As mulheres fora do tempo em Outlander

Protagonista de Outlander como a voz moderna no século 18

Como seria viver no século 18? Um século cheio de revoluções e perigos, principalmente para mulheres. Uma época em que por um motivo tolo, uma mulher poderia morrer queimada na fogueira por bruxaria. Época em que se defendia a mulher obedecer seu marido e apanhar dele, caso desobedecesse. É nessa época em que Claire Randall vai parar.

Outlander

Outlander é baseada em uma série de livros de Diana Gabaldon, em que sua protagonista Claire Randall viaja pelo tempo e vai parar em 1743. Claire é uma mulher inglesa moderna e que foi enfermeira durante a Segunda Guerra Mundial. Seu marido, Frank Randall, também serviu o exército britânico, mas como espião. Quando a guerra termina, os dois decidem fazer uma viagem para se reaproximarem, pois ficaram anos separados. Eles viajam para a Escócia, onde Frank começa a pesquisar sobre seu antepassado, um capitão inglês chamado Jonathan Randall, mais conhecido como Black Jack. E é nessa viagem que, inexplicavelmente, Claire vai para o passado e conhece o clã McKenzie e o jovem guerreiro Jamie Fraser.

outlander-series

Outlander é uma série sobre romance, mas também de história, e é nesse ponto que a produção deixa claro como era difícil para nós, mulheres, vivermos em 1743. Claire, de uma época mais moderna, enfrenta esses tabus, mas acaba colhendo problemas por se impor.

Ela já foi quase estuprada várias vezes, inclusive já no primeiro episódio. Em determinado momento, Geillis Duncan diz para Claire que uma mulher andar sozinha é perigoso. E em vários pontos da série isso é demonstrado. O mais irônico é que o ano é 1743, mas poderia muito bem ser 2015. Não que nós mulheres tenhamos que ter medo de andarmos por onde bem entendermos, mas a questão é que, da mesma forma como trataram Claire no século 18, ainda tratam muitas mulheres hoje. Acham que podem forçá-las a fazer sexo porque querem ou que podem bater para que elas “aprendam a lição”.

Outlander

É aí que Claire é um farol de um feminismo que não surgiu ainda no século 18. Após apanhar para aprender a lição, Claire deixa claro para Jamie que ele nunca mais deve encostar a mão nela, ou terá represália. Ele entende e jura que nunca mais fará algo do tipo.

Como era enfermeira, Claire tinha bastante noção e conhecimentos sobre ervas para curar doenças. E, claro, como era de 200 anos à frente, conhecia alguns avanços que seus novos companheiros, não. Um menino estava doente, mas todos achavam que ele estava possuído pelo demônio. Ela descobriu que foi veneno e salvou-o, causando a fúria de um padre. Tempos depois, Claire e sua amiga, Geillis, são acusadas de bruxaria. Ambas eram curandeiras, mas a sociedade não assimilava desse jeito. Queriam queimá-las como bruxas.

Se tem uma coisa que Outlander demonstra bem é que, o século é o 18, mas poderia muito bem ser o 21. Ainda acusam as mulheres de serem o mal do mundo, muitas ainda são estupradas, e muitas ainda sofrem violência de seus maridos, que acham que não há problema algum em serem violentos.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER