As 5 melhores criações de Ryan Murphy

Gostando dele ou não, tendo ouvido falar dele ou não, o inegável o fato de que Ryan Murphy é o grande nome da televisão americana da atualidade e você já se pegou curtindo alguma cria dele.

O cara nem completou 50 anos ainda e é uma das personalidades mais respeitadas quando o assunto é show televisivo. Murphy é como um deus midiático e quase onipresente: produções criadas por ele estão em quatro canais (Fox, NBC, FX e Oxygen). Esse diretor, roteirista e produtor executivo deu novo fôlego à indústria televisiva americana.

Homossexual assumido, Murphy é engajado pela causa gay, mase não só por ela. Suas criações refletem sua visão de mundo e a maneira como ele encara a sociedade americana atual. Em novembro, Murphy receberá um Emmy especial, o Founders Award, prêmio oferecido àqueles que conseguem ir além das fronteiras culturais e tocar as pessoas com seu trabalho.

Com a notícia de que sua mais nova produção — The New Normal — já ganhou temporada completa, o Box de Séries resolveu prestar uma singela homenagem a esse inventivo artista e elegar suas cinco melhores criações.

5º The Glee Project

Esqueça tudo o que você ouviu falar sobre reality shows. Se você acha que Big Brother e afins são a palavra máxima quando o assunto é esculhambação da vida alheia e pessoas desesperadas por seus quinze minutos de fama, é porque ainda não tinha ouvido falar de The Glee Project. Como o próprio nome já sugera, é uma variação da série Glee e tem como objetivo “descobrir novos talentos” e agregá-los à série adolescente. Esqueçam votações e decisões pelo público. Quem decide quem ganha ou não é Ryan Murphy em pessoa que, ao final de cada episódio, dá o ar de sua graça revelando quem continua e quem é eliminado. Suas decisões são totalmente subjetivas, baseadas não no potencial artístico de cada participante e sim nas histórias de vida que o inspirarão a escrever mais papéis para o seriado. Humilhação, perseguição, possíveis testes do sofá são o prato do dia. Sem dúvida, qualquer reality show perde totalmente a graça depois que você assistir a um único episódio de The Glee Project.

4º Popular (1999–2001)

É o primeiro trabalho de Ryan Murphy para a televisão. A produção teve duas temporadas e foi o primeiro passo de Murphy rumo ao sucesso futuro. Muitos críticos concordam que Popular foi o embrião de Glee. E é perfeitamente compreensível a comparação. A série, apesar de ser um produto teen, era extremamente perspicaz em seu objetivo. A mistura genial de drama pesado e comédia nonsense fazia Popular ser diferente das demais séries do gênero ao lançar uma visão extremamente ácida do comportamente da juventude americana. Além disso, o texto de Murphy possuía um senso de humor finérrimo, absurdo e com altas cargas de histeria, brincando com os estereótipos de produções adolescentes. Isso sem contar nas inúmeras referências à cultura pop. Sem dúvida, Popular foi um excelente pontapé inicial na brilhante trajetória de Ryan da TV.

3º American Horror Story

Um Globo de Ouro. Dezessete indicações ao Emmy 2012. É assim que Ryan Murphy prova o seu talento com a série de terror American Horror Story. O projeto desenvolvido paralelamente a Glee, mostra toda a inventividade Murphy e sua aposta neste novo gênero. A série já nasceu antológica e oferece ao público personagens memoráveis e tramas arrepiantes. Naturalmente, toda a marca do produtor está lá. Isso significa que você irá encontrar excluídos, homossexuais, sexo. O tom sombrio e a temática forte não afastaram o público e nem a crítica. Ao contrário. O programa é o mais novo e inconteste sucesso de Murphy.

2º Glee

É a série mais adorada do momento. Se fosse um Top 5 com os maiores sucessos de Ryan Murphy, sem dúvida, Glee estaria em primeiro lugar disparado. É a produção mais bem-sucedida do americano e a menina de seus olhos. Em três temporadas já exibidas e a quarta começando, Ryan Murphy ressuscitou o gênero musical na televisão americana e entrou para a história, abrindo as portas para que produções semelhantes aconteçam. Além dos assuntos recorrentes nas séries para jovens, temas como sexo homossexual e inclusão de deficientes na sociedade já foram tratados ao longo dos episódios da série musical. O objetivo é justamente esse: tentar abrir a discussão de temáticas até então tabus na TV americana. Glee tem no currículo mais de 100 nomeações a diferentes prêmios. Murphy, além de um dos criadores da série, é produtor executivo e musical e um dos diretores principais da produção. Então porque raios uma série com tantos predicativos não figura em primeiro lugar? Simplesmente porque não é uma série irrepreensível. Alguns episódios deixam a desejar, apresentando sérios problemas de continuidade. Além disso, a segunda temporada foi extremamente sofrível. Glee é excelente como um todo, mas ao chegar até aqui, cometeu alguns deslizes imperdoáveis.

1º Nip/Tuck

Nip/Tuck marca o trabalho mais maduro e mais consistente da carreira de Ryan Murphy. Em suas seis temporadas, recebeu 45 indicações a prêmios, ganhando um Globo de Ouro e um Emmy de Melhor Série Dramática. Colecionou muitos elogios e muitas críticas, em parte devido a uma abordagem crua de assuntos como incesto, homossexualidade, mudança de sexo, drogas, pornografia e AIDS, violência e procedimentos cirúrgicos. Com Nip/Tuck, Murphy consegue provar, mais uma vez, que tem capacidade criativa suficiente para alimentar seis temporadas de uma produção de sucesso, ainda que num canal a cabo. Sem dúvida, Nip/Tuck é a melhor criação de Murphy e aquela que garantiu ao produtor carta branca para fazer o que bem entendesse.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER