Beauty and the Beast: Lana Lang quer ser CSI

Kristin Kreuk, a eterna Lana Lang de Smallville, está de volta para a alegria de uns e tristeza de outros. Sua nova série, como já deve saber, é Beauty and The Beast — remake da homônima que ganhou as telas nos idos dos anos 80.

A personagem principal, vivida pela própria Kristin, é Catherine Chandler — Cat para os mais íntimos. Ao início da série ela ainda é uma jovem garçonete que trabalha num bar. Essa fase é marcada por um triste incidente: certa noite, quando estava indo embora do trabalho, sua mãe acaba vindo ajuda-la com um problema no carro. O que ela não esperava é que alguns homens misteriosos surgiriam e matariam sua mãe com um tiro a queima roupa.

Não é apresentada nenhuma teoria para o crime repentino. Qual o intuito do assassinato? Eles queriam mesmo matar a mãe de Cat para capturá-la? Ou o segredo estava mesmo na mãe da garota e o fato dela ter testemunhado o incidente exigia sua morte??? São várias perguntas que possivelmente serão respondidas ao longo do seriado. E este promete ser o principal mistério neste início da saga.

Enfim… Ao fugir, Cat é perseguida pelos mesmos. Acaba sendo salva por uma criatura diferente do normal. É a chamada Fera. Toda essa introdução é forrada de clichês, como toda série do CW que estamos acostumados a receber durante a fall season.

Para prosseguir a história, há um salto no tempo que nos traz aos dias de hoje. Cat se tornou uma detetive criminal, e consequentemente uma pessoa mais fria — ou vice-versa. Talvez a morte de sua mãe tenha sido a alavanca para esta grande mudança de personalidade. Talvez ainda, a personagem tenha entrado para a polícia afim de investigar a estranha morte de sua mãe. Teorias são aceitas no campo de comentários.

Não bastasse a rotina difícil e intensa de policial, ela ainda descobre por acaso que seu namorado terminou com ela por sms. O motivo? A falta de tempo da detetive. Nesse momento os roteiristas estavam tentando mostrar o quanto Cat é uma menina órfã sofrida e trabalhadora, que acaba sendo abandonada pelo namorado cafajeste e impaciente.

Com essas ladainhas de lado, somos cada vez mais empurrados para a fórmula de procedural, que deverá dar o tom da trama, e isso acaba sendo bem confuso.

Em meio a erros primários e até fatais, podemos enxergar uma luz no fim do túnel: a relação entre bela e besta parece ser reatada após uma sequência de fatos que era melhor esquecer. Somos então apresentados à detetive Tess, companheira de Cat. Juntas elas trabalham na investigação de vários crimes. Mas é no principal crime deste episódio piloto que acabamos sendo levandos a um suspeito especial.

Ele é Vicent Keller, a criatura que salvou Cat na noite em que sua mãe foi assassinada. Durante o reencontro, no qual não é reconhecido, vimos que ele possui uma aparência menos bizarra. Há uma cicatriz em seu rosto, mas o aspecto não é tão bestial quanto na cena de perseguição. Mais e mais perguntas. Não que a gente fique mesmo curioso e ansioso pelas respostas. Entre as tais perguntas:

Podemos entender que a Fera se transforma durante a noite? Ou em lapsos de estresse/violência? Qual o real envolvimento dele com este crime? Será que a série tem futuro? Já pode mudar de canal?

Só o tempo responderá as principais perguntas. Apesar de alguns (vários) deslizes, o episódio até consegue chamar a atenção e, por mais que o elenco não seja uma Brastemp, não podemos negar a química surpreendente entre Kristin e Jay Ryan. A bela e a besta chegam a superar o entrosamento que ela tinha com Tom Welling na falecida Smallville.

A audiência respondeu bem, e se a série não se perder no meio do caminho, como aconteceu com Ringer e The Secret Circle na fall season passada, terá chances de ir além e ainda mais, porque não, ser a nova guilty pleasure do canal.

Difícil porém não impossível.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER