BBB 15- Quem tem medo do paredão?

Talita, Cézar e Luan se enfrentam em mais um paredão do BBB 15

Depois de um paredão morno, temos essa semana no BBB, um que bagunçará a cabeça de todos lá dentro. Os flutuantes Cézar e Talita, e o infantil Luan. Uma disputa interessante, que equilibra o BBB, e a direção agradece porque ajuda a manter viva a rivalidade. Os egocêntricos Cézar Lima e Fernando viraram adversários efetivos e isso será lindo de se ver. Será o novo eixo para o jogo. Precisávamos disso.

Em tempos de BBB anti-jogo a prova do líder foi simples e de pura sorte. E sorte mesmo tem Adrilles, que escolheu a modelo correta. Na votação da casa Cezár foi o indicado pela maioria, e Luan, virou a nova pior pessoa, por simplesmente ter votado em Fernando. Acho que finalmente percebeu que está em um jogo, em que os aliados também são seus adversários. Enquanto isso, Rafael e a dupla Tamanda ( Amanda e Tamires), se perdem ladeira abaixo. Qualquer um poderia ter votado em Mariza, parem de querer apontar um culpado. Estão todos se perdendo pela conduta e pela boca. Fernando e o cowboy agradecem, afinal, estão deixando tudo cada vez mais fácil.

Um pouco das condições desse paredão:

Cézar segue seu padrão de jogo. Alia-se conforme as peças se movimentam no tabuleiro. Continua emplacando seu jogo de exclusão e não levando desaforo, porém está ficando totalmente contraditório. O cowboy joga no erro do adversário, grande estrategista, e ganha por estar por fora da maioria dos duelos dessa edição. Tem uma pequena rejeição e uma grande torcida, quando encara outro participante com rejeição mais séria, caso de Talita, vai se fortalecendo ainda mais.

Talita foi a grande articuladora dos primeiros paredões e a mente pensante por trás do casal formado com Rafael. Vem em decadência e especialmente abatida pelas últimas derrotas do seu confronto direto com Mariza. Na última formação do paredão, por um deslize, esqueceu-se de alinhar pelo menos dois votos em um adversário e simplesmente por um voto, um misero voto, possivelmente dará adeus ao jogo. É frágil com o público e vive seu pior momento dentro da casa tornando-se a vilã que a edição adotou. Deve pagar por isso hoje.

E Luan, no que diz respeito ao histórico, tem tido sucesso nos paredões, seja pelo fato de ir como coadjuvante no triplo, quanto ter pego uma Angélica enfraquecida. Fato que novamente irá permanecer na casa. E tudo fica mais fácil, quando a terceira opção é Cézar Lima, com uma imensa torcida pró e anti, em uma mesma proporção. Mesmo que alguma torcida de outro participante resolva interferir, não será com muita força, então o duelo deve ser mesmo entre a rejeição de Talita e a torcida anti-coitadismo do jogo do cowboy.

Resumo da ópera: As brigas entre os emparedados devem seguir, com muita culpa e muita cena. Dias chatos virão porque esses discursos já cansaram. E se o rumo que o jogo tomava deixava boa parte do público com sono é hora de acordar, porque mais uma vez o jogo está aberto. E completamente tomado pela disputa de egos.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER