As diversas faces de United States of Tara

[CONTÉM SPOILERS] O fim do ano está próximo, Reveillón logo mais, e para marcar esta virada, o Box Fechado traz uma série super especial, sucesso de crítica, cheia de fãs e que deixou muita gente chocada com seu cancelamento em 2011. Quem não esperava começar 2012 aguardando a quarta temporada de United States of Tara?

Pois é, eu fiquei arrasada com o cancelamento da série, afinal ela marcou a televisão e o mundo dos seriados, pois trouxe um tema — transtorno dissociativo de identidade (TDI) — pouco abordado e nos proporcionou umas das atuações mais brilhantes de uma atriz em série de TV: Toni Collette (dos filmes Pequena Miss Sunshine e Em Seu Lugar), que interpretava a personagem principal, Tara Gregson.

Tara é artista plástica e parece ser uma mãe de família comum, vive com o marido, Max (John Corbett, o Aidan de Sex and the City), e seus dois filhos, Kate (Brie Larson, Raising Dad) e Marshall (Keir Gilchrist, The Winner). Mas, basta passar alguns dias perto da família que logo percebe-se que não se trata de uma mãe tão comum assim.

Tara sofre de TDI, que faz com que ela desenvolva múltiplas personalidades. Isso afeta sua vida há anos, desde os tempos de faculdade. Ao parar de tomar a medicação que controla a doença, as personalidades passam a aparecer com frequência e a atormentar Tara e todos que a cercam.

Ao longo das três temporadas, são apresentados seis alter egos: a desinibida T tem 16 anos é um pouco descontrolada, provocadora, é a que mais apronta confusões, seguida de Buck, o alter masculino, machão, com fama de ‘pegador’. Na segunda temporada, Buck chega a ter um caso com uma garçonete, o que deixa Max profundamente magoado.

Já Alice é a mais comportada, uma mãe ‘perfeita’, protetora; Shoshana é um alter ego que aparece na segunda temporada, após Tara ler um livro escrito por uma terapeuta de mesmo nome. Apesar de também confundir a vida de Tara, ela se tornou a personalidade mais equilibrada.

Gimme é a personalidade mais estranha. Não se sabe se é humano ou animal, apenas que é perigoso, e tem característica de urinar nas pessoas enquanto dormem. E, por último, Franguinha, o alter que aparece quando Tara descobre que, quando criança, foi enviada a um orfanato junto com a irmã, Charmaine (Rosemarie DeWitt, Standoff e Mad Men). Franguinha representa Tara aos cinco anos de idade, é assustada e indefesa.

Durante toda a série, Tara vai em busca de respostas para o seu transtorno. E é na terceira temporada que um sétimo alter aparece, aquele que talvez responda tudo o que ela procura: Bryce, o meio irmão que a molestou quando criança. Bryce seria o causador do transtorno de Tara anos depois. No fim de tudo, Tara ‘mata’ as personalidades problemáticas, permanece com as inciais e segue para um tratamento em Boston. A série termina com um final digno, sem decepções.

E enquanto acompanhamos a convivência de Tara com sua família, vizinhos e amigos, também adentramos na vida dos outros personagens. Mesmo com episódios curtos, de aproximadamente 25 minutos, United States of Tara tinha tempo para tudo isso e mostrava a passagem para a vida adulta e a busca por independência de Kate, as descobertas amorosas e sexuais de Marshall, os problemas individuais de Max e muito mais!

A série não peca em nenhum momento ao mostrar as histórias paralelas. Inclusive, uma das cenas mais emocionantes é justamente de uma dessas tramas, quando Marshall descobre que seu ex-namorado, Lionel (Michael J. Willett ), morreu em um acidente de carro. Assista:

United States of Tara teve três temporadas, com um total de 36 episódios, todos exibidos pelo canal americano Showtime, entre janeiro de 2009 e junho de 2011. No Brasil, é transmitida pelo canal pago Fox. A série foi criada por Diablo Cody, autora do sucesso Juno. Veja a abertura, que infelizmente não esteve presente na terceira temporada:

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER