Batalha dos Confeiteiros: Chiclete com Banana

Batalha dos Confeiteiros Brasil é o novo reality de culinária a invadir nossa televisão.

Promete que não vai fazer bolos secos, seu Buddy?

Pronto, não temos mais como fugir disso. Fomos contagiados pelo vício dos realities de culinária. Batalha dos Confeiteiros Brasil, que estreou ontem na Record, traz um diferencial: a estrela da franquia original, Buddy Valastro, como apresentador e mestre de cerimônia dessa nova aventura no mundo da confeitaria.

O programa, um entre muitos de Buddy, chega em um momento fantástico para esses formatos de reality. Ainda esse mês teremos a volta do Hell’s Kitchen (SBT) e a versão infantil do MasterChef (Band). Só a Globo ainda não acordou para esse boom e continua insistindo em colocar os formatos culinários em seus programas matinais. O diferencial do Batalha, além da sua estrela, é que o vencedor comandará a loja que Buddy irá inaugurar no Brasil. A primeira Carlo’s Bakery “Cake Boss” fora dos EUA.

all by myself don't wanna be...

O programa, no seu geral foi bem dinâmico, divertido e cheio de conflitos, coisas que não podem faltar em nenhum reality. A dublagem do Buddy em nada atrapalhou o programa. Alguns, os mais chatos de sempre, reclamaram muito no Twitter de que deveria ser um apresentador brasileiro. Sério, gente? Batalha dos Confeiteiros é o Buddy e sem ele o programa não faria sentido. Todos os competidores e o apresentador estão o tempo todo com ponto recebendo a tradução para não atrapalhar o ritmo.

Acredito que os competidores foram escolhidos a dedo. Todos trazem uma bagagem de confeitaria nas costas, o que só enriquece o programa. Além dessa estrada pelos bolos e afins, os confeiteiros trazem também o ego. E isso, meus amigos, faz toda a diferença. Cada um quer mostrar aquilo que sabe logo de cara para se destacarem no programa e ganhar a simpatia do chefe da coisa toda. Nós agradecemos.

Não tenho paciência com quem tá começando

Claro que alguns já conseguiram chamar a atenção já nesse primeiro programa. Chico, que ganhou a primeira prova individual e que levou a sua equipe a vitória na segunda parte do programa, mostrou que será um concorrente a ser temido e abatido. Já a carioca Rosangela, a paulista Mari e a cearense Márcia mostraram que serão osso duro de roer e prometem estar sempre nas zonas de conflito que o programa provocará.

As sobremesas feitas na primeira parte do programa foram infinitamente melhores apresentadas do que os bolos da prova de eliminação. Tirando o bolo que a equipe do Chico apresentou, todos os demais deixaram a desejar nos quesitos criatividade, acabamento e estruturação. Mas, vamos dar um desconto porque foi o primeiro programa e todos estavam se familiarizando uns com os outros e com a cozinha maravilhosa e completa que a produção providenciou para esse Batalha dos Confeiteiros.

Buddy estava completamente à vontade fazendo aquilo que o consagrou na TV americana. Será interessante vê-lo conhecendo novos sabores, como a cheese cake de cupuaçu, e sabendo lidar com o temperamento dos brasileiros no decorrer das provas e eliminações. De cara notamos que foi um casamento feliz. Buddy não dá ponto sem nó, ao escolher o Brasil como carro chefe de um dos seus empreendimentos ele sabia que aqui se plantando tudo dá.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER