As polêmicas de Melrose Place

Essa semana, nós vamos falar da série mais polêmica dos anos 90. Quem chegou a acompanhar as armações de Michael Mancini, Sidney Andrews e da super bitch Amanda Woodward sabe que estou falando de Melrose Place, o spin-off de Barrados no Baile.

Melrose Place é o nome do complexo de apartamentos em Hollywood, de onde acompanhamos a vida dos locatários, sempre causando muita polêmica para conseguir o que desejam. A série traz fortes cenas de sexo, assassinatos e, até mesmo, a explosão do prédio, no início da quarta temporada.

O seriado exibido entre julho de 1992 e maio de 1999 pela Fox americana foi criado por Darren Star (o homem por trás de Sex and the City) e foi o primeiro grande trabalho de Grant Show (Private Practice), Marcia Cross (Desperate Housewives) e Daphne Zuniga (One Tree Hill) na TV.

Se você pensa que apenas a série é cheia de polêmicas, está enganado. Aqui vamos descobrir que a produção foi cheia de demissões e processos judiciais. Estão prontos?

# A ligação entre Melrose Place e Barrados no Baile é o personagem de Grant Show, Jake Hanson. O cara apareceu em dois episódios de Beverly Hills, 90210 como namorado de Kelly (personagem da atriz Jennie Garth) e depois, alguns atores de Barrados no Baile apareceram no spin-off para fechar a história.

# Na primeira temporada, é mencionado que Allison Parker (Courtney Thorne-Smith) e Jane Mancini (Josie Bissett) tem 23 anos e Billy Campbell (Andrew Shue) tem 22.

# Heather Locklear (Amanda Woodward) foi creditada como convidada especial durante 6 temporadas.

# Thomas Calabro (Michael Mancini) foi o único ator da versão original que esteve em todos os episódios do remake do canal CW.

# O vilão da sétima temporada, Alex Bastian (Steve Wilder), ganhou esse nome por causa do coordenador de roteiros, Jon Bastian.

# Apesar da rixa entre as personagens de Alyssa Milano (Jennifer Mancini) e Locklear, as atrizes se davam muito bem, segundo Milano.

# A atriz Hunter Tylo estava escalada originalmente para interpretar Taylor McBride, mas engravidou assim que foi contratada e acabou sendo despedida. Os produtores disseram que a gravidez violou a cláusula do contrato que fala da mudança na aparência, o que fez com que Tylo abrisse um processo judicial contra eles. Hunter ganhou o processo contra Aaron Spelling e os outros produtores, sendo recompensada com US$ 4,9 milhões.

# Stephen Fanning foi escalado originalmente para o papel de Billy Campbell, mas foi demitido durante as filmagens do piloto porque ganhou muito peso. Ele foi substituído por Andrew Shue, que filmou as cenas de Billy no piloto dois dias após a contratação.

# A terceira temporada terminaria com Kimberly Shaw (Marcia Cross) explodindo o complexo Melrose, mas a ideia foi abandonada por causa do atentado de Oklahoma, que aconteceu apenas um mês antes. Levando em consideração que as pessoas ainda estavam sensíveis ao incidente, os produtores resolveram encerrar o ano com a personagem detonando a bomba, mas a explosão só foi mostrada na season premiere seguinte.

# Quando o programa acabou, as pessoas que trabalharam no show venderam garrafas cheias com água da piscina no e-Bay.

# Courteney Cox (Friends, Cougar Town), Dean Cain (Lois & Clark), Calista Flockhart (Ally McBeal, Brothers & Sisters), Julianna Margulies (The Good Wife), Paul Rudd (Friends), Robert Sean Leonard (House), Sherry Stringfield (ER), Pamela Anderson (Baywatch), Noah Wyle (ER) e Kathy Ireland (que entrou mais tarde na série) fizeram testes para o elenco principal em 1992.

# Linden Ashby e Rob Estes fizeram participações especiais na primeira e na segunda temporadas e depois tornaram-se membros de destaque com personagens completamente diferentes. Ashby interpretou o ex-marido de Jo e depois apareceu como o Dr. Brett “Coop” Cooper. Estes apareceu como Sam no início, e tornou-se Kyle McBride mais tarde.

# A partir da quinta temporada, “St. George Industries” virou uma piada constante na série, aparecendo sempre como nome de alguma empresa aleatória. O nome surgiu por causa do assistente dos roteiristas, Chris St. George.

# No início de 1999, a Fox decidiu que a mudança de classificação e o custo altíssimo para produção dos episódios justificavam o cancelamento. Na época, chegaram a dizer que com o salário de Heather Locklear era possível produzir um episódio piloto.

E então, o que acharam de relembrar esse clássico dos anos 90? Se eu esqueci alguma coisa, comenta aí. Até a próxima!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER