontramos nós mesmo um no outro.” SMOAK, Felicity

Para tudo que a Mama Smoak está na área. Mais uma vez tomando toda atenção para si, Donna volta a Starcity para passar um tempo com a filha. Foi uma boa escolha trazer a personagem de volta exatamente no episódio que relembra o quanto Felicity pode ser chata se os roteiristas quiserem.

A parte boa do surto da moça foi Oliver acordar e perceber que seu relacionamento não é a prova de balas. Pontos positivos para os maquiadores que fazem as cicatrizes do arqueiro. Na cena final de reconciliação dá até pra pensar que Stephem tem todas aquelas marcas no corpo de verdade.

Para quem não tinha gostado do retorno de Sara eis que tivemos uma boa notícia. A canário original mal voltou e já deu adeus novamente. Tudo indica que a personagem vá viver sua transformação em canário branco longe dos olhos do público. Fazendo uma nova aparição na série já transformada antes de partir para Legends Of Tomorrow.

Arrow

Quem também está de volta, e teve boa parte do episódio em torno dele, é Ray Palmer, com seus comentários inapropriados de praxe. Nem uma temporada preso em um cubo de vidro acabou com o humor do personagem.

Pelo menos ele não voltou dos mortos, não literalmente. O exagero do episódio ficou exatamente por conta do seu resgate. Pareceu tudo muito complicado, mas ao mesmo tempo muito fácil. Enfrentar Damien Darhk e sair ileso, enquanto o restante do time mata uma dúzia de ghosts.

Como se o grande vilão fosse ter uma fortaleza tão desprotegida. O vilão vem dando show na série com sua presença em cena. Damien é paciente e controlado, seu olhar psicótico manda um sinal claro de perigo. Ele pode até não ser jovem e atraente como nas HQ’s, mas faz uma interpretação esmagadora do personagem.

Confusões à parte, os fãs de #Olicity puderam dormir tranquilos. Apesar do romance ter dado uma balançada, Mama Smoak deu um conselho genial para a filha perdida e o casal terminou em bons lençóis, literalmente. Outra decisão muito sábia dos produtores, afinal sabemos que separá-los pode levar a série para rumos nada agradáveis. Então é melhor aceitar que o romance está no ar para ficar.

Além do resgate de Ray, outro assunto em alta neste episódio, foi “ter uma vida normal”. Sara partiu para tentar ter uma vida normal. Oliver e Felicity querem um relacionamento normal. Até a Thea resolveu dar uma chance para Alex — e quem não daria? O que é bom para apagar o fantasma Roy da vida dela. Só vamos torcer para o gerente de campanha não tentar matá-la como seu último interesse amoroso.

Por fim, quem pensou que o romance parou aí ainda teve uma surpresa bem no finzinho do episódio. Os produtores de Arrow estavam se sentindo cupidos em Lost Souls, e Donna acabou esbarrando em ninguém menos que Lance. Se o romance vai para frente ou não ainda é difícil saber. Mas isso está acontecendo, então melhor relaxar e esperar pelo melhor.

Chegou a hora de você dar sua opinião, deixe sua nota para o episódio nos comentários abaixo e suas teorias sobre os planos sombrios de Darhk nos comentários. Antes um aperitivo do que veremos semana que vem:

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER