As músicas do finale de True Blood

Pois é, gente. A temporada mais criticada de True Blood chegou ao fim nesse fim de semana e agora ficaremos nove meses discutindo se devemos parar ou não de ver a série. Crítica a situação de uma das melhores séries da HBO, eu sei.

Como ainda existem fanáticos por True Blood, que amam a série mesmo quando ela está na pior, TB não irá perder tantos fãs assim, mas pode apostar que muita gente jogou a toalha depois dessa temporada.

Essa quinta temporada se resume em histórias soltas, coadjuvantes com (MUITO) mais importância que a protagonista, mocinho mais chato do mundo virando o vilão mais chato do mundo e muita vergonha alheia. Olha, se você gostou disso, seus padrões para True Blood estão bem baixos.

Não serei hipócrita, se me perguntarem se larguei a série, a verdade é que não, mas isso porque já faz cinco anos que acompanho a série e não estou pronta para não ver o final. Quem sabe, as coisas melhoram na temporada que vem, não é? Ou talvez eu deva adotar os passos de término de relacionamento com séries que o Box ofereceu para nós. Mas, pelo menos, me sinto em sã consciência de saber que o que foi apresentado esse ano não foi bom, não.

Como nem tudo está perdido, as músicas ainda prestam, e muito. Então confere aí o que rolou musicalmente nesse final:

Stevie Wonder — Sunset

Como considero que a finale começou no fim do episódio 11, deixo com vocês a canção que terminou o penúltimo episódio, que toca nos créditos finais, logo depois de Russel sugar completamente a fada mais velha.

Brick — Dazz

A final, propriamente dita, não teve muita música, infelizmente. Só duas canções compuseram o set musical, e a primeira foi Dazz, quando Lafayette coloca para tocar no Merlotte’s enquanto o chefe não está no bar. Aliás, Lafayette foi o personagem mais disperdiçado nessa temporada, devo dizer.

Stabbing Westward — Save Yourself

E a última música do episódio fica por conta da banda Stabbing Westward. A canção toca nos créditos finais, logo depois de Bill renascer do próprio sangue. Sei que muitos ficaram felizes por três segundos quando Bill morreu. Infelizmente, já era previsível que ele iria retornar. E já escrevam o que eu digo: a próxima temporada terá como objetivo principal tentar salvar Bill e fazê-lo voltar a ser o mesmo chato de sempre. Já pararam para pensar que Bill será nosso vilão na sexta temporada?! Dá até vontade de chorar.

É isso aí, pessoal. Pelo menos uma coisa foi boa em ter uma temporada ruim: não ficamos ansiosos por nove meses para a próxima temporada. É, True Blood, tem alguma coisa erra na sua fórmula, aí.

Até a próxima!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER