As melhores não-aberturas das séries

Há algum tempo, nesta mesma coluna, você acompanhou o ranking com as cinco melhores aberturas das séries. Acontece que, nem sempre, uma série possui uma abertura propriamente dita. Às vezes, não passa de uma vinheta de poucos segundos, apenas apresentando a atração, situando o espectador.

Apesar do pouco tempo de duração, algumas são tão marcantes e fundamentais quanto uma abertura tradicional e, por vezes, atua como um personagem dentro do episódio. Vamos elencar as cinco melhores não-aberturas das séries.

5º Supernatural

Vidros se quebrando, explosões, eletricidade, sangue, morcegos. Supernatural não figura nem de longe na lista das melhores séries, mas o mesmo não pode ser dito de suas vinhetas iniciais. O resumo dos episódios anteriores (“Then…”), os fatos presentes (“And now…”), seguidos do nome do seriado apresentado de maneira diferente a cada temporada. Ao menos em alguma coisa a série consegue sair da mesmice.

4º Scandal

Os cliques de uma máquina fotográfica. Menos de dez segundos e você já sabe que Shonda Rhimes de preparou para um delicioso episódio dessa série que bem conquistando cada vez mais espaço. Uma não abertura que se encaixa totalmente dentro da proposta da série. Está pronto para o seu close?

3º Glee

Um sinal de escola. Quem nunca foi torturado pelo maldito sinal, que demorava séculos para anunciar o fim de uma aula e o início do recreio que atire a primeira pedra. Nesta caso específico, o sinal anuncia um novo episódio do seriado que arrebatou adolescentes e alternativos do mundo todo. A qualidade de Glee pode até ser questionada, mas essa não-abertura jamais!

2º Breaking Bad

Alguns acordes, símbolos químicos saltando na tela e uma fumaça verde. Pronto. O caminho estava aberto para a melhor série da atualidade e uma das melhores de todos os tempos. Não precisou de muito para presenciarmos um grande evento televisivo. Como em todos os seus aspectos, Breaking Bad soube fazer do pouco, muito.

1º Lost

Lost revolucionou a TV. Essa é uma verdade inconteste. A maneira que ela continuou ao longo de suas temporadas e sua finalização são outra conversa. Outro fato inconteste é que sua revolução esteve até em sua singela abertura. Impossível não sentir um frio na barriga com aquelas letras brancas em um fundo preto e aquela trilha apavorante. Mais uma que rezou a cartilha do menos ser mais e que, sem dúvida, é a melhor não-abertura de todos os tempos.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER