Arrow 5×07 — Vigilante

Arrow parece começar a acumular tramas rumo a winter finale, ainda não sabemos dizer se isso é bom ou ruim baseado apenas em Vigilante.

A verdade é uma questão de ponto de vista!” — KOVAR, Konstantin

Mesmo tendo tirado do caminho, ou não, as suspeitas de que Lance talvez fosse Prometheus, o que parece realmente terrível, mas não totalmente fora de questão. Em Vigilante, vemos que os roteiristas estão apostando em um acúmulo de mistérios que podem não ser tão saudáveis para a série se analisarmos o quadro geral.

Para nós a identidade do Vigilante em questão, apresentado no episódio homônimo, não é um segredo. Desde que foi apresentado o novo promotor de StarCity já carrega o nome do personagem original que apareceu sob o manto de justiceiro, apenas, agora. Adrian Chase não é o primeiro personagem da DC a usar este nome, que surgiu pela primeira vez com Greg Saunders em 1941, o Vigilante fazia parte do grupo de heróis conhecido como Os Sete Soldados da Vitória, que tiveram uma minissérie nesse mesmo ano.

No entanto em Arrow temos uma versão mais recente do herói, Adrian Chase apareceu pela primeira vez sob o manto do Vigilante em 1982 em New Teen Titans #23 e morreu no fim de sua série individual chamada Vigilante #50 em 1988. Depois disso outros personagens vestiram seu manto no decorrer dos anos e das reformulações da DC. Vale deixar um bônus aqui para o uniforme do Vigilante que ficou muito fiel ao dos quadrinhos.

E apesar de Adrian ter dado muito trabalho para o #TeamArrow nesse episódio, ele ou sua identidade não foram os pontos mais interessantes. Não vamos criticar mais uma vez o novo time, mas foi com certo alívio que vimos a reviravolta no fim do episódio com Artemis se encontrando com Prometheus, já estava na hora da nova equipe começar a se desfazer para abrir caminho para o time voltar ao normal.

Lembrando que o #TeamArrow atualmente está mais diversificado do que nunca, mas essa diversidade não garantiu funcionalidade, infelizmente os novos recrutas não estão agradando e é bom ver que finalmente eles já começam a seguir caminhos diferentes. Por enquanto Wild Dog tem ganho nossos corações, mas entre ele e a volta de Arsenal nós certamente preferimos Arsenal.

Outro ponto bem interessante nesse episódio que também podemos considerar um acúmulo de trama foi o desenvolvimento do relacionamento de Oliver e Susan, nós já sabemos que ela tem pistas sobre o passado de Oliver na Rússia quando ele deveria estar na ilha, mas a repórter parece tentar juntar mais informações antes de jogar essa bomba no colo do arqueiro. Ainda durante o episódio ela cita um amigo russo com quem estava conversando, que pode indicar o trabalho dela para conseguir mais informações.

Por fim só temos que apontar o quanto os diálogos entre o Arqueiro Verde e o Vigilante soaram um tanto forçados e clichês. O ator Josh Segarra não é ruim, inclusive sua cena na sala de interrogatório foi muito boa, se não contarmos a falha do pessoal da sonoplastia que poderia ter melhorado o som quando ele bate a mão sobre a máscara da acusada. De modo geral ele é um bom ator, o que não ajudou foi o texto e o tom escolhido para as conversas.

Arrow - Vigilante

Conta pra gente o que você achou desse episódio e dê uma nota para ele em nosso placar. Arrow volta dia 30 de novembro quando seu episódio fará parte do megacrossover das quatro séries da DC na CW. Confira a promo.

[taq_review]

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!