Arrow 4×23 — Schism [SEASON FINALE]

Depois de uma temporada cheia de altos e baixos Arrow se despede com chave de ouro em Schism.

Existe o homem que matou Darhk a sangue frio, a esse mesmo homem subiu em um carro e devolveu a esperança para a cidade. O que você está sentindo não é escuridão, é cisma. Você está em guerra com os dois lados de você mesmo.” SMOAK, Felicity

Mesmo os fãs mais incondicionais da série sabem que passamos por mais um ano em que nem tudo foram flores. Várias coisas começaram bem nessa temporada, mas acabaram saindo dos trilhos. No entanto, temos que admitir que a conclusão desse ano foi tão épica quanto a dos anos anteriores.

Devidamente apontado por Oliver durante o episódio, Starcity já sobreviveu a muita coisa e nem por isso deixou de existir. Mais fácil mesmo é se mudar para qualquer lugar que não seja ali, mas sem habitantes não há cidade para ser salva e nós não queremos que isso aconteça.

Em alguns momentos Schism pareceu entrar em um ritmo muito clichê e repetitivo. Como se todos tivessem recebido o roteiro errado com falas repetidas e o episódio tivesse sido rodado assim mesmo. O embate final entre Oliver em Darhk começou com uma luta bem coreografada, mas terminou com uma disputa de socos pausados como se um desafiasse o outro a dar o soco mais forte até que finalmente o arqueiro matou seu grande inimigo.

Sim, agradecemos a todos os santos pelo fato de Oliver finalmente ter matado seu rival, ao invés de tentar prendê-lo, dando-lhe a chance de escapar e matar mais um membro querido do nosso elenco.

No fim das contas Arrow parece estabelecer um novo padrão para suas Season Finales: a incerteza de que o time voltará para o próximo ano. Apesar de sabermos que grande parte dos contratos já estão assinados para a quinta temporada, se o personagem permanece no time ou fará apenas participações especiais é o grande mistério.

A decisão de deixar apenas Oliver e Felicity guardando o forte dessa vez, além de bem arquitetada, afinal foram eles que partiram na temporada anterior, deixa as possibilidades abertas para não retornos.

Durante esse período de férias entre o fim da temporada e o início das gravações da próxima, os produtores podem sentir o que pode ser feito, quem pode voltar e quem pode ficar de fora, pois não fará falta para o público. Apesar de ser improvável que Thea e Diggle fiquem muito tempo afastados da telinha, podemos torcer para ao menos Malcolm desaparecer definitivamente de cena.

Alguém aí lembrou de ir buscar a filha do Darhk? Pois é, aparentemente a garota ficou abandonada, pois ninguém lembrou que ela estava lá depois que seu pai morreu. Talvez daqui uns dez anos ela retorne como a grande vilã da série, nunca se sabe.

Finalmente tivemos uma conclusão, um tanto descartável, para os flashbacks desse ano, que nem mereciam menção aqui, afinal Amanda Waller ter guardado o artefato que dava poder a Darhk antes do vilão colocar as mão na peça não é nenhuma informação relevante. Se o vilão buscou o artefato e roubou-o ou recebeu-o da própria Waller agora não faz sentido argumentar, afinal os dois estão mortos.

Ainda tivemos um gancho para os cinco primeiros minutos do ano cinco da série. Oliver se tornando finalmente prefeito de Starcity. Dessa vez o arqueiro vai deixar o uniforme de lado e participar ativamente da recuperação da cidade após o caos dos últimos episódios, mas só durante as férias, na volta da série um novo vilão, novos desafios e mais green arrow tentando salvar Starcity.

Schism

Num balanço geral, não temos muito do que reclamar. É preciso lembrar que infelizmente Arrow não faz parte de um pacote DC e Netflix ou HBO, que são dois grandes produtores de qualidade inigualável, assim como outros nomes. Por isso, dentro das possibilidades e da abertura dada pelo pequeno canal americano (sim, a CW é um canal pequeno), a série concluiu bem seu quarto ano. Agora só nos resta aguardar a quinta temporada, que tem previsão de estreia para outubro, com direito a mega crossover com The Flash, Legends Of Tomorrow e a recém adição ao quadro da CW, SuperGirl.

Não se esqueça de dar uma nota para essa season finale em nosso placar e nos contar o que você achou desse final de temporada nos comentários. Até outubro pessoal.

Schism [taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER