As surpresas e esnobadas do SAG Awards

oitnb

Toda vez que sai a lista de indicados a algum prêmio, por mais que os fãs menosprezem esse tipo de honraria, sempre há um misto de satisfação- por aqueles que foram lembrados — e revolta pelos tantos esquecidos. Com a lista do SAG Awards, o prêmio do sindicato dos atores, não foi diferente.

E vamos começar pelas injustiças: a maior delas foi, sem dúvida, a não indicação de Orange is the New Black (foto) na categoria melhor elenco. A explicação pode ser a ousada decisão da Netflix de inscrever a série como drama e não comédia. Mesmo assim, é triste ver um elenco tão brilhante de fora da festa.

Ainda falando desta categoria, vale lembrar que Mad Men e The Good Wife foram esnobadas também

A ausência da primeira causa estranheza, já que ela foi indicada cinco vezes e levou em duas ocasiões. O caso de The Good Wife se torna ainda mais grave quando lembramos que ela está em sua melhor temporada até agora e que sua protagonista, Julianna Margulies, a recordista de indicações ao prêmio, também não entrou na lista como melhor atriz em drama.

Outra ausência sentida é a de Damian Lewis por Homeland. Para quem acompanha a série, sabe a incrível performance que ele tem mostrado a cada episódio, tendo que trabalhar com emoções diversas e ser sútil para não entregar as verdadeiras intenções de seu personagem na trama. Ao lado de Bryan Cranston (Breaking Bad), ele é o grande intérprete da temporada.

Tatiana_maslany-thumb

Do lado feminino, as injustiças não são menores. Além da já citada Julianna Margulies, a protagonista de Orphan Black (e queridinha do pessoal do Box), Tatiana Maslany (foto) também ficará de fora da festa. Um absurdo já que boa parte do sucesso da série se deve a ótima performance da atriz em seus múltiplos papéis.

E o que dizer de Amy Poehler (Parks and Recreation) não ter sido indicada como melhor atriz em comédia? Só não é mais surpreendente porque o SAG sempre deixou o trabalho da atriz de lado e ela só recebeu uma indicação até hoje, no ano passado. Eita povo de memória curta, hein?

Mas há motivos para comemorar também: Mayim Bialik apareceu na lista de melhor atriz em comédia, uma indicação mais do que merecida, uma vez que The Big Bang Theory ganhou um novo fôlego depois de sua chegada no elenco.

Assim como foi merecida a indicação a categoria de melhor atriz em drama de Kerry Washington, que vem conquistando a todos com sua poderosa performance em Scandal.

Por fim, vale comemorar as indicações recebidas pela inglesa Downton Abbey — melhor elenco e melhor atriz para Maggie Smith, a professora McGonagall da franquia Harry Potter — porque sabemos como é difícil para os americanos olharem além de seus umbigos.

E para você, internauta do Box, qual foi a maior surpresa e a maior esnobada do SAG Awards?

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER