As músicas da semana: The Originals, Scorpion, Lucifer e mais!

Confira o que foi trilha sonora das séries de TV nesta semana, incluindo Scorpion, Lucifer, The Originals, Reign, Grey’s Anatomy e mais.

Já começaram as despedidas da fall season, mas não se preocupe, em setembro suas séries favoritas estão de volta — pelo menos a maioria delas.

E por despedidas, podemos dizer que teve de tudo nesta semana. Scorpion e Lucifer encerraram suas temporadas, teve gente enterrada em The Blacklist e muito choro em Nashville. Mas não foi só isso: Reign retorna em alta, Grey’s Anatomy e Once Upon a Time com muito romance e Empire recebendo um convidado bem especial.

play e curta nossa seleção de músicas da semana!

My Love (Jess Glynne) — Grey’s Anatomy 12×21

Você provavelmente reconhece essa voz do hit Rather Be, mas no episódio You’re Gonna Need Someone on Your Side, Jess Glynne teve a oportunidade de apresentar seu trabalho individual. A linda My Love tocou na cena em que Arizona grita com Penny no refeitório, e Kyle beija Stephanie antes de ir para a cirurgia.

Waiting Game (Parson James) — The Originals 3×19

Mais uma música que vai te fazer chorar! Waiting Game, do cantor Parson James, tocou no final do episódio No More Heartbreaks, de The Originals, na cena em que Davina é consolada por Marcel, e Vicent se despede de Camille.

Ooh La La (The Faces) — The Blacklist 3×20

Teve despedida também em The Blacklist. No episódio The Artax Network, Aram, Harold, Samar, Ressler enterram Liz ao som de Ooh La La, e eles se perguntam depois porque Red não foi ao funeral. Suspeito, não é verdade?

Lost in a Crowd (Fantastic Negrito e Jussie Smollett) — Empire 2×15

O que era para ser mais uma participação musical, se tornou num dos melhores momentos do episódio More Than Kin, de Empire. Xavier Dphrepaulezz apareceu cantando sua musica Lost in a Crowd, e contou com a voz de Jussie Smollett para deixa-lá ainda mais impactante.

Dancing on My Own (Callum Scott) — The Vampire Diaries 7×20

Direto da terra da Rainha Elizabeth, The Vampire Diaries trouxe o cantor Callum Scott com sua versão do hit Dancing on My Own, sucesso da cantora Robyn. A música tocou no final do episódio Kill ’Em All, quando Bonnie conversa com Alaric, Caroline e Enzo sobre o futuro e seu relacionamento com Stefan.

Hold on to Me (Connie Britton) — Nashville 4×17

Nashville está (mais uma vez) com a corda no pescoço, mas a trilha sonora não tem deixado a desejar. O episódio desta semana, Baby Come Home, encerrou com Rayna cantando Hold on to Me enquanto Maddie deixa o evento, o que a deixa preocupada.

I Don’t Want to Set the World On Fire (The Ink Spots) — Once Upon a Time 5×19

Hades tem se mostrado um dos vilões mais poderosos até aqui em Once Upon a Time, mas ele tem uma fraqueza: Zelena. No episódio Sisters, o Rei do Inferno dirige pelos seus domínios e prepara um jantar romântico para a Wicked Witch ao som de I Don’t Want to Set the World On Fire. Quanto amor!

Kings and Queens and Vagabonds (Ellem) -Reign 3×11

Reign está de volta para encerrar a terceira temporada, e a Rainha Mary esta mais forte do que nunca. Com a coroação de Charles na França e tantas disputas eclodindo na Escócia, tem que ter muita força mesmo. Ao som de Kings and Queens and Vagabonds, ela revive sua coroação com Francis ao dar ao cunhado um lenço que foi do falecido rei. Dá até saudade do tempo que ela foi feliz nessa série.

Black Magic (Ruston Kelly) — Scorpion 2×24

Para encerrar a segunda temporada, os gênios de Scorpion enfrentaram um inimigo conhecido com a missão de salvar a pele — literalmente — de Toby. Bom, no fim nem tudo saiu conforme o planejado para o Doc e Happy, mas isso não impediu de Walter cair na real, mesmo aos 45 do segundo tempo, de que ele precisava correr atrás de Paige. Isso aí amigos, Waige é real, e curtimos muito o final ao som de Black Magic.

Being Evil Has a Price (Heavy Young Heathens) — Lucifer

Nesta temporada conhecemos as artimanhas do Senhor do Inferno em pessoa — e como ele é chefe em resolver crimes que parecem impossíveis. No final das contas, ficamos encantados pelo charme de Lucifer, e não esperamos pela segunda temporada. Até lá, nos contentamos com o viciante rock de abertura Being Evil Has a Price, cantada pela banda Heavy Young Heathens.

Alguma sugestão que ficou de fora da nossa playlist? Compartilha com a gente nos comentários!

Até semana que vem!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER