As séries de “lavanderia”

Outro dia, estava lendo uma matéria no TV.com que falava dessas tais “séries de lavanderia”, na qual o repórter defendia que todo mundo tem a sua — você sabe, aquela série que você vê “mais ou menos” enquanto está cuidando dos seus afazeres domésticos, arrumando seu armário ou, até mesmo, fofocando com seus amigos no MSN ou tuitando algo engraçado que acabou de ver na net.

É uma série que não requer de toda sua atenção ou que não a prende, por qualquer que seja o motivo. Talvez você só a veja por algumas piadinhas engraçadas. Ou por causa de um personagem que você gosta… É como se você fosse entretido por ela, mas não ficasse exatamente interessado, saca?

Infelizmente, para mim, The Office se tornou uma série de lavanderia. A última temporada foi bem irregular e eu percebia que minha mente “viajava” durante os episódios. A minha torcida é que a iminente saída de Steve Carell faça com que essa próxima temporada seja melhor.

No passado, isso também aconteceu comigo ao assistir Smallville, série pela qual eu já fui fanática, mas que foi perdendo cada vez mais minha atenção, por conta da piada em que transformaram o mito Superman, até que eu a larguei de vez, ali pela oitava temporada… É, eu sei que fui até longe demais! ER foi outra que foi me cansando, mas também, 15 de série é para cansar até maratonista, né? Enfim…

Agora, eu quero saber de você: qual série você assiste assim, pela metade, sem muita atenção? Aquela que você nem se preocupa de perder um ou outro episódio, mas que sempre sabe mais ou menos em que pé está? Enfim, qual é a sua série de lavanderia?

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!