BBB 15 — O jogo da informação privilegiada

O BBB deve ser o único reality que ser jogador é um pecado

O Douglas permanece no jogo do BBB. Repito: O Douglas permanece no jogo. Quem é Douglas nas cartas do poker face? Ele canta, toma banho pelado e fala fala fala fala. Nada mais que isso e não espere mais que isso. Fran, a carta marcada e descartada, se jogou na disputa, mesmo antes da sua entrada na casa.

Você pode até pensar: mas ela só foi para o paredão a partir da jogada de dois outros brothers. Sim, isso não está em discussão, por enquanto. O jogo interno, aquele que é feito dentro da casa, a que tudo indica, seguirá acontecendo. O problema é quando deixa-se na mão do público a escolha da permanência. Sou contra público externo ter o poder de decisão em qualquer formato de reality. O brasileiro não sabe votar em qualquer estância.

No BBB dá-se o prêmio a quem possui um “coração bão”. Como se um bom jogador, estratégico e focado seja defasado de tal sentimento. E correndo junto a isso chegam muito próximo a vitória casais fakes formados com esse objetivo, que passam três meses de férias na casa apenas curtindo. Gente, depois de 15 edições vocês ainda compram esses casais com direito a trilha sonora? Se quiser ver “romance” na telinha, melhor pedir a volta do Namoro na TV ou o Fica Comigo. To errado?

Porém o quadro poderia ter sido diferente se a produção não cometesse um erro gravíssimo em se tratando de confinamento. Nos depoimentos de como seria esse BBB 15, a cúpula do programa foi categórica ao dizer que os brothers teriam o mínimo de contato externo. E o que vimos? A primeira a burlar tão afirmativa foi a própria emissora ao permitir que Marco entrasse na casa munido de informações externas. A produção, para evitar tal erro, tinha três possibilidades: ter participantes reservas confinados para possíveis desistências, não colocar ninguém no lugar do Tom Zé ou salientar para Marco que guardasse para si tais informações privilegiadas.

Nada disso foi feito, claro. Então imaginem um grande jogador de pôquer, que já venceu torneios internacionais, tendo em mãos ótimas informações externas. É como, trazendo para nosso truco, você ter um zap na mão e já de cara pedir truco. Foi isso que Marco fez. Errado? Não, longe disso. Ele fez o que qualquer participante com sede de jogo faria. Eliminou de cara um adversário à altura. É só vermos o tanto que Fran movimentou nessa primeira semana e seu poder de persuasão. Marco estava com medo dessa característica da jogada e nunca a desculpa que ele usou sobre a afirmação de Fran no seu VT que faria alianças e depois queimaria todos. Não sejam ingênuos a esse ponto.

bbb15_marco

E Marco foi além de ter e espalhar a informação chave sobre Fran. Ele arquitetou de longe tudo que levou a loira para o paredão. Colocou Fernando para fazer o trabalho sujo. O garanhão da edição crente que estava fazendo algo em nome da moral e dos bons costumes buscou aliados e conseguiu 6 votos na conciliadora. E, mesmo formando casalsinho fake, já foi escolhido pela produção como o grande manipulador dessa primeira semana. E Marco? Marco segue idolatrado por muitos na casa. Segue com sua voz mansa, suas crenças e com sua grande habilidade de observação.

Perdemos uma excelente jogadora que foi muito prejudicada por um erro da produção que, acreditem, nunca fará sua mea culpa. Mas acredito que jogo interno continuará. A ficha ainda não caiu para todos de que Marco é o grande perigo que ronda a casa. Quero muito ver um embate entre algumas forças que ainda permanecem na jogada: Marco x Fernando x Adrilles x César x Angélica. O resto ainda são meros coadjuvantes. O triste é saber que qualquer um desses (talvez salvem-se César e Angélica) se baterem num paredão corre o sério risco de saírem da disputa. Não existe jogo no BBB. Depois não reclamem do marasmo. Você é o único culpado.

Obs: Fran reinou absoluta na preferência das redes sociais, principalmente no Twitter. Porém, não foi o suficiente para a sua permanência. Podemos dizer que, salvo em raras exceções, as redes sociais no Brasil ainda estão longe de serem fatores definitivos de preferências e vitórias. Ponto pras tias do sofá.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER