Bates Motel 2×10 — The immutable truth [season finale]

Ok, mãe. Você venceu” — BATES, Norman

Não há armas suficientes quando a luta é contra o inevitável. Quando o caos está prestes a explodir só nos resta observar. Quando a verdade é implacável, não se faz questionamentos. Norman Bates é um serial killer.

Por mais que Norma se desespere diante do filho, ela sabe que está presenciando a mais pura verdade, que seu filho, em momentos de extremo stress traz à tona o que tem de pior em um ser humano. Não buscar ajuda é outra parte da história, que pode ser explicada na sua natureza de querer controlar tudo que ela acha que lhe diz respeito. A única coisa que ela ainda não sabe é que é a sua figura que assume o comando do filho.

Outra verdade é que foi um excelente season finale para uma temporada tão irregular. Por aqui conversamos diversas vezes sobre o roteiro dar importância aos arcos secundários que não possuíam força suficiente para tornarem-se interessante. E, acredito que nunca conseguirão porque a história principal é tão forte e tão cheia de possibilidades que não nos importamos com o resto.

Pelo visto esse episódio quis se redimir ao finalizar o plot dos cartéis de maconha. Por mais que Dylan venha a assumir o comando de alguns deles acredito que não terão mais tanta importância. Até porque, Dylan fica muito mais interessante quando está envolvido nos conflitos familiares. Afinal, Bates Motel é isso, angustiantes e desgastantes conflitos familiares.

Estarei sempre com você. Somos uma única pessoa, Norman” — Norma Bates

batesmotel2x10

Será que vimos a finalização da participação de Christine e George? Não senti uma química entre Norma e George. Torço, podem acreditar, em um relacionamento entre Norma e Romero. O personagem já provou por a + b que entende a justiça como algo muito particular. Da mesma forma que Norma Bates.

Um personagem que foi pouco aproveitado e que é fundamental para a estrutura emocional da série é Emma. Seria muito bom que ela finalmente entrasse para o clã disfuncional dos Bates exercendo uma interessante importância para a história. Sempre a vi como um porto seguro para Norman, mesmo que no fundo seja uma vítima em potencial para o adolescente.

Agora só nos resta imaginar como Norman estará na próxima temporada. Um adolescente angustiado com a própria natureza ou aceitando a mesma? Em algum momento, a relação tão íntima entre mãe e filho começará a ter rachaduras irreparáveis, porque já sabemos o fim dessa história. Então o mais certo é que já na próxima temporada os conflitos entre mãe e filho estejam mais graves.

Então é isso pessoal. Foi um prazer dividir as aflições com vocês por aqui. Espero que o Bates Motel tenha sempre vagas disponíveis para quem curte as tramas dessa série que tem uma história em potencial incrível nas mãos. Até 2015!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER