As 16 melhores frases do rabugento Simon Cowell

Todo mundo adora chamá-lo de grosso, estúpido e sem coração, afinal se algo não é de seu agrado, um simples “desculpe, não gostei” não é o suficiente. Ele faz questão de deixar isso bem claro, humilhando os candidatos.

Sim, estamos falando de Simon Cowell, o ex-jurado do programa de calouros mais popular dos últimos anos: American Idol, que está de volta amanhã na televisão norte-americana.

Mas ao passo que é considerado um monstro, Simon pode ser o jurado mais fantástico do programa, fazendo o candidato se sentir o melhor artista do mundo. Será que Jennifer Lopez e Steven Tyler darão conta do recado?

A Diz Aí dessa semana traz uma seleção de vídeos com as melhores críticas de Simon. Tem de tudo. Desde os comentários mais maldosos até aqueles que deixam qualquer telespectador em lágrimas (crítica a Lee DeWyze). E aí, American Idol sobrevive sem Simon Cowell?

Simon, o monstro:

“Kristy, eu achei horroroso. Você parecia a Dolly Parton com gás hélio. Desculpe Kristy, isso foi muito corajoso, mas estúpido de se fazer, pois essa música não funciona com esse estílo. Parecia que você estava numa feira country com dois tocadores de banjo do lado. Eu simplesmente não gostei.“ — para Kristy Lee Cook ao cantar Eight Days A Week (7ª temporada)

“Eu não gostei de nada. Desculpe-me, mas, mais uma vez, este é o momento do programa em que você tem que vir e arrasar. O que você acabou de fazer foi uma versão de cabaré de uma música de cabaré. Honestamente, não havia nenhuma confiança, nada no seu vocal que eu poderia me apegar e dizer ‘esta garota vai se tornar uma grande artista.’ Foi muito normal. Eu não aceito essa história de nervosismo nesse ponto. Todo mundo teve um começo para se tornar uma estrela nesse programa. Se você não se apegar a isso, então não acredito que você mereça ganhar essa competição.” — para Joanne Borgella ao cantar I Say A Little Prayer (7ª temporada)

“A ironia é que a frase mais usada na música era “Eu não quero te entediar” mas essa foi, sem dúvida, a apresentação mais monótona que tivemos essa noite. Sério, Sanjay. Metade da banda estava dormindo durante a apresentação. Quanto tempo durou? Um minuto e meio? Parecia uma hora. Quer saber? É isso que chamo de perda de tempo, pois não consegui absorver nada dela, a não ser tédio.” — para Sanjaya Malakar ao cantar Knocks Me Off My Feet (6ª temporada)

“Janay, deixe-me usar uma analogia de horóscopo já que você mencionou uma: uma mala e uma viagem de avião dentro de 24 horas, pois eu honestamente não acredito que você irá durar outra semana depois disso. Você está bonita, mas sua voz estava horrível. — para Janay Castine ao cantar Dreaming of You (4ª temporada)

“Parabéns por voltar (da berlinda). Dito isso, baseado naquela apresentação, nós absolutamente tomamos a decisão correta ao não escolhe-lo para continuar (na competição). Estou falando sério. Não tinha nada, NADA, que salvasse. O vocal estava fraco, a versão era fraca. Você não retornou como um performer nato e a verdade é que eu não acho que sua voz seja boa o suficiente.” — para Tim Urban ao cantar Apologize (9ª temporada)

“A última nota… parecia que estávamos assistindo a um filme de terror, como uma cena de Sexta-feira 13. Parecia aquele grito, sabe, um pouco exagerado.” — para Danny Gokey ao cantar Dream On (8ª temporada)

Simon, o melhor amigo:

“Carrie, você não é apenas a garota para ser superada, você é a pessoa para ser superada. Vou fazer uma previsão. Você não ganhar apenas o programa. Você irá vender mais discos do que qualquer outro vencedor!” — para Carrie Underwood ao cantar Alone (4ª temporada)

“A gente se conhece há 12 semanas. Se eu for reservar um lugar na final para a pessoa que, constantemente, deu um show semana a semana, essa pessoa é você.”– para Melinda Doolittle ao cantar I’m a Woman (6ª temporada)

“Você exemplificou tão bem o que quero dizer… Os EUA não são conhecidos por boas cantoras. São conhecidos por ótimas cantoras e você é uma delas.” — para Kelly Clarkson ao cantar Natural Woman (1ª temporada)

“Foi como se tivéssemos saído de um inferno de karaokê para um respiro de ar puro, pois essa apresentação foi original, audaciosa, se sobressaiu muito e isto é o sinal de um grande artista com potencial, alguém que se arrisca.” — para David Cook ao cantar Always Be My Baby (7ª temporada)

“Este foi o completo oposto da primeira apresentação, assim como foi original, bem planejada, e nada de karaokê. E estou nem aí se você compra ou gosta de calcinhas. Esta foi um performance fantástica!” — para Kris Allen ao cantar She Works Hard For The Money (8ª temporada)

“Você cantou lindamente. Estou com vontade de pular de uma ponte. Foi tãããão melancólico. Só quero que o sol raia ou coisa do tipo. Fico feliz que você esteja sorrindo depois disso tudo, pois foi um pouco deprimente, mas você cantou lindamente.” — para Jordin Sparks ao cantar I Who Have Nothing (6ª temporada)

“Obrigado Deus por Chris, pois nós tivemos algumas boas apresentações a noite, mas esta, para mim, foi a única grande performance, assim como posso imaginá-lo lançando um álbum de sucesso com essa canção. Odeio quando as pessoas não se arriscam, fazem versões de karaokê. É tão importante que você escolha bem uma canção, a transforme do seu jeito e se sobressaia. De longe, a melhor da noite.” — para Chris Daughtry ao canar Higher Ground (4ª temporada)

“Eu realmente acho, Katharine, que você fez os outros parecerem bons amadores. Parecia completa e totalmente de outro nível. Você parece uma profissional. Muito melhor que os outros. Foi ótimo!” — para Katharine McPhee ao cantar Someone To Watch Over Me (5ª temporada)

“Sabe, Lee, sempre acredite em você. Desde o começo da competição, nós tivemos algumas frustrações com o fato de que você não acreditava em si mesmo, como quando você fala, você evita olhar nos olhos, o que dá a entender que alguma coisa aconteceu — não sei o que — e este tem sido seu problema. Mas quero que você vá para casa hoje a noite, assista ao programa e perceba que essa é a noite em que talvez sua vida tenha mudado completamente.”— para Lee DeWyze ao cantar Treat Her Like A Lady (9ª temporada)

“Eu acho que essa foi, de longe, a melhor apresentação e a melhor canção da noite. E já que esta será a minha última crítica (da história do programa), gostaria de dizer que foi uma performance ilustre.” — para Crystal Bowersox ao cantar Up To The Mountain (9ª temporada)

Obrigado @gireogiro pela força com os links!

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!