Audiência — 22 a 28 de maio

A última quarta-feira encerrou a a temporada 2010/2011 da TV americana. À essa altura, já sabemos quem dançou, quem volta em setembro… Não custa nada, porém, analisarmos os números dessa semana derradeira.

Lembrando que todos os comentários referem-se exclusivamente aos números de audiência nos Estados Unidos. Quer entender como é feita a medição de audiência por lá? Clique aqui.

Apesar de já canceladas, The Event (NBC) e The Chicago Code (Fox) mostraram uma pequena reação na audiência de suas finales. Pena que tarde demais. A primeira marcou 1,6% na faixa dos adultos entre 18 e 49 anos, subindo do patamar de 1,1% em que estava estacionada desde seu retorno em março. Já o drama policial de Chicago fez 2,0% no A18–49, também subindo em relação aos seus últimos episódios.

A finale de Glee foi exibida excepcionalmente na faixa das 21h de terça-feira, em vez das 20h, para dar lugar ao penúltimo episódio de American Idol. O número total de espectadores chegou em 12 milhões. Já no A18–49, Glee marcou ótimos 4,6%, batendo com folga a finale de Dancing With the Stars, exibida pela ABC no mesmo horário.

Falando em musicais, a finale de American Idol na quarta-feira simplesmente bateu recordes. Marcou estratosféricos 9,2% no A18–49 (contra 8,2% na temporada passada) e média total de espectadores de 29 milhões. Detalhe que no momento do anúncio do vencedor dessa temporada, a audiência batia em 38 milhões de espectadores. Foi a primeira vez em cinco anos que a audiência da finale do programa supera a audiência da finale anterior.

O episódio dessa semana de The Voice não só caiu na audiência, como foi destruído pela hora final da finale de duas horas de Dancing With the Stars, um mau indício para a próxima temporada, na qual os dois irão concorrer na mesma faixa de horário. Um índice de 3,8% no A18–49, pra quem já marcou perto de 5% é algo a se pensar…

Já a finale de House confirmou o que todos já suspeitavam. Pelo menos, em matéria de audiência, o Dr. Gregory House já teve dias melhores. Marcar 3,4% no A18–49 significou a menor audiência dentre todas as finales da série.

Sempre no A18–49, as finales de The Middle (2,2%), Modern Family (4,2%) e Cougar Town (2,0%) da ABC mostraram todas números menores que as do ano passado. Explicação pra isso há e atende pelo nome de American Idol e seu episódio decisivo mais bem-sucedido dos últimos tempos. Pode-se até dizer que The Middle aguentou muito bem…

Fall season 2011 noite a noite: sexta-feira

Continuando a série de artigos que analisa noite por noite a grade da temporada 2011/2012, chegamos na monotonia das sextas-feiras. Monotonia? Coisa do passado. A menos assistida das noites da TV americana vem a cada ano ganhando novas séries, numa clara tentativa das emissoras em diminuir o número de unscripted shows (programas que não possuem um roteiro narrativo, como realities, jornalísticos), priorizando as séries, sejam dramas, policiais, ficção científica, etc.

Para esse outono, chegam duas novas séries, além das habituais mudanças de horário com séries já em exibição. Vamos dar uma olhada na grade das sextas a partir de setembro no quadro abaixo, com as séries estreantes em vermelho:

A faixa das 20h é a que concentra o maior número de novidades. Na CBS, a estreia de A Gifted Man, drama em que um cirurgião brilhante e carismático vê sua vida mudar completamente após sua ex-esposa, já falecida, começar a lhe ensinar lições de vida direto do além. A NBC traz Chuck para sua temporada final de 13 episódios e a CW, após o fim de Smallville, coloca Nikita em seu lugar. Acho difícil a série marcar números melhores que sua antecessora. Fecham o horário os tradicionais realities Kitchen Nightmares (Fox) e Extreme Makeover: Home Edition (ABC).

No horário das 21h, Fringe retorna na Fox para sua 4ª temporada, disputando espaço com os já conhecidos CSI: NY (CBS), Supernatural (CW) e Shark Tank, reality de negócios da ABC. As séries da Fox e CBS nesse horário não podem nem pensar em números menores que os conquistados nessa temporada, já que escaparam do cancelamento por pouco. A única estreia fica por conta da NBC: Grimm, típica mistura de fantasia, crime e mistério para as noites de sexta. Imagino o mesmo de sempre: bons números no começo, índices agonizantes no final. Mas só vendo pra saber…

A faixa das 22h, essa sim, inalterada. Os programas jornalísticos marcam presença, com 20/20 na ABC e Dateline na NBC. Investindo numa segunda chance para Blue Bloods, a CBS com certeza espera resultados a curto prazo. Talvez a onda de boas críticas mantenha fiel a atual audiência da série de Tom Selleck.

Semana que vem é a vez da noite de domingo. Até lá!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER